Matérias Mais Lidas

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemSlash posta nas redes canção do Queen que ajudou a criar o thrash e o speed metal

imagemLars Ulrich e a única banda contemporânea que está à altura do Metallica

imagemBeatles: Ringo Starr comenta as músicas que formam a trilha sonora de sua vida

imagemShow do Pantera na Áustria é cancelado dias depois de banda ser cortada de festivais alemães

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemBeatles: Em 1968, Paul McCartney comentou faixas do "White Album"

imagemDavid Coverdale revela os álbuns do Whitesnake que o deixaram frustrado

imagemJairo Guedz traduz com analogia absurdamente triste a saída de Max Cavalera do Sepultura

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemLoudwire lista faixas que encerram os álbuns do Maiden, da pior para a melhor

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemOzzy Osbourne é estrela de comercial do Super Bowl; assista vídeo

imagemO hit do Capital Inicial com frase que confunde por causa de condição climática atípica


Stamp

Metallica: tantos riffs que pensam em leiloar no eBay

Por Samuel Coutinho
Fonte: Metal da Ilha
Postado em 19 de outubro de 2013

O baterista do Metallica, Lars Ulrich, falou recentemente com Abu Dhabi, do The National dos Emirados Árabes Unidos sobre o progresso das sessões de composição para o tão aguardado sucessor de "Death Magnetic" de 2008.

"Nós sempre vamos fazer outro álbum", disse ele. "Certamente não evitaremos de fazer outro disco. Nós mexemos um pouco com isso quando temos uma semana aqui, uma semana lá, mas percebemos outro dia que este filme ('Metallica Through The Never') vai ocupar um pouco de nosso tempo nos próximos quatro ou cinco meses. Mas eu espero que possamos chegar a outro álbum quando este filme passar".

Questionado sobre o segredo da longevidade da banda, Ulrich respondeu: "Em algum lugar ao longo do caminho aprendemos a conviver e em um certo momento da vida aprendemos que preferimos estar no Metallica do que não estar no Metallica, acho que temos um enorme respeito seja o que for que o Metallica signifique. Eu nunca conheci outra coisa. Esta é a única banda que eu estou, desde que eu tinha 17 anos. Então, finalmente, você quer que ela sobreviva, descobrir o que funciona, o que não funciona, e o que é melhor para a banda. Em algum ponto isto acontece e você passa a torcer mais para os dias bons do que os ruins".

Ulrich admitiu em uma nova entrevista com a Kerrang! do Reino Unido! que é improvável que o próximo álbum de estúdio da banda saia antes de 2015, no mínimo. O baterista explicou: "Obviamente há várias pessoas perguntando sobre onde está o próximo disco, mas como eu disse antes, nós não sentimos esse tipo de... qual a palavra? Eu acho que 'responsabilidade' é provavelmente a palavra certa. Nós não sentimos essa responsabilidade inerente de soltar discos toda vez que as pessoas quiserem. [adotando uma voz sarcástica] 'Mil desculpas! Vou me auto-estapear e já vou fazer um novo disco para vocês' Nós chegaremos lá de novo."

Quando perguntado sobre uma provável data para o novo CD do Metallica, Ulrich respondeu: "Na verdade, nós sabemos a data. Não, não sabemos. Se eu fosse apostar, eu diria 2015. Então, se você pensar na real idade deste planeta, faz 75 bilhões de anos que os dinossauros andaram na Terra, então um ano na prática é um piscar de olhos, não?"

Ulrich também falou sobre a cabeça do grupo ao chegar nesta nova etapa de composição para o novo álbum: "A única coisa que posso dizer agora é que temos um consenso na banda que 'Death Magnetic' [2008] foi um álbum muito bom e temos orgulho dele - ele ainda está detonando cinco anos depois de seu lançamento. E eu posso dizer que com a maior parte dos álbuns antigos do Metallica, eu achava várias falhas, eu tinha problemas com eles bem mais cedo do que cinco anos, então essa coisa que estamos criando, não tem milhas de distância de 'Death Magnetic'. Mas daqui a dois anos, nós vamos sentar e falar sobre este novo disco, ele provavelmente terá uma história diferente do garoto de 6 anos que está olhando para uma sorveteria."

De acordo com Lars, não há falta de ideias para o novo CD do Metallica, com os membros da banda se encontrando duas vezes nos últimos seis meses para criar riffs no estúdio.

"Nós temos tantos riffs que não sabemos o que fazer com eles", disse Ulrich. "Nós falamos sobre fazer alguma coisa especial com os riffs, talvez compartilhá-los com outros, como algo no eBay com os riffs que sobrarem. Alguns deles são bem decentes, mas não conseguiremos usar todos."

Fonte original desta matéria:
http://www.blabbermouth.net/news/metallicas-lars-ulrich-were-certainly-not-avoiding-making-another-record/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.
Mais matérias de Samuel Coutinho.