Bullet for My Valentine: Matt fala sobre o novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Mateus de Bem, Fonte: Rockizinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 12/10/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O programa de rádio sul africano “Voice of Rock” entrevistou o vocalista Matt Tuck da banda BULLET FOR MY VALENTINE na passagem da banda por Joanesburgo.

136 acessosBullet For My Valentine: vídeo ao vivo para a faixa "Don't need you"5000 acessosSteve Vai: as 10 melhores faixas de guitarra na opinião dele

“O segredo da longevidade do Bullet for my Valentine se deve ao fato de que nós SOMOS longinianos. Nós estamos no meio musical há oito anos e nós estamos no topo do nosso estilo musical, ninguém nos derrubou ou nos superou. Nós baixamos um pouco a bola quando fizemos o Fever [2010] e o álbum que acabamos de gravar, não porque nós não queremos música pesada, na verdade, nós tornamos esse álbum pesado justamente porque nós baixamos o peso, bem como o Black Album [1990] do Metallica, não é um álbum pesado, mas soa pesado pra caralho. Eu não quero fazer um Black Album, mas nós estamos usando os mesmos conceitos de reduzir o peso e focar nos vocais.”

Segundo Matt, o processo de composição e gravação do novo álbum foi bem mais tranquilo que os álbuns anteriores. A banda convocou Don Gilmore para produzir o álbum e segundo o vocalista, isso acrescentou muito. “Don abriu meus olhos para uma maneira diferente de escrever. Não há nenhuma restrição em usar screams ou coisa do tipo, mas não é necessário, nós já fizemos isso antes. Nesse disco, Don disse para que eu me sentasse e escrevesse sem muita pressão, e vindo de Don, isso significa um grande elogio”

Fever vendeu 72 mil cópias em sua primeira semana de lançamento nos Estados Unidos e permaneceu na terceira posição da Billboard 200.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

136 acessosBullet For My Valentine: vídeo ao vivo para a faixa "Don't need you"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Bullet For my Valentine"

BateristasBateristas
Os dez melhores em vídeo, com algumas surpresas

Guns N RosesGuns N' Roses
O que ninguém deve fazer ao se tornar um rockstar

MetalcoreMetalcore
Os trabalhos essenciais do estilo segundo About.com

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Bullet For my Valentine"

Steve VaiSteve Vai
As 10 melhores faixas na opinião do guitarrista

MetallicaMetallica
New Music Express elege as melhores músicas do grupo

SlipknotSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage5000 acessosBateristas: os dez músicos mais loucos de todos os tempos5000 acessosMegadeth: as 10 maiores tretas de Dave Mustaine5000 acessosTony Iommi: guitarrista relata como descobriu seu câncer2572 acessosU2: veja carta de executivo rejeitando a banda em 19793903 acessosCovers: blog elege os melhores da MPB em versão Rock

Sobre Mateus de Bem

Nascido em 1994, conheceu rock ´n´ roll em meados de 2009 através de uma grande banda Guns N´ Roses depois disso não parou mais. Escuta além de Guns: Metallica, Angra, Muse, Shaman, Black Sabbath, Manowar, Kiss, Viper antigo, e muito mais da boa música pesada.

Mais matérias de Mateus de Bem no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online