Jimmy Page: "O poder do Led Zeppelin é inegável"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos


O revolucionário guitarrista JIMMY PAGE discute o material extra nos vindouros relançamentos remasterizados do LED ZEPPELIN na nova edição da revista musical inglesa UNCUT, que chega às bancas nessa sexta-feira.

Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaDimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músico

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

'Led Zeppelin I', 'Led Zeppelin II' e 'Led Zeppelin III' estão sendo relançados no dia 2 de Junho, com versões e mixagens alternativas, além de faixas ao vivo inclusas nos três compêndios.

"É simplesmente inegável, o poder da banda em tudo isso", disse Page. "Daí eu pegava todas essas versões diferentes das músicas e daí descobria qual iria complementar a versão original que todos conhecem, e ainda assim seria diferente o suficiente para validar sua audição e uma pequena jornada adentro da banda e da gravação."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"Todas as matérias sobre "Jimmy Page"


Roger Daltrey: O Zeppelin pegou o Rock e o levou a outro nívelRoger Daltrey
"O Zeppelin pegou o Rock e o levou a outro nível"

Rock e Metal: Doze ótimos álbuns para iniciantesRock e Metal
Doze ótimos álbuns para iniciantes


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Dimebag Darrell: namorada fala sobre a vida e a morte do músicoDimebag Darrell
Namorada fala sobre a vida e a morte do músico


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adGoo336