Dream Theater: Petrucci queria som mais cinematográfico em álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar Correções  

Steven Rosen do Ultimate-Guitar.com recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista John Petrucci, dos gigantes do metal progressivo do DREAM THEATER. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Dream Theater: vídeo oficial de "Solitary Shell" ao vivo no Budokan

Kirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Ultimate-Guitar.com: No álbum "A Dramatic Turn of Events", você falou sobre o desejo de fazer algo em grande escala, que fosse musicalmente interessante. Você irá continuar com essa abordagem no álbum "Dream Theater"?

Petrucci: Eu acho que ele está se formando sozinho, mas indo para um próximo nível. Uma das coisas que eu realmente queria fazer em "A Dramatic Turn of Events" foi criar algo que fosse sonoramente muito rico, de alta definição e poderoso e eu acho que nós conseguimos fazer isso. Mas neste álbum eu queria levar isso ainda mais além.

Ultimate-Guitar.com: De que maneira?

Petrucci: Ter algo mais cinematográfico, mais pretencioso, agressivo e grande. Eu queria algo maior, mais pra frente em sua sonoridade. Eu acho que isso se refletiu no som que fizemos enquanto estávamos escrevendo e gravando e depois, finalmente, quando mixamos. Então, sim, foi uma espécie de construção em sua volta, mas levando-o para um outro nível. Você sempre precisa progredir e tentar fazer algo diferente, ter algo mais distinto e uma perspectiva diferente. Mas espero deixar isso ainda melhor.

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo:

http://www.ultimate-guitar.com/interviews/interviews/dream_t...


adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin