Nick Mason: falando sobre a mensagem subliminar do "The Wall"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Ferreira Jr., Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Você já se perguntou o que teria motivado o Pink Floyd a inserir uma mensagem subliminar no disco "THE WALL"? O baterista NICK MASON deu a resposta durante uma entrevista recentemente.

Nirvana: Perguntas e respostas e curiosidadesSeparados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do Chaves

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando com a Sonic Reality com relação à mensagem escondida na música "Empty Spaces", MASON revelou que a banda tirou a ideia de uma explosão ocasional de histeria pública decorrente de alegações de que outros artistas estavam escondendo mensagens subliminares em seus trabalhos. Embora aquelas acusações às vezes tenham causado a aqueles artistas algumas dores de cabeça legais - por exemplo o JUDAS PRIEST, que ficaram em maus lençóis após uma de suas músicas ter sido culpada por influenciar uma tentativa de suicídio em 1985 que culminou em duas mortes - os membros do FLOYD não estavam levando essas coisas muito a sério quando eles tomaram a decisão de criar sua própria mensagem secreta.

"Naquela época, pessoas estavam sempre procurando mensagens nos álbuns", MASON explicou. "Então nós pensamos 'Oh, bem. É melhor nós fazermos uma'". Embora o 'THE WALL' não ser exatamente conhecido por ser um disco divertido, este é um momento que oferece um pouco de alívio cômico; quando tocado ao contrário, a mensagem subliminar diz: 'Parabéns! Você acabou de descobrir a mensagem secreta.' Perguntado se havia algum tipo de significado mais profundo por trás disso, MASON deu a resposta óbvia, rindo, "É uma idiotice completa!"

Por Jeff Giles

Ouça a mensagem da faixa "Empty Spaces" abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Pink Floyd"Todas as matérias sobre "Nick Mason"


Roger Waters: Caiam na real, ele não está mais no Pink FloydRoger Waters
Caiam na real, ele não está mais no Pink Floyd

Regis Tadeu: o que matou o Rock Progressivo?Regis Tadeu
O que "matou" o Rock Progressivo?


Nirvana: Perguntas e respostas e curiosidadesNirvana
Perguntas e respostas e curiosidades

Separados no nascimento: Paul McCartney e Kiko do ChavesSeparados no nascimento
Paul McCartney e Kiko do Chaves


Sobre Roberto Ferreira Jr.

Nascido na cidade de São Paulo, mudou-se para o interior ainda pequeno. Baterista há 20 anos, teve seu primeiro contato com a bateria aos 11 e aos 15 já tocava no no circuito underground. Atuando profissionalmente como fotógrafo e câmera man, participou da cobertura de vários shows e festivais. Algumas de suas influências musicais: Jethro Tull, Kansas, Pink Floyd, Motörhead, Black Sabbath, Rolling Stones, Iron Maiden, Rainbow, Deep Purple entre outras. Atualmente está mais focado no som setentista, mais progressivo, mas sem perder o peso do metal.

Mais matérias de Roberto Ferreira Jr. no Whiplash.Net.

adGoo336