Fones de Ouvido: aumentam mortes de pedestres desatentos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar correções  |  Ver Acessos


Por Paul Resnikoff, traduzido por Nacho Belgrande

Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesLed Zeppelin: as crianças da capa de "Houses Of The Holy"

Esqueça sobre os danos que os fones de ouvido causam à audição. Porque de acordo com um novo estudo, há outro problema: morte súbita e irreversível. Na verdade, o número de mortes e acidentes fatais envolvendo pedestres usando fones de ouvido TRIPLICOU ao longo dos últimos anos, de acordo com o que se concluiu do estudo. Tais acidentes, frequentemente repentinos e fatais, geralmente envolvem homens jovens «media de idade de 21 anos» andando por áreas urbanas.

Não falamos de trancos ou finas, das quais há muitas. Trata-se de morte e ferimentos graves, que se multiplicaram de cerca de 16 em 2004 nos EUA para 47 em 2011. No total, o grupo de pesquisa encontrou 116 casos documentados de morte e ferimentos graves desde 2004, com 70 por cento dos casos levando a óbito.

Carros são um problema típico, apesar de que, estranhamente, mais da metade dos acidentes envolveu pessoas sendo atropeladas por trens - ou sejam apesar de alarmes altos e outros avisos em muitos casos, a música estava num volume tão alto que não se percebia mais nada auricularmente no momento da batida.

Não precisa ser nem um PhD para saber que o uso de fones de ouvido tende a criar uma desconexão do mundo. Os pesquisadores chamaram o fenômeno de 'cegueira desatenta', enquanto destacaram que a audição - e não somente a visão - desempenha um papel fundamental na percepção de estímulos externos e para evitar problemas.

O estudo foi conduzido pela revista científica britânica Injury Prevention, com Richard Lichenstein do Maryland Hospital for Children encabeçando a equipe. Os pesquisadores analisaram diversas fontes para criar a estimativa, incluindo o National Electronic Injury Surveillance System, o US Consumer Product Safety Commission, Google News Archives e o Westlaw.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Notícias

Deuses do Rock: o tempo passa para (quase) todos elesDeuses do Rock
O tempo passa para (quase) todos eles

Led Zeppelin: as crianças da capa de Houses Of The HolyLed Zeppelin
As crianças da capa de "Houses Of The Holy"

Tom Araya: Não sou ateu; acredito em Deus!Tom Araya
"Não sou ateu; acredito em Deus!"

Musos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!Musos do Heavy Metal
Agora é a vez das garotas!

Guitarristas: os sete mais influentes de todos os temposGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeoMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo

Slipknot: banda pode trocar, um dia, todos os membrosSlipknot
Banda pode trocar, um dia, todos os membros


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336