Ginger Baker: irado com sentença judicial contra assistente

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Contact Music, Tradução
Enviar Correções  

Ginger Baker (CREAM) está furioso após sua antiga assistente, que foi condenada por roubar 47.000 dólares (31.300 libras) de suas contas, escapar de uma sentença de prisão na África do Sul.

O baterista britânico, de 71 anos, acusou Lindiwe Noko de fraude por usar sua senha para fazer saques após gravar o código quando ele a ensinou como usar caixas eletrônicos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ela foi condenada por 23 fraudes em uma corte sul-africana no mês passado (10 de setembro). Mas Baker está extremamente irritado após um juiz haver decidido contra o envio de Noko à prisão, dando a ela uma sentença de supervisão corretiva. Isso fará com que ela permaneça em sua casa sob condições estritas.

Ele disse, "É uma caricatura da justiça. Ela deveria estar na prisão pelo que ela fez a mim. Eu confiei nela e a trouxe para minha vida e ela me roubou."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Eddie Van Halen: riff do AC/DC era um de seus preferidosEddie Van Halen
Riff do AC/DC era um de seus preferidos

Slash: os seus 10 álbuns favoritos de todos os temposSlash
Os seus 10 álbuns favoritos de todos os tempos


Rush: Geddy Lee revela quais os 10 baixistas favoritos deleRush
Geddy Lee revela quais os 10 baixistas favoritos dele

Guitar World: os 100 piores solos de guitarra da históriaGuitar World
Os 100 piores solos de guitarra da história


Bateristas: Os 30 melhores de todos os temposBateristas
Os 30 melhores de todos os tempos

IGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o siteIGN Music
Os álbuns de Metal mais influentes segundo o site


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336