Metallica: Novo livro com biografia de Cliff Burton

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Douglas Morita, Fonte: Metallica Remains
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Em 27 de setembro de 1986, o baixista do METALLICA, Cliff Burton, perdeu sua vida aos 24 anos em um acidente de ônibus próximo a Ljungby, Suécia. Nos 23 anos desde esse evento devastador, ninguém escreveu sobre o grande talento de Burton e suas conquistas em um livro. No entanto, em junho de 2009, isto deverá mudar com a publicação global de "To Live Is To Die: The Life And Death Of Metallica's Cliff Burton" ["Viver É Morrer: A vida e a morte de Cliff Burton do Metallica" em tradução livre], escrito pelo autor Joel McIver e publicado pela Jawbone Press. O prefácio do livro foi escrito por Kirk Hammett, amigo próximo de Cliff no METALLICA.

Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1988

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu estou profundamente honrado que Kirk tenha falado comigo para esta biografia de Cliff Burton", disse McIver, que escreveu 14 livros desde 1999, incluindo o sucesso "Justice For All: The Truth About Metallica", de 2004. "Nós falamos sobre a montanha russa do início de carreira do Metallica na qual ele e Cliff experimentaram, do tempo que ambos se juntaram a banda no início de 1983 até a morte de Cliff três anos e meio depois. O impacto que Burton teve no resto do Metallica, tanto musicalmente e como um exemplo de como se manter firme a seus princípios na indústria musical, foi profundo - e Kirk proveu uma perspectiva desse impacto que não poderia ter vindo de nenhuma outra pessoa."

Outros entrevistados que falaram com McIver para seu livro, muitos dos quais pela primeira vez publicamente, incluem o professor de baixo de Cliff, Steve Doherty; o lendário repórter e fotógrafo Brian Lew; o headbanger da Bay Area, Harald Oimoen, assunto da "The Ballad Of Harald O" do infame Spastik Children, em que o Cliff tocou; o frontman dessa banda, Fred Cotton; o fundador do Exodus, Gary Holt; o fundador da gravadora Metal Blade, Brian Slagel; o fotógrafo Ross Halfin; o primeiro técnico de guitarra de Cliff, Chuck Martin; o primeiro gerente de fã-clube do Metallica, KJ Doughton; o produtor do "Ride the Lightning" e "Master of Puppets", Flemming Rasmussen; o último repórter a entrevistar Cliff, Jörgen Holmstedt; o roadie e ex-guitarrista do Metal Church, John Marshall, que também estava no acidente de ônibus que matou Burton; Lennart Wennberg, o fotógrafo do acidente; e a namorada de Cliff em seu último ano de vida, Corinne Lynn.

Depois do prefácio de Kirk Hammett, introduções separadas são fornecidas por vários músicos influenciados por Burton, incluindo Mikael Åkerfeldt (Opeth), Alex Webster (Cannibal Corpse), Alex Skolnick (Testament), Dave Ellefson (F5/ex-Megadeth), dentre outros músicos e escritores.

O livro anterior de McIver, "Justice For All: The Truth About Metallica", será republicado em sua terceira edição no verão [do hemisfério norte, inverno brasileiro] pela Omnibus Press. "Parece que esse primeiro livro do Metallica ganhou vida própria", comenta o autor. "Desde sua publicação há cinco anos, foi traduzido para 9 línguas: claramente havia uma lacuna no mercado de um grande livro sobre o Metallica. Lars Ulrich me disse recentemente que constantemente pedem a ele para assinar cópias do livro ao redor do mundo."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Metallica"Todas as matérias sobre "Cliff Burton"


Metallica: uma banda independente, vivendo em sua própria bolhaMetallica
Uma banda independente, vivendo em sua própria bolha

Heavy Metal: as melhores músicas para meditarHeavy Metal
As melhores músicas para meditar


Cinco contra um?: Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcouCinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1988Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1988


Sobre Douglas Morita

Douglas Morita acha que se existem constantes em sua vida, uma delas definitivamente é o Metallica. Fã da banda desde que se conhece por gente, criou o site Metallica Remains em 1998 e considera o grupo como sua principal - porém, obviamente, não única - influência musical. Além do Metallica, tenta ouvir de tudo um pouco, sem se limitar a estilos ou rótulos.

Mais matérias de Douglas Morita no Whiplash.Net.

adGoo336