David Bowie: Da transfiguração à subversão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Yokota, Fonte: Fernando Yokota
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 11/01/16. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

DAVID BOWIE, o “camaleão do rock”. Não deixa de ser verdade, mas ao mesmo tempo chega a ser triste reduzi-lo a isso para que caiba no alfarrábio do rock. Triste e injusto, porque o verbete David Bowie transpassa o rock, transborda a cultura pop e deságua na própria história da segunda metade do século XX.

5000 acessosSexo é Proibido: capas censuradas por conteúdo erótico5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981

Fui mais um desses que cresceu no fim da década de 80. Como muitos moleques da minha idade, a primeira vez que vi o Bowie foi assistindo a uma cópia surrada em VHS de Christiane F. numa aula. Era uma espécie de ritual de “boas vindas ao mundo adulto” ao qual muita gente passou à época. Bowie, que nunca foi só rock, deixou de ser só cultura pop e virou material escolar.

Mais ou menos à mesma época, o país inteiro ouvia David Bowie e a maioria nem sabia (eu só fui descobrir depois). O NENHUM DE NÓS de THEDY CORREA (o Rivers Cuomo antes de Rivers Cuomo) estourava com o seu Astronauta de Mármore, quem no fim das contas nem deles era. Com o Starman falando a língua de Camões, Bowie virou rock nacional.

Nem com a minha banda favorita da adolescência, o GUNS N’ ROSES, escapei do camaleão. Lendo o que tinha à época – as Top Rocks, Rock Brigades e as esporádicas Metal Edges e Kerrangs importadas – descobri que a mãe do SLASH desenhava as roupas do Bowie (sem falar no hoje confirmado affair entre eles).

Na década de 90, ninguém ficou imune ao NIRVANA, e no baixar das cortinas de KURT COBAIN a banda grava aquele que talvez seja o mais essencial dos Acústicos MTV. Agora não era mais no rádio, mas toda hora na TV passavam o clipe daquela música que fazia todo mundo querer dormir até a vida acabar. Mais uma vez, o Bowie metera o pé de cabra na porta da vida de muitos de nós com The Man Who Sold The World. Mais uma vez, este então moleque só foi descobrir depois que o memento mori de KURT COABIN na MTV era um cover de... DAVID BOWIE. Ziggy tocava guitarra, e agora usava uma camisa de flanela.

Anos depois, fui me meter a querer tocar guitarra. Eu era muito ruim, mas tinha muita vontade. O que faltava em talento tentava compensar em leitura e pesquisa. Revirando as lojas de discos e enchendo o saco dos vendedores nas lojas de discos (a internet da época), acabei virando fanático pelo PAUL GILBERT, suas guitarras coloridas com franjas e as milhões de tercinas por segundo. Comprei tudo dele. No tracklist de um dos discos do MR.BIG, vi Sufragette City e a essa altura já estava vacinado. O que eu não esperava era encontrar Moonage Daydream num disco do RACER X, a banda de metal de Gilbert dos anos 80. Pensando bem, o que era aquele visual das bandas dos anos 80 senão uma releitura meio aguada da androginia bowieana?

Paralelamente, descobri aquele que até hoje deve ser meu músico favorito: STEVIE RAY VAUGHAN. Força da natureza que foi, ele teria sido famoso de qualquer forma, mas teria este moleque no interior do Brasil descoberto o texano da guitarra surrada se não fosse pela notoriedade ganha tocando num certo Let’s Dance?

Ele, portanto, pode até ser o camaleão, mas isso não é o menos importante. A cada nova fase ele polinizava um canto do universo da cultura pop (no qual tinha laissez-passer irrestrito) e assim o fez até que a última pedra estivesse revirada e todos nós fôssemos descendentes dele. Para mim (e, tenho certeza, para muitos), a descoberta do meu gene bowieano foi um movimento de dentro para fora. Ele já estava nas bandas que eu gostava e nos filmes que eu assistia. Nunca me tornei um fã, só descobri que era. Para a história, DAVID BOWIE será lembrado para sempre pela transfiguração, mas para mim seu dom mais poderoso será sempre o da subversão.

Subversão que faz com que, do Seu Jorge ao Behemoth, sejamos todos DAVID BOWIE.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Morte de David Bowie

5000 acessosDavid Bowie: lendário cantor morre, aos 69 anos de idade5000 acessosSasha Grey: ela também é fã de David Bowie1840 acessosHeavy Lero: David Bowie, de 1969 a 19795000 acessosLemmy e David Bowie: a conexão entre dois artistas tão diferentes5000 acessosDavid Bowie: 10 citações do camaleão do rock5000 acessosDavid Bowie: rockstars comentam morte do lendário artista5000 acessosDavid Bowie: Cantor perdeu batalha de 18 meses contra câncer5000 acessosNando Moura: David Bowie - Só os medíocres não morrem3386 acessosDavid Bowie: Homenagens chegam também de fora do Planeta Terra4923 acessosRush: banda comenta morte de David Bowie5000 acessosSlash: apesar de episódio com a mãe, lamenta morte de David Bowie5000 acessosDavid Bowie: Mick Jagger comenta a morte de seu amigo4794 acessosDavid Bowie e Lemmy: "Espere até ver como é o bar!"5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosDavid Bowie: AC/DC, Ozzy, Tarja, Slipknot e outros comentam morte2125 acessosBumba Meu Bowie: Homenagem a David Bowie no Carnaval de Olinda2935 acessosStone Temple Pilots: "Bowie, diga a Scott que o amamos muito"2248 acessosAlice Cooper: ele também sentiu a perda de David Bowie5000 acessosDavid Bowie: câncer de fígado e seis ataques cardíacos recentes5000 acessosDavid Bowie: A última conta de twitter que ele seguiu foi "Deus"3863 acessosDavid Bowie: Petição para Deus pede cancelamento da morte971 acessosDavid Bowie: catedral inglesa homenageia o Camaleão1078 acessosPaulo Baron: Empresário lamenta morte de nossos ídolos758 acessosDavid Bowie: audições do cantor aumentaram 2822% no Spotify3372 acessosDavid Bowie: não vai ter funeral, conforme desejo do artista1539 acessosDavid Bowie: homenagens anônimas começam a aparecer na Internet317 acessosDinosaur Jr: Pronunciamento e tributo de J Mascis para David Bowie967 acessosDavid Bowie: O obituário do Camaleão em formato HQ536 acessosBrit Awards: Adele, Bono, Oasis homenagearão Bowie?2650 acessosDavid Bowie: Deus foi a última pessoa que ele seguiu3623 acessosLady Gaga: Fazendo tatuagem em homenagem a David Bowie1646 acessosDavid Bowie: homenageado por artistas de quadrinhos0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de David Bowie"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 12 de janeiro de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Morte de David Bowie"0 acessosTodas as matérias sobre "David Bowie"

Sexo é ProibidoSexo é Proibido
Capas censuradas por conteúdo erótico

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1981

TraduçãoTradução
O clássico Piece Of Mind, do Iron Maiden

5000 acessosMike Portnoy: a reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream Theater5000 acessosDave Mustaine: ele descobriu AC/DC transando e fumando erva5000 acessosFail!: algumas das releituras de rock mais bizarras5000 acessosPearl Jam: Eddie Vedder diz o que pensa sobre as religiões5000 acessosIron Maiden: modelo de modernização para o Oriente Médio?5000 acessosNirvana: Krist Novoselic revela o que fez Kurt Cobain chorar

Sobre Fernando Yokota

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online