Kiss: Lady Gaga quase participou de faixa em Monster

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/10/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


3757 acessosPaul Stanley: "guitarristas não aprendem a fazer base"5000 acessosKiss: vídeo com Gene Simmons em cena de sexo?

GENE SIMMONS, do KISS, concedeu uma entrevista à jornalista Christa Titus, da edição estadunidense da revista BILLBOARD, e dentre vários assuntos abordados, comentou a postergada colaboração de LADY GAGA no último álbum da banda, ‘Monster’.

[...] Titus: Na primeira faixa, ‘Hell or Hallelujah’, parece que há guitarras vindo em sua direção de todos os lados.

Simmons: Sim. A harmonia da guitarra. A guitarra ouvida ao redor do mundo. Você devia escrever isso. É muito bom.

Titus: Na música ‘Freak’, Paul canta, ‘This is who I am, and if you think that’s a freak, that’s fine. I’m happy being the way I am. ’ Eu achei que ficou uma música interessante vindo em uma época onde o Kiss sempre se assumiu quem é, mas quando eu penso em todos os jovens que estão por ai hoje em dia e como o bullying se tornou algo que as pessoas admitem como sendo um problema, eu achei que foi uma bela canção pra se lançar agora.

Simmons: Você tocou num assunto interessante. Quando ‘Freak’ estava sendo composta, LADY GAGA ficou interessada em cantá-la, porque a faixa se encaixa com as emoções dela por se sentir confortável sendo quem você é e tal e coisa. E essa é uma mensagem saudável para todo mundo. Por um tempo, Paul e eu íamos cantá-la, por um tempo eu iria cantá-la, e daí Paul e Gaga iam cantá-la, e daí eu finalmente sugeri para que Paul a cantasse sozinho, vamos fazer um álbum da banda. Ao mesmo tempo em que é ótimo que Gaga – que a meu entender, é a única estrela do rock moderna que existe por aí (...)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de outubro de 2012

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

457 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita749 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

KissKiss
Paul Stanley fala sobre cirurgia nas cordas vocais

MáscarasMáscaras
Confira algumas das mais fodas do metal

PanteraPantera
O luxo da turnê sul-americana com o Kiss em 1997

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"0 acessosTodas as matérias sobre "Lady Gaga"

KissKiss
Vídeo com Gene Simmons em cenas de sexo?

Cinco contra um?Cinco contra um?
Roqueiros comentam como a revista Playboy os marcou

DiscórdiaDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

5000 acessosLed Zeppelin: a inspiração por trás de "Kashmir"5000 acessosSinceridade: e se as capas de discos dissessem a verdade?5000 acessosTarja: agredida sexualmente por fã durante show no México em 20002964 acessosNa teoria: e se álbuns Black e Death virassem livros infantis?5000 acessosA Vida Pós-bilau: vocalista do Life of Agony abre o jogo4057 acessosTecnologia: quanto mais tempo durarão os downloads de música?

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online