Matérias Mais Lidas

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemDepeche Mode divulga a causa oficial da morte de Andy Fletcher

imagemCinco músicas que são covers, mas você acha que são as versões originais - Parte 2

imagemRitchie Blackmore em 1978 sobre o Kiss, Fleetwood Mac, Yardbirds e Led Zeppelin

imagemPerformance "controversa" de Axl Rose em show viraliza no Tik Tok

imagemBob Dylan explica a diferença entre suas composições e as de Paul McCartney

imagemAdrian Smith e a volta ao Maiden: "queriam o Bruce e já tinham dois guitarristas"

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números


Stamp

Beerseeker: lançando pré-demo no interior do Rio

Por Alex Chagas
Fonte: Beerseeker
Em 22/02/12

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Uma banda nova de death-thrash metal do interior do Rio de Janeiro, precisamente em Resende na região sul fluminense.

Formada por ex membros das bandas EXPANTOR, CAFILA CANON e HIGH VOLTAGE, o trio pratica um metal cru e agressivo, com letras longas e histórias que tratam casos de licantropia e assuntos relacionados a consumo de bebidas alcoólicas.

Neste caso se trata de uma pré-demo com 3 novos sons, estas são "Carnibeerous" (http://www.youtube.com/watch?v=LbSPZjz6_yQ&feature=youtu.be), Blood of Pack of Hounds (http://www.youtube.com/watch?v=N28WOnPQeIs&feature=related) e "The Last Hunt" (http://www.youtube.com/watch?v=mdE4If0C_TQ).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O mais interessante é ouvir o som de uma bateria acústica, dispensando artifícios digitais.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Alex Chagas

Alex Chagas mora em Resende-RJ, um dos caras mais influentes da cena metal podre no interior do estado do Rio de Janeiro, dono da BLACK LEGION PRODUCTIONS que trabalha com metal sendo a produtora de eventos, assessoria de bandas, distribuição de gravadoras independentes. Ainda levou a sério por alguns anos o extinto programa de rádio FM DISINCARNATE METAL, que foi o primeiro dedicado a cena nacional de metal extremo, com Fabrício Grilo. O estilo preferido de Alex Chagas é o death metal, mas também escuta muito thrash e black metal e se dedica arduamente para que a cena nacional seja divulgada e respeitada. As colunas no Whiplash geralmente abordam as bandas nacionais que muitas vezes são esquecidas, onde os meios dão muito espaço para bandas gringas. A luta continua!!!

Mais matérias de Alex Chagas.