Dio: 19a parte de discografia comentada no Minuto HM

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Alexandre Bside e Flávio Remote
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/12/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Com o término dessa primeira etapa da fase final, e em pleno desenvolvimento da grande final da pesquisa que envolve todas as canções da carreira do saudoso Ronnie James Dio, é chegada a hora de trazer nesta parte um apanhado dos trabalhos ao vivo da banda DIO, já que Holy Diver acabou por ficar de fora da última jornada. Esta é a fase da carreira do saudoso vocalista onde se encontram mais álbuns. Assim, vamos trazer por aqui algumas informações de todos os registros oficiais lançados durante toda a fase de Ronnie em sua banda DIO, inclusive os póstumos.

1940 acessosRonnie James Dio: vídeos de alta qualidade de show com holograma5000 acessosÁlbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock

ÁLBUM: INTERMISSION

■ Gravação: 6/12/1985, San Diego, Califórnia, EUA.

■ Lançamento: Junho/1986.

■ Produtor: Ronnie James Dio

■ O álbum atingiu 70º lugar na Billboard.

■ O álbum vendeu 11.000 cópias.

Faixas

Lado A Lado B

1- King of Rock and Roll - 3:24 1- Time to Burn - 4:24
2- Rainbow in the Dark – 4:42 2- Rock 'N' Roll Children/Long Live Rock 'n' Roll/Man on the SilverMountain – 9:38
3 – Sacred Heart – 6:10 3- We Rock - 4:34
No início de 1986, apesar dos problemas entre Ronnie e Vivian Campbell, a banda Dio vivia seu auge, com três álbuns de sucesso e turnês cada vez maiores. Ronnie desejava lançar um álbum duplo ao vivo para dar sequência ao álbum SACRED HEART. O home video "Live From Spectrum" da tour anterior, contemplando os dois primeiros álbuns, também era sucesso junto ao seu público.

E exatamente por isso, considerando que as gravadoras apostavam na época mais firmemente nos lançamentos em VHS, com a expansão dos videocassetes no mercado consumidor, Dio tem da própria Vertigo sua intenção negada. A gravadora permitiu (no completo significado da palavra) apenas um lançamento de um mini-álbum, um EP live. É certo que Dio ficou contrariado com a decisão, mas aí optou por incluir uma música em estúdio (Time To Burn), já gravada com Craig Goldie. As músicas ao vivo, no entanto, são de um show de 1985, ainda com Vivian Campbell, mas sabe-se que Craig refez algumas linhas da guitarra base em estúdio. É o único registro ao vivo em álbum lançado antes de sua morte que contém a formação clássica, com Jimmy Bain no baixo, Vinnie Appice na bateria e Claude Schnell nos teclados. O repertório prioriza faixas do último álbum e traz uma música de cada álbum anterior (We Rock e Rainbow in the Dark). Além disso, pequenas citações de The Last in Line em Sacred Heart e duas faixas do Rainbow tocadas sob a forma de medley em conjunto com Rock 'N' Roll Children, do Sacred Heart.

ÁLBUM: INFERNO: LAST IN LIVE

■ Gravação: 30.11.1996 - New York, EUA ; 02.03.1997 - Bremen, Germany ; 11.04.1997 - Schaumburg, EUA; 10 e 11.05.1997, Tokyo, Japão; 31.05.1997 - Chicago, EUA.

■ Lançamento: Fevereiro/1998.

■ Produtor: Ronnie James Dio.

■ O álbum vendeu 51.000 cópias.

Faixas

Disco 1

Intro - 1:36
Jesus, Mary & The Holy Ghost - 3:27
Straight Through The Heart - 5:47
Don't Talk To Strangers - 6:02
Holy Diver - 4:59
Solo de Bateria - 4:01
Heaven And Hell - 7:29
Double Monday - 3:18
Stand Up And Shout - 4:08
Hunter Of The Heart - 5:14
Disco 2

Mistreated/Catch The Rainbow - 10:11
Solo de Guitarra - 3:38
The Last In Line - 6:54
Rainbow In The Dark- 4:56
The Mob Rules- 3:36
Man On The Silver Mountain - 2:11
Long Live Rock And Roll - 4:13
We Rock - 5:40
After All (The Dead)* - 6:20
I* - 5:26
Somente na versão japonesa.

