RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Scott Ian: se não se divertisse, não faria mais turnês

Por Fernando Portelada
Fonte: Blabbermouth
Postado em 24 de fevereiro de 2014

Derek Scancarelli do Under The Gun Review, conduziu uma entrevista o guitarrista do ANTHRAX, Scott Ian. Alguns trechos estão disponíveis abaixo:

Anthrax - Mais Novidades

Under The Gun: Você tem 50 anos e o ANTHRAX é uma banda há 30 anos. Como você se sente não somente relevante, mas ainda sendo um grande jogador neste mundo? A fascinação pelo metal e pela estrada mudou algo para você?

Scott: "Não, porque para mim, é um trabalho. É o que eu faço. Veja, tenho sorte de poder fazer o que eu faço para viver. É tudo que eu sempre quis. E estou fazendo isso há um bom tempo. Ao mesmo tempo, é uma tonelada de trabalho. Não é só sentar no sofá, assistir ESPN quando estivermos de folga e esperar a próxima turnê começar. As pessoas não entendem, e eu não estou dizendo que meu trabalho é mais difícil que o resto das pessoas no planeta, porque certamente não é, mas tenho sorte de poder fazer o que eu faço, e eu trabalhei muito para fazer isso. E eu trabalho duro o tempo inteiro para continuar podendo fazê-lo. Isso me mostra que o trabalho que eu faço, e o tempo que tenho que passar longe da minha família, vai valer a pena no final, porque as pessoas ainda se importam comigo e eu ainda me divirto fazendo isso. Se não me divertisse nos shows, eu não faria mais turnês. Não estou procurando por razões para sair de casa, mas ainda é bem divertido estar em um banda e fazer shows. Todos esses shows são muito bons. Acredite, não estou ficando rico com isso. A experiência de fazê-los é tão legal e é algo tão novo para mim, e é uma experiência legal para tentar, após todos esses anos, aprender uns novos truques. É tudo muito animador."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Under the gun: Tornar-se um pai fez a carreira mais difícil de se lidar?

Scott: "Ah sim, profundamente. Absolutamente. Totalmente diferente, porque antes de ter um filho, minha esposa e eu podíamos ir e voltar a bel prazer. Sem animais, sem filhos. Era uma liberdade completa, e agora é completamente o oposto disso. Faz as coisas muito mais difíceis, não somente com este aspecto de liberdade agora, não é como se minha esposa e meu filho pudessem fazer turnês comigo. Não somos o tipo de banda com 4 ônibus de turnês e eu não tenho dinheiro para ter meu próprio ônibus, então isso faz das coisas um pouco mais difícil, e os sacrifício de não ver sua família é imenso. Eu não entendia isso antes, entende? Charlie [Benante, bateria] e Frankie [Bello, baixo] na banda, e os dois tem filhos, e eu via o que eles passavam, mas você não entende realente até que você tem um filho e então você entende completamente. Eu conheço um bando de caras com filhos que mal podem esperar para sair de casa, mas eu não sou um deles."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Under the Gun: O ANTHRAX está gravando um novo álbum de estúdio, o que você pode me dizer sobre ele? O quão diferente é o processo de gravação hoje, comparado com "Fistful Of Metal", em 1984?

Scott: "Se eu pudesse me lembrar da composição de ‘Fistful Of Metal’, eu poderia responder essa questão. Eu nem mesmo sei se eu... Não tenho lembranças, minhas lembranças dessa época são fotografias. Algumas vezes é difícil lembrar de 1981, 1982, 1983. Muitas das vezes na banda, nós passamos a maior parte do tempo no prédio no Queens tentando escrever as músicas e tentando fazer uma formação que estivesse tão comprometida quando eu e Danny Lilker (baixo) estávamos. Quando juntamos uma formação com Neil Turbin [vocal] e Charlie e Danny Spitz [guitarra], foi aí que tivemos uma banda que seria o ANTHRAX. Nós não tínhamos um processo, eram somente riffs. Danny Lilker tinha ideias ou eu tinha ideias e de alguma forma escrevíamos as músicas, nós a juntávamos. Agora, tem a mesma forma, de que toda música começa de um riff. Charlie tem os riffs, e tenho riffs, Frank tem riffs, todos tem ideias. Nós três nos juntamos em um quarto e começamos a tocar. Eu acho que nessa forma é exatamente igual, por mais que não estejamos juntos sete noites na semana, como quando tínhamos 18 anos."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.
Mais matérias de Fernando Portelada.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS