Yoko Ono: agradecida por Paul não culpá-la pelo fim dos Beatles

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/10/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Yoko Ono parece estar com a consciência tranquila agora, mesmo depois de 40 anos. Porque ainda no ano passado, Paul McCartney alegou que o fim dos BEATLES não tinha sido culpa dela. Desde então a viúva de John Lennon se sentiu muito agradecida pelas palavras de Paul.

158 acessosRed Rose Speedway: teria Paul McCartney ainda que provar algo?5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1985


Falando à Times, ela declarou: "Fiquei muito, muito, agradecida. Fiquei chocada. Pensei: 'agora que você diz isso? Agora, depois de 40 anos?'. Mas foi muito bom. Na atmosfera que o mundo criou para nós, não foi fácil para ele dizer uma coisa dessas".

Ela disse ainda que naquele época ela teve que se confrontar com o ódio que recebia, afetando o seu desenvolvimento como artista: "Estou começando a entender algo interessante. Se todas aquelas pessoas não tivessem me atacado, o que eu estaria fazendo agora? O que sou hoje é resultado desses incidentes terríveis. Eu achava terrível todos esses anos, mas quando penso nisso agora, percebo que foi uma bênção".

Fonte original desta matéria:
http://rollingstone.uol.com.br/noticia/yoko-ono-disse-que-fi...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Paul McCartney em São PauloPaul McCartney em São Paulo
Um ensaio sobre a finitude

158 acessosRed Rose Speedway: teria Paul McCartney ainda que provar algo?592 acessosPaul McCartney em SP: sempre arrepia o fim de um show desse senhor419 acessosMadonna: filho da cantora canta e toca Beatles ao piano469 acessosRio Rock City: Por que há poucas parcerias no Rock e no Metal?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

The BeatlesThe Beatles
Banda lidera lista de artistas mais pirateados do mundo

Q MagazineQ Magazine
Leitores elegem as 100 Maiores Estrelas do Século XX

Paul McCartneyPaul McCartney
"Yoko não foi responsável pelo fim dos Beatles"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Paul McCartney"0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"


Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1985

Maquiagem, spikes e sorrisosMaquiagem, spikes e sorrisos
Conheça o Happy Black Metal

O tempo, ah o tempo!O tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje

5000 acessosJohnny Ramone: "Não era bom abrir o show do Black Sabbath"5000 acessosBlack Metal: banda brasileira fez clipe mais bizarro do universo5000 acessosAxl Rose: quatro páginas de pedidos para camarim no RIR5000 acessos1976: grandes álbuns lançados naquele ano5000 acessosSeparados no nascimento: Luis Mariutti e Jesus Cristo5000 acessosAxl Rose: "É incrível que minha mãe conseguia sair de casa!"

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online