Em um cenário completamente diferente, e já passando por momentos de menor vendagem de seus álbuns, em 1998 finalmente sai o primeiro duplo ao vivo da banda DIO, já em formato CD. Várias mudanças na formação haviam acontecido e a gravação de Inferno: Last in Live Dio traz o quarto guitarrista que tocaria na banda, Tracy G. As mudanças no baixo também foram constantes e neste álbum o baixista Larry Dennison se apresenta como convidado, já que teria participado apenas da tour anterior, de divulgação do álbum ANGRY MACHINES. Igual status é dado ao tecladista Scott Warren. O álbum mescla clássicos da carreira da banda anteriormente não registrados ao vivo, como Holy Diver, Stand Up and Shout, The Last in Line e Don’t Talk to Strangers.

Algumas faixas do Rainbow e do Black Sabbath aqui também estão, como Catch the Rainbow (em um medley com Mistreated do Deep Purple), The Mob Rules e Heaven and Hell. O espaço dado às faixas da formação com Tracy G. é menor, com três representantes da época (Jesus, Mary & Holy Ghost, Double Monday e Hunter of the Heart) e o álbum registra o que é um fim de aposta da formação com o guitarrista, já que a mesma não obteve o reconhecimento maior de público ou vendagem.

ÁLBUM: EVIL OR DIVINE – LIVE IN NEW YORK CITY

■ Gravação: 13/12/2002 - New York, EUA.

■ Lançamento: FevereIro/2005.

■ Produtor: Ronnie James Dio.

■ O álbum vendeu 11.000 cópias.

Faixas

1 - Killing The Dragon – 5:06

2 – Egypt/Children Of The Sea - 7:56

3 – Push – 3:53

4 - Stand Up And Shout – 3:36

5 - Rock & Roll – 5:12

6 - Don't Talk To Strangers – 5:49

7 - Man On The SilverMountain – 2:24

8 – Solo de Guitarra – 9:07

9 - Long Live Rock 'N' Roll – 4:15

10 -Fever Dreams- 4:09

11 - Holy Diver- 5:07

12 -Heaven And Hell – 6:38

13 -The Last In Line – 5:44

14 -Rainbow In The Dark – 5:05

15 -We Rock – 5:16

Sete anos se passaram desde INFERNO: LAST IN LIVE, e já em plena época dos lançamentos em DVD, é lançado o terceiro registro ao vivo do grupo DIO também em formato CD. As gravações de EVIL OR DIVINE são de 2002, turnê do álbum KILLING THE DRAGON, que traz três de suas músicas (além da faixa-título, Push e Rock & Roll) no show. O lançamento do CD/DVD é posterior ao lançamento do álbum de estúdio seguinte, MASTER OF THE MOON, que traria inclusive uma nova mudança na formação. Percebe-se então que houve certa demora em lançar o registro oficialmente. Em 2002, a banda tinha de volta Jimmy Bain no baixo, já contava com Scott Warren como membro definitivo nos teclados, e trazia Simon Wright na bateria e Doug Aldrich na guitarra.

Além das faixas de KILLING THE DRAGON, a inclusão de uma faixa do álbum MAGICA (Fever Dreams) e das menos tocadas Egypt/ Children of the Sea, em versão medley são as grandes novidades de um repertório recheado de clássicos. A edição em CD do show retirou do set list o solo de bateria de Simon Wright, além de outros pequenos trechos que não comprometem o áudio original. EVIL OR DIVINE traz a última participação registrada oficialmente de Jimmy Bain na banda DIO.

ÁLBUM: HOLY DIVER LIVE

■ Gravação: 22.10.2005 - Londres, Inglaterra.

■ Lançamento: Abril/2006.

■ Produtor: Ronnie James Dio.

■ O álbum vendeu 15.000 cópias.

Faixas

Disco 1

1 - Stand Up And Shout – 4:33

2 - Holy Diver – 4:46

3 – Gypsy (incluindo solo de bateria) – 9:46

4 - Caught In The Middle – 4:51

5 -Don't Talk To Strangers – 5:11

6 - Straight Through The Heart – 4:37

7 –Invisible – 5:17

8 -Rainbow In The Dark – 4:46

9 -Shame On The Night (incluindo solo de guitarra) – 16:58

Disco 2

1 - Tarot Woman – 6:53

2 - Sign Of The Southern Cross – 3:21

3 - One Night In The City – 6:10

4 - Gates Of Babylon – 8:23

5 - Heaven And Hell – 11:25

6 - Man On The SilverMountain – 4:14

7 - Long Live Rock 'N' Roll – 6:14

8 - We Rock – 6:21

Novamente a banda se vê às voltas com confusões envolvendo formações, pois em MASTER OF THE MOON, de 2004, Craig Goldie está de volta, mas apresentando problemas de saúde relacionados a um de seus pulsos, é substituído novamente por Doug Aldrich para boa parte da turnê. Assim, entre setembro e outubro de 2005, a banda toca por 32 vezes o que chamaria “An Evening with Dio” , que consiste do álbum HOLY DIVER tocado na íntegra (incluindo-se solos de bateria e guitarra) em seu setlist.

