Uriah Heep: BMG anuncia relançamento dos CDs em versões duplas "deluxe"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Werneck, Fonte: BMG, Press-Release
Enviar correções  |  Ver Acessos

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A BMG publicou recentemente o seguinte press release:

"É com enorme satisfação que a BMG anuncia o extenso programa de relançamentos, iniciando em setembro de 2016 e continuando no decorrer de 2017, dos discos seminais da lendária banda britânica de hard rock Uriah Heep, que faz parte do "big four" junto a Led Zeppelin, Deep Purple e Black Sabbath.

Elaborados com colaboração plena da própria banda e coordenados pelo guitarrista e membro fundador Mick Box, os relançamentos vêm em pacotes expandidos de 2 CD's, contemplando no CD 1 o LP original remasterizado pelo renomado engenheiro de som Andy Pearce, conhecido por seus trabalhos com Lou Reed e Black Sabbath, e incluindo textos no encarte de Joel McIver, autor de bestsellers sobre rock. Além disso, há contribuições nos textos dos encartes de Box e de Ken Hensley, ex-integrante da banda e compositor de muitos de seus maiores sucessos.

O programa de relançamentos inicia em 16 de setembro com uma nova coletânea, 'Your Turn To Remember: The Definitive Anthology 1970-1990'. Invocando uma época na qual progressivo, hard rock e heavy metal se combinavam para gerar música grandiosa e capaz de romper limites, as canções dessa compilação de 2 CD's traçam a evolução do Uriah Heep desde o início como músicos inexperientes tendo que provar sua qualidade, até virarem estrelas do rock superconfiantes, em meio à fama, limusines e muito dinheiro. Essa antologia inclui faixas de alguns dos mais celebrados discos do Heep, como por exemplo 'Demons And Wizards', 'Look At Yourself', 'Return To Fantasy', 'Equator', 'Conquest' e 'The Magicians Birthday'.

Mick Box comenta: "Nós éramos muito 'verdes' no início! Se o engenheiro de som dissesse, 'Fiquem de pé dentro de um balde d'água e liguem a guitarra naquele radiador', nós provavelmente o teríamos feito. Não tínhamos experiência alguma de estúdio. Dois anos depois estávamos nos EUA, tocando para públicos de 10.000 a 20.000 pessoas por noite. Nós estávamos dentro de uma grande bolha, com todos aqueles Learjets privados e tudo mais: não creio que tenhamos passado por um aeroporto convencional por 10 anos! Limusines vinham nos pegar diretamente nas pistas de aterrissagem, todas essas coisas. Costumávamos reservar andares inteiros de hotéis, com guarda-costas posicionados na porta de cada quarto. A coisa toda chegou a esses níveis incrivelmente extravagantes, fúteis até, mas eu sempre curti imensamente. Nunca imaginei que aquele estilo de vida fosse continuar para sempre, mas alguns acreditaram, o que não acabou bem..."

Também em setembro será relançado o disco de estreia do Heep (de 1970), '...Very 'Eavy ...Very 'Umble' - item obrigatório para os fãs. Originalmente lançado com o magnífico selo espiral da gravadora Vertigo, cópias em bom estado da primeira prensagem hoje em dia costumam custar mais de 500 libras aos colecionadores. Recheado de criatividade e um forte desejo de estabelecer uma marca indelével na mais fértil era que o rock jamais conheceu, o álbum era uma afirmação poderosa de intenções, mostrando ao mundo os incríveis vocais do finado David Byron. Observa-se a faixa inicial 'Gypsy', numa clássica sequência de abertura onde os músicos param e recomeçam o tema seguidamente antes que os vocais pungentes de Byron introduzam a letra. O solo de órgão Hammond clássico de Hensley, que não apenas ocupa todo o segmento central da música, mas também é responsável por levá-la de volta ao tema principal na parte final, é o showcase perfeito para o talento de um jovem e vibrante músico, querendo provar ao mundo seu valor. A musicalidade brilha forte por todo o disco, desde o blues rock à la Hendrix 'Real Turned On', e a balada movida a Mellotron 'Come Away Melinda', à bombástica 'Dreammare' e ao fechamento majestoso com 'Wake Up (Set Your Sights)'. O debut do Uriah Heep mostrou uma nova banda muito promissora, pegando impulso para se lançar numa carreira brilhante.

Esta nova versão de '...Very 'Eavy ...Very 'Umble' engloba o álbum original remasterizado com um segundo disco incluindo mixes alternativos das músicas, nunca antes lançados. Três faixas do CD 2 são de sessões do final da existência do Spice (pré-Heep), logo antes da entrada de Ken Hensley no grupo, e as demais são das sessões do Very 'Eavy propriamente ditas, gravadas no decorrer de alguns meses entre o final de 1969 e o início de 1970. Essas faixas bônus foram recentemente descobertas pelo superfã da banda Robert Corich, que possui uma extensa coleção de músicas e versões inéditas que estão sendo usadas para esses relançamentos.

Box adiciona: "A criatividade no Uriah Heep estava no seu pico na época. Ninguém estava na nossa cola, então pudemos mover nosso som para um campo mais progressivo após 'Very 'Eavy... Very 'Umble'. Estávamos entrando num período onde podíamos simplesmente escrever coisas e deixá-las ir aonde elas quisessem ir, em vez de simplesmente nos limitarmos a um formato. Não que houvesse um formato antes, mas nessa época nós realmente deixamos as coisas fluírem ao máximo! Decidimos que não haveria restrições de qualquer tipo."

