"Paul is Dead": filme se enquadra perfeitamente como ficção

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luiz Otávio D. Pinheiro, Fonte: Studio41
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 12/06/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Na minha opinião é um filme consistente como história. O "Codigo da Vinci" pode servir como modelo. É uma trama bem articulada. Pena que tente se apresentar como verdadeira, como um documentário, um filme denúncia, quando se enquadra perfeitamente como ficção.

93 acessosAlta Fidelidade: "Flowers in the dirt", um clássico do McCartney5000 acessosHeaven & Hell: mistérios e autocensura na capa de álbum

O Paul McCartney que todos vemos ainda em atividade, na realidade, seria um Faul (false Paul), um certo William Campbell, como o filme sugere? Para início de conversa, o exame de DNA está aí para sanar qualquer dúvida.

As "provas" apresentadas, melhor dizendo, as pistas são bem criativas, bem concebidas, tipo por uma cabeça de Agatha Cristhie, se bem que, por vezes, não sei por qual motivo, elas "se embaralham nas próprias pernas", por exemplo ao utilizar o LP Rubber Soul - a capa e algumas músicas nele gravadas - afirmando que trazem mensagens em relação à morte de Paul.... só que o referido LP que foi gravado entre junho e novembro de 1965 e foi lançado em 3 de dezembro de 1965 e, segundo o filme, o acidente que matou Paul ocorreu em novembro de 1966!!! Ou seja, algo premonitório aconteceu....

A narrativa (voz em off) atribuida a uma gravação em fita cassete de George Harrison feita no hospital, um dia após ter sofrido um atentado, está muito bem concatenada, muito bem editada para ter sido feita nas circunstâncias que o filme sugere.

Olivia, viuva de George, que segundo o filme, levou as fitas cassete para George no hospital, e o próprio Ringo que, dos quatro, é "o único sobrevivente", podem ser ouvidos sobre o tema.

Outro fato interessante é que existem versões diferentes em relação a morte de Paul e diferentes "substitutos". Na net são encontradas diversas. Quando há várias versões sobre um fato, a mentira se faz presente, sem dúvida.

Dando a minha contribuição em relação às pistas colocadas sobre a morte de Paul, tem a música "All we need is love" em que há uma alternância entre compassos, ora 4/4 ora 3/4, querendo dizer que agora ele são 3... "Get back" também sugere na letra que William Campbell volte a ser William Campbell. Com criatividade e determinação conseguimos "pistas indiscutíveis". Basta conhecer a obra dos Beatles e se dedicar. Que tal lançar que o mesmo aconteceu com Ringo.

TODOS OS QUATRO, HOJE, ESTÃO MORTOS. DOIS DELES TÊM CLONES.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Paul McCartneyPaul McCartney
O dia em que ele deu um soco na cara de Eddie Vedder

93 acessosAlta Fidelidade: "Flowers in the dirt", um clássico do McCartney785 acessosGeorge Harrison: rara música dedicada a Ringo Starr é encontrada741 acessosCanal NB: os Beatles e o baseado no castelo da rainha153 acessosAlta Fidelidade: Unboxing "Sgt Pepper's" 50 anos405 acessosCanal Nostalgia: como os Beatles mudaram a história da música0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

ReligiãoReligião
Top 10 citações sobre Deus e o Diabo

Paul McCartneyPaul McCartney
Os Rolling Stones copiaram os Beatles?

Paul McCartneyPaul McCartney
"Yoko não foi responsável pelo fim dos Beatles"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

Heaven & HellHeaven & Hell
Mistérios e autocensura na capa de álbum

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

Globo ReprterGlobo Reprter
De onde surgiu a instigante música da abertura?

5000 acessosHistória do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos5000 acessosMetal Progressivo: os dez melhores álbuns do estilo5000 acessosSlash: guitarrista escolhe seus riffs favoritos5000 acessosMax Cavalera: de onde vem tanta inconveniência?5000 acessosKEGL: Synyster Gates entre os 10 melhores guitarristas da história5000 acessosGene Simmons: "Não deixarei meus filhos ricos"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Luiz Otávio D. Pinheiro

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online