AC/DC: vocalista negociando dirigir supercarro de motor V8

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

De acordo com o Walcha News, o frontman do AC/DC, Brian Johnson, está negociando com os organizadores do V8 Supercars sobre uma possível participação que o colocaria no grid da maior série de corridas da Austrália. Ele disse: "No fim do ano passado estávamos falando sobre qual corrida eu poderia fazer. O V8 Supercars australiano surgiu e eu adoraria ter uma chance em um deles, só para experimentar."

Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaMetallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Johnson é um piloto bem sucedido em sua equipe America, tendo colecionado vitórias em corridas com seu Le Mans e com outros carros esportivos.

Ele disse que correr diante do público conterrâneo do AC/DC é uma grande parte da atração. "Estando a banda estabelecida na Austrália, é sempre bom saber que pode haver algumas pessoas que viriam ver, mas quem sabe eles viriam só para zombar de mim", disse ele.

Veja a reportagem na íntegra (em inglês) no link a seguir:
http://www.walchanewsonline.com.au/news/national/national/ge...




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "AC/DC"


AC/DC: tubarões australianos gostam da banda?AC/DC
Tubarões australianos gostam da banda?

AC/DC: como ficaria Back in Black com Vinnie Paul na bateria?AC/DC
Como ficaria "Back in Black" com Vinnie Paul na bateria?


Contra Costa Times: Os 25 melhores guitarristas da Bay AreaContra Costa Times
Os 25 melhores guitarristas da Bay Area

Metallica: se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma fotoMetallica
Se encontrar James Hetfield, não peça para bater uma foto


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

adGoo336