Megadeth: Dave Mustaine, polêmico e controverso

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Plínio Alves, Fonte: Polêmico Rock
Enviar correções  |  Ver Acessos

Todos sabem das belas intrigas e polêmicas, provocadas pelo frontman do Megadeth. No entanto, nunca vi uma análise desses acontecimentos, exceto algumas palavras perdidas em fóruns de discussão. Bom, os fatos que trouxeram o Dave aqui vão além daquelas histórias que citam os atritos gerados entre ele, o Metallica e o Kerry King (Slayer).

Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoLGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dave Mustaine, por natureza, é uma pessoa que nasceu pra causar polêmica, e mesmo depois de (finalmente) ter amadurecido sua relação com os ex companheiros de banda, continua a causar polêmicas.

Como muitos sabem, o líder do Megadeth se declarou convertido, ou seja, assumiu uma posição cristã nos últimos anos. Acredito que essa atitude tenha colaborado para que seus atritos de longa data pudessem encontrar um fim, no entanto, isto consequentemente trouxe vários outros assuntos envolvendo seu nome. Coincidentemente ou não, depois de ter se convertido, a qualidade do seu som melhorou muito, e seu apego pelos fãs passou a ser demonstrado em todos os shows, coisa que não existia antes.

Todavia, algumas atitudes, do tipo de se negar a tocar com bandas anti cristãs, passou a ser um dos seus hábitos nos últimos anos. Algum problema? Talvez. Uma banda de White Metal teria o total direito de fazer isso, apesar de que, elas não o fazem. Bom, mas o Mustaine mudou, e tudo nesse mundo muda, então ele ainda está no seu direito, apesar de que é muito feio negar a tocar com tais bandas, que provavelmente cresceram escutando Megadeth. Enfim, a coisa fica ainda pior quando o nosso amigo Mustaine decide gravar um DVD com o Slayer, no Big Four. Ok, muitos dirão que isso é um festival ou que o Slayer não é satânico. Mas, para uma atitude tão rigorosa como a dele, com aquelas bandas de Black Metal, isso acaba sendo, de uma forma ou de outra, contraditório.

Bom, a questão do Slayer não é ser satânico; até faz um pouco de sentido, porque de fato ela não é. Mas é uma banda pagã, ou seja lá o que for, e lança álbuns do tipo "Deus odeia todos nós". O Dissection, que teve o desprazer de sair do palco por vontade do Dave Mustaine, é de fato uma banda satânica. Mas o Rotting Christ, que teve a mesma decepção, não é. É uma banda equiparável ao Slayer em termos de letras e profanações.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E, ainda, há a questão do Megadeth não ser uma banda cristã de raiz (não que seja agora) como o famoso Mortification, mas, como havia dito, todos têm o direito de mudar.

Ainda pode-se entrar na questão do próprio cristianismo. Se o cristianismo nega o preconceito e prega que devemos ajudar os "irmãos", definitivamente o Mustaine está no caminho errado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O líder do Megadeth parece ter uma constante (e natural) necessidade de criar uma polêmica onde estiver. Contanto que ele continue a fazer trabalhos poderosos com o Megadeth, os Headbangers irão relevar tais acontecimentos.


Megadeth - Os atritos de Dave Mustaine com bandas satânicas

Megadeth não tocará com bandas satânicas, diz Mustaine

Atitude de Dave Mustaine prejudicou Rotting Christ

Jon Nodtveidt, do Dissection, chama Mustaine de 'covarde'

Rotting Christ: Me sinto triste por Dave Mustaine!Rotting Christ
"Me sinto triste por Dave Mustaine!"

Rotting Christ: Polêmicas com Mustaine e político norte-americanoRotting Christ
Polêmicas com Mustaine e político norte-americano

Megadeth: Mustaine fala sobre bandas satânicasMegadeth
Mustaine fala sobre bandas satânicas

Rotting Christ: "o Metal deve ser contra tudo"

Watain: baixista diz que vai cuspir na cara de MustaineWatain
Baixista diz que vai cuspir na cara de Mustaine

Mustaine: comentando decisão de não tocar com bandas satânicasMustaine
Comentando decisão de não tocar com bandas "satânicas"

Todas as matérias sobre "Megadeth - Os atritos de Dave Mustaine com bandas satânicas"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção OpiniõesTodas as matérias sobre "Megadeth - Os atritos de Dave Mustaine com bandas satânicas"Todas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "Dave Mustaine"


Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais


Sobre Plínio Alves

Plínio Alves, formado em Administração de Empresas, blogueiro nas horas vagas. O primeiro contato com o Heavy Metal se oficializou aos 11 anos de idade com um um CD do Nirvana, "Nevermind". Depois deste marco, a paixão pela música pesada se desencadeou de forma bem natural e prazerosa. Dois anos depois, estarrecido com o som pesado e provocador de bandas de Death e Black Metal, se tornou um fã de carteirinha do estilo. Embora seja fã de estilos específicos, declara ter afinidade com qualquer rótulo musical dentro do Heavy Metal, sem preconceito algum. Duas bandas que resumem sua vida: Alice in Chains e Deicide. Os demais textos do autor podem ser vistos no blog Polêmico Rock.

Mais matérias de Plínio Alves no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280