Beatles: há 44 anos, Paul McCartney morria na boca do povo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/09/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

SIR PAUL MCCARTNEY vai muito bem, obrigado, mas um boato muito bem colocado em 1969 deixou alguns pensando o contrário.

3388 acessosUlrich no U2: ele perdeu para McCartney a chance de tocar bateria5000 acessosSepultura: Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

No dia 23 de Setembro de 1969, o jornal Northern Star da Northern Illinois University publicou um artigo afirmando que McCartney havia sido morto em um acidente de trânsito alguns anos antes e que tinha sido substituído por um sósia. Uma estação de rádio em Detroit abraçou a história e a divulgou. Em um mês, o assunto tornara-se global e os fãs de Beatles ficaram com a pulga atrás da orelha por todo o planeta.

A intriga levou fãs de todo canto a procurar por ‘pistas’ em capas de discos e músicas. Algumas delas incluíram Paul trajando uma rosa negra no clipe de ‘Your Mother Should Know’, de ‘Magical Mistery Tour’, andando descalço e fora do passo da marcha na capa de ‘Abbey Road’ e aparecendo de costas pra câmera na contracapa de ‘Sgt. Pepper’. Há, claro, significados profundos por trás dessas e inúmeras outras ‘pistas’ que os conspiracionistas acharam. A mais famosa sugere que se você tocar a faixa ‘Revolution 9’ de trás pra frente, ela soa parecida com ‘Turn me on dead man’ [algo como ‘Me excite, falecido’].

Apesar de inicialmente divertir-se com a história, McCartney enfim decidiu esclarecer o assunto. “Eu pareço morto?”, ele perguntou a um repórter que visitara sua fazenda. “Estou forte feito um coco!”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Lars Ulrich no U2Lars Ulrich no U2
Ele perdeu para Paul McCartney a chance de tocar bateria

2250 acessosE se for verdade?: Famosos que morreram e foram substituídos1324 acessosShows: em vídeo, Top 11 Músicas Viscerais de Encerramento251 acessosVersões: Clássicos que você talvez não saiba, ou não lembre que são0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

RockRock
Alguns dos discos mais raros (e caros) do mundo

David GilmourDavid Gilmour
Ouça canção dos Beatles com seu toque genial

The BeatlesThe Beatles
As 10 canções mais (injustamente) subestimadas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"

SepulturaSepultura
Derrick Green não era o cara certo, diz Max Cavalera

Dream TheaterDream Theater
O vacilo na capa de "A Dramatic Turn of Events"

SlipknotSlipknot
Qual é o significado e a tradução do nome da banda?

5000 acessosRammstein: "Se alguém rir das gordinhas, eu quebro a cara dele!", diz Till Lindemann5000 acessosGuns N' Roses x Nirvana: o que ocorreu em 1992?5000 acessosMarilyn Manson: 7 coisas que você não sabia sobre ele5000 acessosKirk Hammett: ele não se lembra de ter gravado o solo de "Moth Into Flame"5000 acessosIron Maiden: Perguntas e respostas e curiosidades diversas5000 acessosMax Cavalera: os primeiros álbuns e os primeiros shows da vida dele

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online