Motorhead: fones da banda não são para escutar rap

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: G1
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

A CES (Consumer Electronics Show) é uma feira anual que acontece em Las Vegas, reunindo as maiores novidades do mundo geek. Na edição deste ano, que acontece entre os dias 8 e 11 de janeiro, com mais de 3 mil empresas de 150 países, uma das novidades foi a presença de Lemmy Kilmister (MOTORHEAD), apresentando os seus Motörheadphones, que já tinham sido lançados na Europa.

5000 acessosBill Ward: os dez discos de metal favoritos do baterista5000 acessosAxl Rose: Um dos vocalistas com maior alcance

Segundo o G1, Lemmy teria dito na feira que "Os vocais ficam mais bonitos".


Ainda segundo o G1, ao contrário da maioria dos fones, com foco nos sons mais graves para música pop ou rap, por exemplo, "o som privilegia os tons médios e é mais uniforme", disse Lemmy. Quando perguntado se algum tipo de música não seria recomendável para os "Motörheadphones", Lemmy respondeu "rap music".

'Motorheadphones' foram criados, principalmente, para quem gosta de ouvir rock.

"Nossos fones de ouvido não são os montes de merda que estão no mercado hoje", disse Kilmister, segundo comunicado divulgado antes do lançamento oficial. "Criamos esses fones para trazer o som mais alto e com mais alcance, clareza e a reprodução do rock verdadeiros que você espera".

Os headphones, cujos modelos chamam-se Iron Fist, Bomber e Motörizer, revestidos em couro custam entre US$ 99 e US$ 159 de acordo com o tamanho, do controle de volume e microfone embutido no cabo. Já os fones portáteis intra-auriculares, em formato de bala de revólver, custam US$ 69 – com microfone – e US$ 59 nas cores prata, dourado e preto. "A banda pediu que os fones tivessem preços acessíveis para o público que ouve rock", informou Ulf Sandberg, diretor-geral da Krussel International, ao G1.

Para ler a reportagem original na íntegra, acesse o site do G1.

http://g1.globo.com/tecnologia/ces/2013/noticia/2013/01/band...

As fotos são de Léo Torres, para a reportagem do Techtudo.

http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/01/fone-mot...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 09 de janeiro de 2013

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

1629 acessosMotorhead: biografia mostra o quão Lemmy era único1429 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's436 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta309 acessosMetal Maya: Homenagem a Lemmy e Burton no Dia dos Mortos no México1359 acessosPhil Campbell: solo terá Dee Snider e Matt Sorum, além de Halford0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MetallicaMetallica
As 5 melhores versões de terceiros dos seus clássicos

SlashSlash
Homenagem a Lemmy Kilmister com cover de "Ace of Spades"

MotorheadMotorhead
Lemmy admite ter feito comercial pelo dinheiro

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Axl RoseAxl Rose
Um dos vocalistas com maior alcance

Rock in RioRock in Rio
Os cachês e exigências dos artistas na edição de 1991

SepulturaSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

5000 acessosSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco5000 acessosOs dez maiores picaretas da música internacional5000 acessosFrances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fã5000 acessosNirvana: Polícia de Seattle libera novas fotos do corpo de Cobain3846 acessosMetaleiro: popularizado no 1º RIR, termo continua polêmico4566 acessosSteven Adler: é difícil para ele ver o Frank Ferrer tocar suas músicas

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online