Vampire Weekend: comentando mobilização dos fãs cariocas

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel von Borell, Fonte: Terra
Enviar correções  |  Ver Acessos

O baixista do VAMPIRE WEEKEND, Chris Baio, comentou sobre a mobilização dos fãs no Rio de Janeiro para que o show da banda na cidade acontecesse. A informação é do Terra.

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaMetallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A apresentação carioca só irá se realizar porque os fãs levantaram o dinheiro necessário para trazer o grupo ao Rio, através de um sistema de cotas reembolsáveis. "Isso é incrível, muito emocionante. Isso não te deixa esquecer que existem pessoas que querem te ver tocar e quão sortudo você é por isso", disse Baio.

O baixista revelou que, quando chegar ao Rio de Janeiro, quer ir à praia e beber caipirinha. Ele também falou sobre o que conhece de música brasileira. "Gosto muito da música pop brasileira dos anos 60 e 70, como Paulo Bagunça e a Tropa Maldita, que tem uma coisa psicodélica. E também o (duo paulista) Blood Shake", contou Baio.

O VAMPIRE WEEKEND se apresenta na cidade gaúcha de Atlântida (dentro do Meca Festival) no dia 29 de janeiro. Depois, a banda segue para São Paulo, onde se apresenta no Via Funchal, dia 1° de fevereiro, e encerra sua passagem brasileira no Circo Voador (Rio de Janeiro), no dia 3.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Vampire Weekend"


Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Metallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma fotoMetallica
Se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto


Sobre Gabriel von Borell

Gabriel von Borell, nascido em 30/03/85, jornalista. Não vive sem música e também não se apega a rótulos musicais. Acredita que todo preconceito é burro, inclusive o musical. Escuta de tudo um pouco, considerando que um jornalista deve estar aberto pra conhecer e comentar sobre qualquer músico ou banda. Pode ser encontrado no Twitter em @gabrielborell.

Mais matérias de Gabriel von Borell no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336