Opeth: Mike Åkerfeldt envia mensagem aos fãs sul-americanos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Diego Camara, Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar Correções  

O frontman do OPETH, Mikael Åkerfeldt, lançou a seguinte nota oficial.

"Onde eu estive por toda minha vida???

Buenos Aires? Eu amo vocês! Sim, ainda apaixonado pela cidade... absolutamente impressionante! Eu definitivamente poderia ver a mim mesmo e minha família tendo algumas semanas de férias por lá.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bem, recentemente retornamos da turnê Latina/Sulamericana. Foi tão explosivo que não sei por onde começar. Começamos em Monterrey/México e a vibração daquele show ressoou por toda a turnê. Todos os shows foram maravilhosos! Nossa agenda de vôos foi bastante agitada, no mínimo.

México foi fantástico em um todo, muitas pessoas... show lotado em Monterrey, na primeira noite da Cidade do México, que foi um show mágico, e outras 1500 pessoas (mais da metade vendido) na segunda apresentação no mesmo local, também uma noite mágica! A comida era maravilhosa, os fãs eram maravilhosos... no todo... sim, MARAVILHOSO! Obrigado!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então fomos para Bogotá, Colômbia! O hotel não tinha um bar, o que fez com que toda a festa da turnê fosse chata, meio-alcoólicos como nós somos. O show foi ótimo, e estar lá foi interessante. Estávamos dirigindo pelo centro da cidade quando as pessoas começaram a correr para todos os lados pelas ruas. Vimos gás lacrimogênio e bombas de fumaça sendo lançadas pelos militares. Aparentemente fomos pego em meio a uma manifestação de rua. Um pouco assustador, sim, mas wow... interessante da mesma maneira. As terras em volta da cidade são maravilhosas, mas só vimos elas de dentro de um carro. O show foi ótimo e o público muito bom conosco. Muitas pessoas foram nos ver... obrigado por tudo!!!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então viajamos para Buenos Aires, Argentina, passando por Lima no Peru. Os organizadores nos levaram para um jantar ótimo. Havia bife Roquefort com uma massa que estava ótima! WOW! Então eu fui fazer alguma promoção do show na estação de rádio "Pop & Rock". O DJ me fez beber cerveja durante o tempo inteiro, então fiquei um pouco bêbado no ar...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Cidade apaixonante, show fantástico. Tivemos todo o tipo de contratempos e estava muito quente. Parecia que tinhamos acabado de sair do chuveiro, mas foi o mais engraçado show da turnê e um dos que mais gostei.

Depois fomos para Santiago no Chile. Foi uma viagem estressante. Nós sempre deixamos os hotéis bem cedo, em torno das 4 da manhã, e desta vez não houve exceção. Dormimos um pouco no hotel e provamos o buffet que eles fizeram antes de deixar o local. Este foi o maior show da turnê, com 4500 pessoas, eu acho. Foi maravilhoso! O público chileno é barulhento! Tive cerca de 15 calafrios pelo corpo todo durante o show. Espetacular!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com muita pena tivemos que sair imediatamente após o show e nos dirigir para São Paulo, Brasil.

Sempre tivemos alguns fãs indo nos cumprimentar no aeroporto, e isso foi legal. As pessoas foram bastante gentis conosco. São Paulo é quente e úmida, definitivamente a cidade mais quente de todas. Os organizadores levaram-nos para uma refeição tipicamente brasileira, com pedaços de carne sendo cortados diretamente da grelha pelos garçons, que vinham de um lado para o outro carregando pedaços diferentes de carne. Delicioso... havia também alguma cerveja local que era boa também...

publicidade

Dormimos um pouco no hotel e então fomos para o show, estava chovendo. Eu nunca vi tanta chuva em minha vida. Não dava para ver o concreto nas ruas, parecia que estávamos presos nas cataratas do Niagara. Quando chegamos ao local vimos que o teto não era totalmente a prova de água, então gotas de chuva caiam em minha cabeça enquanto eu gritava. Dúzias de problemas técnicos durante este show, mas tivemos um show explosivo da mesma maneira, e o povo pareceu amar o show... memorável sem dúvidas. Sempre estive interessado no Brasil desde que era uma criança. Nosso primeiro baterista, Anders, nasceu no Brasil e me falava sobre o lugar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então, depois disso, mais um voo interminável para voltar para casa... o primeiro que durou em torno de 11 horas, e se você nunca fez um voo tão longo assim eu posso lhe dizer que é tão chato e pouco saudável. Os pés ficam inchados (com um aspecto horrível) e você basicamente sente como se fosse um zumbi nos dias seguintes...

No final, eu tenho que agradecer a todos vocês que foram nos ver, trabalharam para nós e tomaram conta da nossa pequena viagem. Ficamos muito felizes e esperamos voltar em breve.

Estou levando para Melinda algumas chuteiras hoje e amanhã vamos para a Grécia e Turquia.

Muito obrigado a todos vocês, caras.

Mike"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Quiet Riot: quebrando disco de banda brasileira em 1985Quiet Riot
Quebrando disco de banda brasileira em 1985

Bateristas: os trinta mais ricos do mundoBateristas
Os trinta mais ricos do mundo


Sobre Diego Camara

Nascido em São Paulo em 1987, Diego Camara é jornalista, radialista e blogueiro. Seu amor pelo metal e rock começou há 6 anos. Um amante da nova geração, é um grande fã de Arjen Lucassen, Andre Matos e bandas como Nightwish, Hammerfall, Sonata Arctica, Edguy e Kamelot. Também não deixa de ter amor pelos clássicos, como Helloween, Gamma Ray e Iron Maiden e do Rock de bandas como Oasis, Queen e Kings of Leon. Atualmente seus textos podem ser lidos no blog OCrepusculo.com sobre assuntos diversos, além de planos para criação de um projeto totalmente voltado aos blogs de Rock e Metal.

Mais informações sobre Diego Camara

Mais matérias de Diego Camara no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 WhiFin Cli336 Cli336