Duff McKagan: "Nunca liguei para resoluções de Ano Novo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Luciano Correa, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O ex-baixista do GUNS N' ROSES e atualmente do VELVET REVOLVER, DUFF MCKAGAN, escreveu a sua última coluna do ano para o "SeatleWeekly.com".

"Eu nunca me importei com as resoluções de Ano Novo - talvez porque em minha vida 'sóbria' eu tenho me esforçado para moderar tudo (comida, comprar muita porcaria material ou qualquer coisa). É evidente que não tenho mais birita e drogas para me livrar. Mas há uma ou duas coisas que eu realmente quero me livrar após o primeiro dia do ano... as coisas que acho que assolam a todos: lixo eletrônico e tele-marketing."

publicidade

"Eu não tenho o número mais popular, mas eu tenho tentado manter o mesmo número por algum tempo. Eu suponho que eu devo ter usado ele em algum momento, quando eu comprei algo, porque nestes dias - e cada dia útil - recebo chamadas de tele-marketing das 8hs da manhã até as 8hs da noite. Vocês sabem... uma gravação eletrônica (voz robótica) vem e diz: 'Esta ligação é para MICHAEL MCKAGAN (verdadeiro nome de Duff). Se você não é MICHAEL MCKAGAN, por favor desconsidere. Eu enfatizo a parte do Michael McKagan porque essa é parte da frase em que a voz robótica, inexplicavelmente, fica de alguma forma, mais robótica."

publicidade

A coluna na íntegra pode ser lida em inglês neste link:
http://blogs.seattleweekly.com/reverb/2010/12/cant_i_just_re...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Power Metal: os dez álbuns essenciais do gêneroPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Luciano Correa

Colaborador do Whiplash e apreciador de várias vertentes do Rock/Metal. Começou cedo ouvindo Queen, Nazareth e RPM no velho toca discos dos pais. Escutou muito Guns N' Roses, Bon Jovi, Scorpions, Metallica, Iron Maiden e Sepultura até descobrir Helloween, Blind Guardian e Gamma Ray. Ainda nesse meio tempo começou a ouvir Ramones, Misfits, Offspring, Angra, Rhapsody, Hammerfall, Stratovarius, Manowar, Motörhead, Pantera e Slayer para fechar a década de 90. No começo dos anos 2000, incluiu em sua lista bandas como Nightwish, Sonata Arctica, Within Temptation, System Of A Down, Rammstein, Dimmu Borgir, Cradle of Filth e atualmente - últimos 5 anos, tem escutado muito Children Of Bodom, Katatonia, Alestorm, Eluveitie, entre tantas outras. Rock/Metal é barulho para alguns e estilo de vida para tantos outros!

Mais matérias de Luciano Correa no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin