Dorsal Atlântica: release e vídeo de novo material

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Renan CxCx, Fonte: Facebook
Enviar correções  |  Ver Acessos

Após 22 anos separada, a formação mais clássica da banda Dorsal Atlântica, uma das fundadoras do metal brasileiro, gravou um CD de inéditas chamado 2012. Carlos Lopes (vocais e guitarra), Cláudio Lopes (baixo) e Hardcore (bateria), os mesmos músicos dos álbuns Antes do Fim, Dividir e Conquistar e Searching for the Light gravaram, segundo a banda, o mais revolucionário trabalho da banda desde o início de sua carreira.

Ação Direta: banda divulga clipe com versão de clássico do Dorsal AtlânticaSlayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma release escrito pelos próprios músicos a respeito deste novo trabalho pode ser conferido abaixo, juntamente com o vídeo que segue para a faixa "Meu Filho Me Vingará", faixa de abertura do novo disco.

"Silvio Me Vingará.
Letra e composição por Carlos Lopes.

Dorsal Atlântica é Carlos Lopes - voz e guitarra;
Cláudio Lopes - baixo; Hardcore - bateria.

Direção e edição: Carlos Lopes
Voz: Alex Käffer

dorsalatlantica.com.br | guerrilha.art.br | sangue.art.br

Release:

Desde o início, o álbum 2012 foi pensado para ser um trabalho de temática histórica. Muitos viram nas letras a antecipação dos protestos nas ruas em 2013. E não estavam errados.

Para aliviar um pouco a tensão política, mas sem deixar de criticar outros alvos, uma sátira sobre a faixa "Meu Filho Me Vingará", de 2012, foi pensada para falar sobre um dos piores dias: o domingo à noite. Para muitos, o pior dos dias e das horas. E o Rei dos domingos é Sílvio Santos. O bem sucedido e popular empresário, como muitos outros, acredita que o que é melhor para os Estados Unidos, é o melhor para o Brasil. A sátira não se refere apenas à TV, ao apresentador ou ao domingo, mas também contesta a mentalidade colonizada, o capitalismo e a globalização.

Em 2012, a Dorsal Atlântica retornou com a formação clássica para gravar um novo disco, após um hiato de 22 anos. Reforçando o histórico de ousadia da banda, o trio Carlos Lopes (guitarra, voz e composições), Cláudio Lopes (baixo) e Hardcore (bateria) se reuniu para dar vida a um disco inovador, que nasceu para não seguir fórmulas. Com apoio integral dos fãs, a banda seguiu um novo caminho musical, além de prestar uma homenagem a seus trabalhos dos anos 80 e 90.

O sucesso de uma das mais bem sucedidas campanha de crowdfunding do Brasil, atraiu a atenção de um antigo fã, Frederico Neto, que decidiu registrar em filme o momento histórico. O diretor filmou o desenvolvimento das faixas desde os ensaios à gravação, filmou as alegrias, captou as dificuldades e, principalmente, registrou a alma de uma geração.

O resultado, o documentário Guerrilha é um trabalho feito para DVD duplo (com extras) e para ser exibido em festivais de música ao redor do mundo. Que, também, contou com apoio dos fãs para a sua finalização."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Dorsal Atlântica"


Ação Direta: banda divulga clipe com versão de clássico do Dorsal Atlântica

Metal nacional: quinze álbuns clássicos de bandas brasileirasMetal nacional
Quinze álbuns clássicos de bandas brasileiras


Slayer: quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxoSlayer
Quando Cronos deixou Tom Araya de olho roxo

Músicas Ruins: blog elege as piores de grandes bandas do Rock/MetalMúsicas Ruins
Blog elege as piores de grandes bandas do Rock/Metal


Sobre Renan CxCx

Heavy metal pra vida toda!

Mais matérias de Renan CxCx no Whiplash.Net.

adGoo336