Guns N' Roses: DJ Ashba não está tentando ser Slash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Krystin Clarke do UnskinnyPop.com, recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista do GUNS N' ROSES e do SIXX: A.M., Daren Jay, "Dj" Ashba. Alguns trechos estão disponíveis abaixo.

Motley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografiaSlipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor

Sobre ser uma das pessoas mais gentis e pé no chão que o UnskinnyPop.com já teve o prazer de entrevistar:

Ashba: "Eu amo o trabalho, entende. Eu amo trabalhar. É uma dessas coisas. Você sabe o que é engraçado, eu estava tendo essa conversa na noite passada e alguém me perguntou a mesma coisa: 'Nós crescemos vendo você aqui, na TV, Internet, etc... e então você chega e é tão aberto.' Eu Encaro isso como um grande elogio. Certas pessoas deixaram uma grande impressão através da minha vida. Pessoas que eram exatamente quem você desejava que elas fossem e então eu conheci pessoas que me deixaram meio decepcionado. E eu percebi que nunca queria fazer um fã se sentir dessa forma, como esse cara me fez sentir. [...]"

Sobre ser parte de uma lendária banda com o GUNS N' ROSES:

Ashba: "Tudo sobre isso ainda é bem surreal para mim. De vez em quando tenho que me beliscar. Isso sempre acontece quando alguém pergunta isso e eu tenho que parar para pensar, já que estou sempre muito envolvido no trabalho. Sim, é surreal, especialmente quando eu canto 'Paradise City' e Duff [McKagan] está lá cantando comigo. E eu olho para Axl [Rose] e sim, é bem surreal e incrível."

Sobre se as pessoas podem esperar novas músicas em um futuro não tão distante:

Ashba: "Quando eu me juntei à banda, cinco anos atrás, eles tinham material para três álbuns gravados. E há essa tonelada de coisas que ninguém nunca ouviu que são realmente boas. Claro, que eu sou um compositor, produtor, assim como grande parte dos outros caras, e todos tem essa pilha de material. Estamos em um ponto onde não há falta de material, nós temos isso em abundância e só temos que nos sentar e ver o que faz sentido disso tudo."

Sobre ter dominado o catálogo do GUNS N' ROSES, dando seu próprio estilo às músicas enquanto ainda permanece fiel ao original:

Ashba: "Acredito que o estilo de alguém vem da forma que eles estão tocando, não do que estão tocando, então acho que meu estilo acaba se sobressaindo, mas eu percebi o quão importante esse trabalho é e o quão importante é para os fãs ouvir estas músicas, da mesma forma que é pra mim [...]"

Sobre o maior "mal entendido" sobre ele:

Ashba: Eu realmente não leio muito sobre mim fora das minhas próprias mídias sociais. As pessoas parecem saber mais sobre mim do que eu mesmo. Acho que as pessoas se confundem sobre o GUNS.. Quero dizer, vi alguns comentários que dizem: 'Ele está tentando ser SLASH.' Bem, isso não é verdade de nenhuma forma. Eu acho que ele é uma pessoa singular e tenho muito respeito pelo que ele fez por essa banda quanto ao trabalho das guitarras. Eu cresci adorando essa banda e toda essa coisa é um pouco estranha para mim. Eu sou obviamente diferente e faria as mesmas coisas que outra pessoa faria em minha posição, manter a música viva, fazer o que você pode para manter a música viva e verdadeira de qualquer forma possível, e eu acho que essa é a coisa respeitosa para fazer. Em minha cabeça, é daí que eu venho."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "DJ Ashba"Todas as matérias sobre "Slash"


Gibson: Estou apaixonado(a)... por minha guitarra!Gibson
Estou apaixonado(a)... por minha guitarra!

Guns N' Roses: Análise vocal de Axl RoseGuns N' Roses
Análise vocal de Axl Rose


Motley Crue: Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografiaMotley Crue
Vince Neil detona Sharon Osbourne em biografia

Slipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey TaylorSlipknot
Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGooILQ