Megadeth: Mustaine fala sobre bandas satânicas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Douglas Morita, Fonte: Peace Sells: Megadeth Fan Site
Enviar correções  |  Comentários  | 

A edição de março de 2008 da revista Revolver contou com o frontman do MEGADETH, Dave Mustaine, em uma seção chamada Going Postal, onde fãs fazem perguntas aos seus artistas preferidos. Alguns trechos podem ser conferidos abaixo.

1064 acessosDave Mustaine: revelando que já tentou gravar com James Hetfield5000 acessosSteven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas

Revolver: Como você se sente quando fãs dizem que a melhor formação do Megadeth era você com o baterista Nick Menza, o guitarrista Marty Friedman e o baixista David Ellefson?

Mustaine: "Bem, eles têm o direito de ter suas opiniões, totalmente, e se eles falam de um ponto de vista musical, é compreensível, pois só houve um disco até agora com a nova formação. Mas o que eles precisam perceber é que eu cantei quase todas as notas dos solos de guitarra do Marty Friedman, e eu escrevi a maioria das linhas de bateria de Nick, e eu escrevi a maioria das notas de baixo que Ellefson tocou. É só um problema desses caras entrarem na onda".

Revolver: [A banda sueca de Black Metal] Dissection teve que ser cancelada do festival Metalist de Israel em 2005 pois você não toca com bandas satânicas. Você ainda se recusa a tocar com qualquer banda que tenha até um traço mínimo de satanismo?

Mustaine: "Primeiro, o Dissection não precisou ser cancelado. Eu deixei claro pro meu agente que eu não tocaria com bandas satânicas, e o promotor agendou com a banda sem checar com o a gente. Porque eu sou uma lenda, eu não preciso tocar com pessoas que foram à mídia e disseram que são meus inimigos. Porque eu acredito em Deus e ele acredita em Satã, isto nos torna inimigos, certo? Isto não significa que eu não posso rezar pelo cara; só significa que ele não gosta de mim e ele disse isso. E eu disse a eles que eu estava saindo do festival. Eu nunca disse para cancelarem esses caras. Segundo, o cara [Jon Nödveidt, frontman do Dissection] me ameaçou na França. Eu tenho duas faixas pretas de primeiro grau e eu recebi uma faixa preta de quarto grau da Federação Mundial de Taekwondo. Se o cara quer me ameaçar, pode vir. Eu fui, ele não estava lá. Eu tentei muito viver minha vida em paz, e este cara vem e diz que é meu inimigo. Quer saber? Algo aconteceu com ele. Ele cometeu suicídio, não foi? Oh, decepcionante".

Revolver: Como tem sido a relação entre você e Lars Ulrich e James Hetfield, do Metallica, desde a gravação de "Some Kind of Monster"?

Mustaine: "Como tem sido o que? Eu não tenho idéia do que você está falando. Você diz como amigos? Nada. Eu não tenho falado uma sílaba com eles. Eu acho que é bem decepcionante tudo isso. Nós temos os mesmos demônios. Nós sofremos das mesmas porcarias, e você não quer falar com alguém. Está tudo bem. E existe gente suficiente no mundo que está cansada dessa história, inclusive eu. Deus, tem quanto tempo isso? 30 anos?"

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosMegadeth não tocará com bandas satânicas, diz Mustaine5000 acessosAtitude de Dave Mustaine prejudicou Rotting Christ5000 acessosJon Nodtveidt, do Dissection, chama Mustaine de 'covarde'5000 acessosRotting Christ: "Me sinto triste por Dave Mustaine!"5000 acessosRotting Christ fala de polêmicas que os cercaram4718 acessosMegadeth: Dave Mustaine, polêmico e controverso1728 acessosRotting Christ: "o Metal deve ser contra tudo"5000 acessosWatain: baixista diz que vai cuspir na cara de Mustaine5000 acessosMustaine: comentando decisão de não tocar com bandas "satânicas"

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Dave MustaineDave Mustaine
Revelando que já tentou gravar com James Hetfield

27 acessosEm 18/02/1958: Nasce Gar Samuelson (Megadeth)0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Dave MustaineDave Mustaine
Ellefson é o baixista, Kiko é o meu braço direito

MegadethMegadeth
"Dave Mustaine raramente pára e nunca dorme!"

MetalMetal
Dez álbuns provam que 1986 foi o ano do Thrash

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Cristianismo"0 acessosTodas as matérias sobre "Satanismo e Ocultismo"0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Dissection"


Steven TylerSteven Tyler
"Minha primeira vez foi aos 7 anos, com gêmeas!"

Pink FloydPink Floyd
Tudo sobre o clássico "Another Brick in the Wall"

Gothic MetalGothic Metal
Os dez trabalhos essenciais do estilo

5000 acessosMemoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandas5000 acessosHailMetal.com: Os cinqüenta melhores álbuns de Death Metal5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UK4791 acessosGhost: Kerry King não gosta porque nosso som não é para todos5000 acessosRock e Metal: os álbuns mais vendidos em 20155000 acessosKiss: Tocar no Maracanã é como estar no fundo de um barril

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online