Darkship: Guitarrista fala sobre sua entrada na banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Maicon Leite, Fonte: Wargods Press, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Com a entrada do guitarrista Ismael Borsoi como membro fixo do DARKSHIP, a banda segue para a reta final das gravações do debut "We Are Lost" e se prepara para o lançamento de mais um single. Ismael conta que conheceu a banda através de um amigo: "Um dia um amigo me disse "cara, curte essa banda nova que tá rolando", ouvi meio distraído na hora, mas depois fui pesquisar por curiosidade e curti demais o estilo diferente das músicas".

Vinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

Com quatro músicas já lançadas, o DARKSHIP partiu para uma busca pelo guitarrista que mais combinasse com os outros membros, além é claro, das aptidões técnicas. Após uma seleção que durou meses, Ismael foi o escolhido, e é ele que conta como foi: "Foi meio tenso, a princípio eu fui sem saber como seria ou que tipo de guitarrista eles mais curtiam, fui eu mesmo durante as perguntas sobre o trabalho deles e toquei algumas frases na guitarra, acredito que eles gostaram e fiquei sabendo dias depois que havia sido o escolhido pela banda".

"Prison Of Dreams", a próxima música a ser lançada, já contará com os riffs e solos do guitarrista, e mesmo pegando o processo de gravação em andamento, sente-se seguro: "Minha maior motivação é saber que posso ser eu mesmo nos momentos adequados às músicas do álbum, e a adaptação acaba sendo automática a partir do momento que você decide fazer o negócio valendo e sem enrolação". Em relação às músicas já lançadas, que contavam com um guitarrista contratado, Ismael pretende inserir seu próprio estilo nas apresentações ao vivo, sem interferir na sonoridade como um todo: "Isso não ajuda ou sequer atrapalha, acaba ocorrendo que as próximas músicas vão ter mais o meu jeito, mas a qualidade das quatro primeiras músicas é inquestionável, o trabalho de todos os integrantes é fazer músicas de qualidade e sem restrições. Eu vou estar aí como integrante e compositor, cada parte que eu compor será para somar às músicas, essa é a diferença de me tornar um integrante da banda".

Apesar de ter entrado há pouco tempo, a integração entre os membros tem sido tranquila, comenta Ismael: "Não dei muito tempo de reação a eles, já que comecei o trabalho assim que entrei, mas acabamos nos dando muito bem e conseguimos montar um bom trabalho junto com a convivência entre todos os membros da banda. O profissionalismo que existe em toda banda influencia muito e com certeza repercute em músicas únicas, com a qualidade de cada integrante em todas as canções". Finalizando, o músico dá sua definição sobre a DARKSHIP, deixando claro que a banda está 100% focada e confiante em seu trabalho: "Eu defino a Darkship como única e profissional, compositores excelentes e músicos únicos, as ambições da banda continuam as mesmas, que são o público mundial e principalmente pra quem gosta de qualidade musical e agora ainda mais manter o foco no futuro, pois todos nós do Darkship temos muito trabalho pela frente".



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Darkship"


Vinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?Vinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia


Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.