O tecladista Ken Hensley se recorda dessa época com satisfação, complementando: "Estava começando a fazer sentido de que estávamos criando algo grande. O manager, a gravadora, a editora e todos os demais estavam a bordo, e nós conseguimos um certo impacto com o primeiro álbum, especialmente na Europa, logo criamos o momento. Eu trouxe a maioria das canções em versões iniciais à banda, e juntos as transformamos em músicas completas."

O programa de relançamento do Uriah Heep continuará com o segundo disco, 'Salisbury' (também de 1970), apresentando o gigantesco hit internacional 'Lady In Black'.

YOUR TURN TO REMEMBER: THE DEFINITIVE ANTHOLOGY 1970-1990
BMGCAT2CD60 2CD
BMGCATDIG60 Digital

CD 1

1. GYPSY
2. COME AWAY MELINDA
3. BIRD OF PREY
4. LADY IN BLACK
5. LOOK AT YOURSELF
6. JULY MORNING - JAPANESE SINGLE EDIT
7. EASY LIVIN'
8. THE WIZARD
9. SUNRISE
10. SWEET LORRAINE
11. STEALIN'
12. SWEET FREEDOM
13. THE SHADOWS AND THE WIND
14. SUICIDAL MAN
15. RETURN TO FANTASY
16. DEVIL'S DAUGHTER

CD 2

1. WEEP IN SILENCE
2. CAN'T KEEP A GOOD BAND DOWN
3. SYMPATHY
4. FIREFLY
5. FREE N' EASY
6. FREE ME
7. WOMAN OF THE NIGHT
8. COME BACK TO ME
9. IT AIN'T EASY
10. NO RETURN
11. TOO SCARED TO RUN
12. CHASING SHADOWS
13. STRAIGHT THROUGH THE HEART
14. THE OTHER SIDE OF MIDNIGHT
15. ROCKARAMA
16. POOR LITTLE RICH GIRL
17. VOICE ON MY TV

VERY 'EAVY, VERY 'UMBLE
BMGCAT2CD55 2CD
BMGCATDIG55 Digital
BMGCATIDIG55 Digital/MFIT
BMGCATHDIG55 Digital HD

O álbum de estreia do Uriah Heep, lançado em 1970, inclui um mix de rock progressivo com o que ficaria conhecido como heavy metal posteriormente, e é apresentado no CD 1 em gravação recentemente remasterizada pelo renomado engenheiro de som Andy Pearce.

O CD 2 é uma visão alternativa e expandida do álbum, incluindo versões inéditas das músicas, numa compilação feita por Robert Corich e Mick Box.

CD 1: ÁLBUM ORIGINAL REMASTERIZADO

1. GYPSY
2. WALKING IN YOUR SHADOW
3. COME AWAY MELINDA
4. LUCY BLUES
5. DREAMMARE
6. REAL TURNED ON
7. I'LL KEEP ON TRYING
8. WAKE UP (SET YOUR SIGHTS)

CD 2: VERSAO ALTERNATIVA DE "VERY 'EAVY, VERY 'UMBLE"
1. GYPSY
2. REAL TURNED ON
3. DREAMMARE
4. COME AWAY MELINDA
5. BORN IN A TRUNK
6. WAKE UP (SET YOUR SIGHTS)
7. I'LL KEEP ON TRYING
8. WALKING IN YOUR SHADOW (ALTERNATIVE VERSION)
9. LUCY BLUES
10. BORN IN A TRUNK
11. MAGIC LANTERN
12. BIRD OF PREY (U.S. ALTERNATE MIX)

* TODAS AS FAIXAS NO CD2 SAO VERSÕES INÉDITAS, NUNCA ANTES LANÇADAS

A BMG já colocou no ar uma página para pedidos antecipados em diferentes pacotes:

http://www.pledgemusic.com/projects/uriahheep

Há também uma página de updates contendo fotos e vídeos, dando mais detalhes sobre os relançamentos:

http://www.pledgemusic.com/projects/uriahheep/updates


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Uriah Heep"


Guerra: batalha sangrenta parodiada nas capas de 8 álbuns de RockGuerra
Batalha sangrenta parodiada nas capas de 8 álbuns de Rock

Uriah Heep: não éramos tão bons quanto o Led ou o PurpleUriah Heep
"não éramos tão bons quanto o Led ou o Purple"


Lágrimas nos olhos: 25 músicas para chorarLágrimas nos olhos
25 músicas para chorar

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Rodrigo Werneck

Carioca nascido em 1969, engenheiro por formação e empresário do ramo musical por opção, sendo sócio da D'Alegria Custom Made (www.dalegria.com). Foi co-editor da extinta revista Musical Box e atualmente é co-editor do site Just About Music (JAM), além de colaborar eventualmente com as revistas Rock Brigade e Poeira Zine (Brasil), Times! (Alemanha) e InRock (Rússia), além dos sites Whiplash! e Rock Progressivo Brasil (RPB). Webmaster dos sites oficiais do Uriah Heep e Ken Hensley, o que lhe garante um bocado de trabalho sem remuneração, mais a possibilidade de receber alguns CDs por mês e a certeza de receber toneladas de e-mails por dia.

Mais matérias de Rodrigo Werneck no Whiplash.Net.

adGoo336