U2: banda mandou caixa de cerveja Guinness pro alcoólatra Slash

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Por vezes um presente dado com todas as melhores intenções não alcança seu propósito, tal como o que o grupo irlandês U2 deu em novembro de 2014 ao guitarrista bretão SLASH mediante a chegada deste à cidade-natal da banda, Dublin, onde Slash faria um show com MYLES KENNEDY & THE CONSPIRATORS.

Slipknot: Veja membros atuais sem máscaraBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica

É mérito e - e orgulho - dos irlandeses a cerveja Guiness de melhor sabor do mundo, então o U2 enviou a Slash uma caixa do goró. Só um problema: Slash é alcóolatra em recuperação.

Obviamente, tratou-se de um erro totalmente isento, acompanhado de grande elegância. Quem é que não ia querer uma caixa de Guiness de presente do U2? Contudo, Slash não era o destinatário mais apropriado.

Ainda assim, o agradecido Slash postou sobre o malfadado presente via Twitter, dizendo que Guiness é a única bebida que ele de fato sente falta agora que está sóbrio.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "U2"Todas as matérias sobre "Slash"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


USA Today: as 20 maiores bandas de todos os tempos nos EUAUSA Today
As 20 maiores bandas de todos os tempos nos EUA

AC/DC: empresário recorda exigências inusitadas da bandaAC/DC
Empresário recorda exigências inusitadas da banda


Slipknot: Veja membros atuais sem máscaraSlipknot
Veja membros atuais sem máscara

Bruce Dickinson: sua coleção de clássicos do MetallicaBruce Dickinson
Sua coleção de clássicos do Metallica


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.