Jimmy Page: "Eu quero ser visto tocando ao vivo em 2015"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 28/10/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em uma badalada coletiva de imprensa realizada ao longo do fim de semana num hotel em Londres para divulgar os relançamentos de mais dois volumes da obra do LED ZEPPELIN, ‘Led Zeppelin IV’ e ‘Houses Of The Holy’, o capitão e fundador da instituição bretã, JIMMY PAGE, conversou com o jornalista DAVID FRICKE em um junket onde abordou vários temas, dentre eles seu futuro –ou falta dele- com o Zepp e sua carreira solo.

5000 acessosRobert Plant: parem de viver no passado, existe muita coisa boa nova5000 acessosScorpions: As 20 melhores canções com temática romântica

O que segue abaixo é uma tradução de um trecho da conversa.

Na coletiva de imprensa ontem, você elegantemente se desviou da inevitável pergunta a respeito de mais shows de reunião…

Bem, é doloroso, né?

O toma lá dá cá entre você e Robert [Plant] na imprensa saiu de controle?

Tem sua graça para a mídia. Mas eu não posso mais ficar incomodado com isso. Eu não estou interessado em toda essa bobagem. Eu não acho que seja divertido. Então não vou dizer nada.

Você ouviu o novo álbum de Robert?

Ouvi um pouco quando ele tocou parte dele ao vivo em Glastonbury esse ano.

O que você acha do direcionamento dele, do modo que ele está buscando o folk, o country e ritmos africanos na música que ele tocava com o Zeppelin?

Bem, é a viagem dele, não é?

Você também respondeu a uma pergunta ontem sobre gravar música nova. E você disse, “Ano que vem.”

Eu pretendo seriamente ser visto tocando ao vivo, ter um documento do que estou fazendo. Eu tenho feito muita coisa, arquivando tudo que me represente, que represente o Led Zeppelin. Isso precisava ser feito. Eu curto tocar ao vivo. Eu gosto de mandar surpresas para as pessoas também.

[...]

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Robert PlantRobert Plant
Parem de viver no passado, existe muita coisa boa nova

2315 acessosVlog Rock: o significado dos símbolos do Led Zeppelin0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Foo FightersFoo Fighters
Grohl emocionado por ter tocado com John Paul Jones

Robert PlantRobert Plant
"Cobrando" Pearl Jam por plágio de canção do Led Zeppelin

RhythmRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"


ScorpionsScorpions
As 20 melhores canções com temática romântica

Som ruim, fezes e urinaSom ruim, fezes e urina
Um brinde à farsa de Woodstock

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine elege seu top 5 da Austrália e UK5000 acessosThrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável5000 acessosAndre Matos: "Não estava preparado para cantar no Maiden!"3687 acessosStephen King: Foo Fighters desafiam o mestre do terror5000 acessosDream Theater: "muito mais que Rock Progressivo"5000 acessosMarilyn Manson: 8 vezes em que ele provou que o mundo estava errado

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de outubro de 2014


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online