O DVD lançado traz o show na sequência original, com as três primeiras faixas iniciais do cd 2 abrindo a noite. O CD duplo, editado, separa as músicas de HOLY DIVER no primeiro disco, deixando as demais para o segundo CD. Neste primeiro CD, há uma introdução em playback com uma narrativa por parte de Dio de um texto contendo todos os nomes das faixas de HOLY DIVER em seu conteúdo. O playback é acompanhado pelo trecho inicial de teclados e efeitos sonoros da faixa-título.

E além de várias canções pouco tocadas do primeiro álbum da banda, como Gypsy, Invisible, Shame on The Night e principalmente Caught in the Middle, essa nunca antes tocada ao vivo, o álbum traz boas surpresas para o fã mais assíduo da banda, pois entre clássicos obrigatórios, o CD 2 traz Tarot Woman e Gates of Babylon da fase Rainbow do cantor, The Sign of the Southern Cross do álbum MOB RULES do Black Sabbath, One Night in the City do segundo álbum da banda, LAST IN LINE, todas faixas consideradas raras ao vivo, desde que Dio formou sua banda. No lineup, Dio conta com Simon Wright (bateria) e Scott Warren (teclados), trazendo o soberbo Rudy Sarzo para o baixo.

ÁLBUM: DIO AT DONINGTON UK: LIVE 1983 & 1987

■ Gravação: 20.08.1983 e 22.08.1987 - Inglaterra.

■ Lançamento: Novembro/2010.

■ Produtor: Ronnie James Dio (de forma póstuma). Remasterizado a partir dos tapes originais da BBC.

Faixas

Disco 1 – 1983

1 - Stand Up And Shout – 3:49

2 - Straight Through The Heart – 4:49

3 - Children of the Sea – 6:15

4 - Rainbow In The Dark – 4:48

5 - Holy Diver – 5:08

6 - Solo de Bateria – 0:41

7 - Stargazer – 1:38

8 - Solo de Bateria – 1:38

9 - Heaven and Hell – 11:05

10 - Man on the Silver Mountain – 3:32

11 - Starstruck – 0:46

12 - Man on the SilverMountain – 2: 29

Disco 2 – 1987

1 – Dream Evil – 4:56

2 – Neon Knights – 4:43

3 – Naked in the Rain – 7:28

4 – Rock 'n' Roll Children – 2:46

5 – Long Live Rock 'n' Roll – 4:39

6 – The Last in Line – 4:12

7 – Children of the Sea – 1:22

8 – Holy Diver – 1:27

9 –Heaven and Hell – 3:18

10 – All the Fools Sailed Away – 4:23

11 – The Last in Line ( Reprise) – 1:11

12 – Rainbow in the Dark – 5:11

Desde o falecimento de Ronnie, a gravadora Niji vem lançando álbuns póstumos, que trazem momentos importantes da carreira da banda DIO. O primeiro lançamento é este duplo ao vivo, a partir das gravações dos shows nos festivais Castle Donington na década de 80. O duplo álbum traz a banda em dois distintos momentos: o show de 1983 traz a formação clássica da banda em plena busca pelo reconhecimento, a partir de seu primeiro e mais considerado álbum, HOLY DIVER.

Dio em seu habitat predileto
A banda foi a terceira atração da noite, abrindo os shows do Twisted Sister, ZZ Top, Meat Loaf e Whistesnake (cujo show também foi filmado e registrado em home video). Em um curto repertório de 45 minutos, a banda intercala faixas do então recém-lançado primeiro álbum, como a abertura à cargo de Stand up and Shout, seguida de Straight Through the Heart, com faixas do Black Sabbath (Children of the Sea e Heaven and Hell) e do Rainbow (Stargazer em versão editada que "emenda" em um solo de Vivian Campbell e o medley Man on The Silver Mountain /Starstruck, que fecha o repertório). Rainbow in the Dark e Holy Diver também estão no setlist, ainda sob a forma de músicas pouco conhecidas. Abaixo trazemos a terceira colocada na pesquisa do Minuto HM, Holy Diver, em versão da primeira turnê:

Já em 1987, a banda DIO já apresentava um status de reconhecimento merecido, mas havia passado pelo momento turbulento de primeira mudança de formação, contando então com Craig Goldie em seu álbum de estréia, DREAM EVIL. O repertório já contém a conhecida Rock 'n' Roll Children intercaladas em formato medley com clássicos anteriores das três bandas de Ronnie. O medley vai da faixa 4 a 11 já que The Last in Line é tocada por duas vezes durante o show. Na primeira execução, a faixa traz um trecho de The Temple of the King. As novas faixas de DREAM EVIL, também estão presentes no show, são elas a própria faixa título, que abre o show, All the Fools Sailed away e a menos cotada Naked in the Rain.

