Steve Harris: ele não sabe se o Maiden dura mais 10 anos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 15/10/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


780 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance

John Doran do TheQuietus.com conduziu uma entrevista com o baixista do Iron Maiden, Steve Harris. Leia alguns trechos da conversa abaixo:

The Quietus: Normalmente os projetos paralelos levam uns 6 meses para serem produzidos. O BRITISH LION deve ter o período de gestação mais longo de qualquer álbum paralelo na história.

Harris: “Provavelmente sim (risos). Nós de fato demoramos mais para fazer este álbum do que o GUNS N’ ROSES com o “Chinese Democracy”. Você pode afirmar que este sprojetos paralelos geralmente são feitos em 6 meses, mas eu infelizmente não tenho este tempo disponível. Como algumas das pessoas podem perceber eu sou a pessoa mais ocupada do IRON MAIDEN e tem sempre muita coisa acontecendo [...].”

The Quietus: Você vai tocá-lo ao vivo?

Harris: “Eu adoraria tocar o disco ao vivo. Eu acho que devemos esperar para ver qual foi a primeira reação. Eu nunca aceito nada de bom grado eu adoraria começar com alguns shows pequenos em cidades-chave na Europa e ver o que acontece. Obviamente seria muito estranho, visto que não fazemos nada pequeno por anos.”

The Quietus: Quando foi a última vez que você realmente se sentiu angustiado por tocar em frente do público? Você deve estar acostumado a grandes platéias agora. Seria mais assustador tocar em frente a um publico mais íntimo? Seria uma adrenalina maior?

Harris: “Bem, eu não tenho certeza, mas sim. Posso imaginar que assim que você sai da zona de conforto do MAIDEN, você não sabe o que esperar. Eu ainda fico um pouco nervoso no início das turnês, mas é em grande parte por causa do novo material. Nós ensaiamos, mas você pode ensaiar o dia inteiro, mas os primeiros shows sempre são meio enferrujados. Assim que você pega a confiança não importa muito mais. Anos atrás eu costumava me preocupar se as pessoas iam ser positivas ou não. É diferente agora. Eu não espero que todo o show tenha lotação esgotada, mas você sabe que terá uma certa quantidade de pessoas.”

TheQuietus: Obviamente todos no IRON MAIDEN estão bem em forma, vocês jogam futebol, e os shows por si só já são ótimos exercícios. Há alguma razão pela qual vocês não consigam continuar por mais dez anos?

Harris: “Não sei sobre dez anos, mas tenho certeza que ainda temos outros cinco. É difícil dizer. Quanto mais você envelhece é mais difícil se manter magro e em forma. Nós nos esforçamos muito para fazer isto. É importante para nós. [...] Eu não jogo mais muito futebol, mas jogo bastante Tênis. Em partes pelos problemas nas costas. Infelizmente faz 5 anos desde que joguei uma temporada completa de futebol e é algo que sinto muita falta, mas eu tinha que tomar uma decisão.”

The Quietus: Dado a forma abrasiva que o Metal tem com a imagem, o som, a filosofia e as letras, como você explica todo este apelo global?

Harris: "Porque ele realmente faz a diferença para as pessoas que o escuta. Isso dá uma identidade, faz sentir como se fizessem parte de algo. É um apelo que aqueles que estão de fora não entendem. Se as pessoas ouvissem o Metal propriamente elas iam acabar percebendo que ele significa muito mais do que a primeira vista."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 15 de outubro de 2012
Post de 16 de outubro de 2012

Iron MaidenIron Maiden
Show do Ghost é melhor, diz reportagem

780 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa465 acessosIron Maiden: Iron Maiden Ex Libris aborda as letras da donzela428 acessosThunderstick: ex-batera do Samson e Iron Maiden lançará novo disco0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Iron Maiden"

Mini Iron MaidenMini Iron Maiden
Tocando "Ghost Of The Navigator" na escola

Iron MaidenIron Maiden
"Não sabemos como ser legais e não nos importamos"

Rock In RioRock In Rio
"O cara que quer ver o Metallica ou o Iron Maiden ama repetição"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Steve Harris"0 acessosTodas as matérias sobre "Iron Maiden"

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Rock in RioRock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

SepulturaSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosPsicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia Eller5000 acessosFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um5000 acessosOzzy Osbourne: volta de Zakk Wylde une útil ao agradável5000 acessosAngra: uma sincera homenagem aos mestres Chimbinha e Joelma5000 acessosSlayer: É difícil ser um pai responsável enquanto canta sobre morte?

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online