Black Sabbath: as dificuldades para chegar à reunião

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 04/07/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Ozzy Osbourne e os membros do BLACK SABBATH trabalharam duro para criar uma aura sombria em volta da banda na década de 1960, estabelecendo um modelo de metal para uma legião de grupos que vieram a seguir.

191 acessosBlack Sabbath: rede Cinemark exibe filme sobre a banda5000 acessosKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Enquando a formação original da banda tentava se reformular ao longo dos últimos 10 anos para gravar um novo tão esperado álbum - o primeiro com Osbourne nos vocais desde que ele foi demitido em 1979 - não havia necessidade de fingir um clima de desgraça. Certos eventos e, novamente o tempo, conspiraram para atrapalhar. Em uma última tentativa, as coisas deram mais erradas do que o habitual. O baterista Bill Ward deixou a banda devido a uma disputa contratual. O guitarrista Tony Iommi foi diagnosticado com linfoma. E Osbourne começou a beber novamente.

"As coisas sempre ficavam confusas", disse Osbourne. "Como quando Bill teve um ataque cardíaco (na década de 1990). E agora quando Tony foi pego de surpresa com um câncer, ficamos 'Isto é... uma loucura'. Mas ele se superou todos os dias. Todos nós pensamos que, se não conseguíssemos seguir em frente com isso nós estaríamos... mortos, na próxima vez nós poderíamos estar... mortos. Então tivemos que realmente continuar com o nosso projeto. Não podíamos esperar".

O Sabbath lançou recentemente seu novo álbum "13", com o produtor Rick Rubin, depois de mais de dois anos de composições e gravações. Era para ser um retorno ao período mais poderoso da banda - o que define os três primeiros álbuns "Black Sabbath", "Paranoid" e "Master of Reality", lançados entre 1970-71 - e, deu certo com a ajuda do baterista do RAGE AGAINST THE MACHINE, Brad Wilk.

Foi idéia de Rubin retornar às raízes, e o baixista e principal letrista, Geezer Butler, disse que o produtor serviu como um quinto membro da banda.

"É como aquele velho ditado, você faz o que sabe fazer de melhor", disse Butler. "Você meio que esquece todas aquelas partes de teclado e todos aqueles instrumentos e apenas volta para o básico, como nos três ou quatro primeiros álbuns, e apenas mantem essa sensação de show ao vivo. Temos um tipo de filosofia que, se não for feito em quatro takes, pode esquecer".

Leia a matéria completa (em inglês) no link abaixo.

http://thechronicleherald.ca/artslife/1139394-black-sabbath-...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Black SabbathBlack Sabbath
Rede Cinemark exibe filme sobre a banda

550 acessosBlack Sabbath: "Ainda não parece que foi o fim", diz Iommi1227 acessosBlack Sabbath: "Children of the Grave" do filme "The End Of The End"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Ele foi um mau pai e marido, e não sabe como está vivo

Black SabbathBlack Sabbath
Perfil oficial exclui Bill Ward de foto clássica

Ronnie James DioRonnie James Dio
Os 5 álbuns que você tem que ter

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

MetallicaMetallica
Kirk Hammet fala sobre Dave Mustaine e solos

SupernaturalSupernatural
Ouça 10 músicas que marcaram a série

Hard RockHard Rock
As bandas do gênero que ficaram para trás

5000 acessosAC/DC: setlist, fotos e vídeos do show arrasador com Axl Rose5000 acessosBateria: imagine se ele tocasse um equipamento mais decente5000 acessosJethro Tull: a fúria de Ian Anderson pra cima do Led Zeppelin5000 acessosMegatallica: genial versão de "Welcome My Darkest Hour"5000 acessosAvantasia: 10 músicas essenciais da Metal Opera5000 acessosQualidade de Áudio: 17 provas de que o povão caga e anda pra ela

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online