O show também conta com a inclusão de Neon Knights. A banda foi a segunda principal atração da noite, abrindo para o Bon Jovi. O cast do ano dispensa comentários: abrindo para Dio e Bon Jovi estavam, na ordem: Cinderella, Anthrax,W.A.S.P. e MetallicA.

ÁLBUM: FINDING THE SACRED HEART – LIVE IN PHILLY 1986

■ Gravação: 17.04.1986 – Philadelphia – EUA.

■ Lançamento: Junho/2013.

■ Produtor: Barry Ehmann.

Faixas

Disco 1

1 – Drago Ignis – 1:09

2 – King of Rock and Roll – 3:33

3 – Like the Beat of a Heart– 5:18

4 – Don't Talk to Strangers– 5:53

5 – Hungry for Heaven– 4:14

6 – The Last in Line/Children of the Sea/ Holy Diver – 8:11

7 – Solo de Bateria– 5:06

8 – Heaven and Hell – 6:28

9 – Solo de teclado– 6:08

10 – Solo de guitarra– 7:23

Disco 2

1 – Sacred Heart – 12:52

2 – Rock 'n' Roll Children/Long Live Rock’n’Roll/Man on the Silver Mountain – 10:44

3 – Time to Burn– 4:55

4 – Stand Up and Shout – 4:01

5 – Rainbow in the Dark – 4:56

6 – We Rock – 5:03

Recentemente, mais um CD póstumo da banda DIO foi lançado, a partir das gravações do VHS (depois lançado em DVD) SACRED HEART – THE VIDEO, que foi lançado originalmente em 1986 em formato home video. O show na época foi editado para conter 60 minutos, assim como a primeira versão em DVD.

Relançado sob o nome de FINDING THE SACRED HEART – LIVE IN PHILLY 1986, e também lançado em DVD, o CD duplo contém cerca de 40 minutos adicionais, contendo as faixas Like a Beat of the Heart (registrada pela primeira vez oficialmente ao vivo), Don’t Talk to Strangers, Children of the Sea e Stand Up and Shout, além dos solos de bateria, teclado e guitarra, que originalmente não constavam do VHS/DVD.

A formação é a que contém a primeira mudança na banda DIO, com Craig Goldie no lugar de Vivian Campbell e traz finalmente um show completo da fase da turnê do terceiro álbum do grupo, após lançamentos de EPs, VHS e DVDs de tamanho menores. Com a duração maior, pode-se finalmente apreciar um solo de teclado de Claude Schnell de forma oficial, por exemplo, nesta que foi a turnê mais rentável da carreira da banda. Resta saber se o futuro reservará mais lançamentos da alguma fase da banda. Esperamos que sim, há certamente muita coisa boa ainda a ser resgatada.

Para ver a nota dos redatores destes álbuns, fotos, vídeos especiais relacionados e mais informações, acesse a matéria original do Minuto HM. Aproveite e deixe um comentário lá para os autores.

http://minutohm.com/2013/11/15/discografia-homenagem-dio-par...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Ronnie James DioRonnie James Dio
Vídeos de alta qualidade de show com holograma

1769 acessosSemelhanças: de Maiden a Nelson, confira riffs muito parecidos0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dio"

Ronnie James DioRonnie James Dio
"Não sou satanista", disse em entrevista a Sam Dunn

Dio, Halford, Tate & CiaDio, Halford, Tate & Cia
Um "We Are The World" do Heavy Metal

Rock e MetalRock e Metal
Doze ótimos álbuns para iniciantes

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"


Álbuns ao vivoÁlbuns ao vivo
10 grandes registros da história do rock

Veraneio VascaínaVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia na letra do Capital Inicial

Os 11 mais (ou menos)Os 11 mais (ou menos)
O Suprassumo do Superestimado

5000 acessosIron Maiden: as 20 melhores músicas da "Era de Ouro"5000 acessosGaleria - Tatuagens em homenagem ao Guns N' Roses5000 acessosA importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars5000 acessosSlayer: decoração de Natal sincronizada com Raining Blood3710 acessosGuns N' Roses: 10 melhores segundo leitores da Rolling Stone5000 acessosProstituição: Gene Simmons debate a profissão mais antiga

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Alexandre Bside e Flávio Remote

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online