Lobão: confira a capa de Guia politicamente incorreto dos anos 80

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: G1
Enviar correções  |  Comentários  | 

Conforme já noticiamos aqui, o músico LOBÃO vai lançar mais um livro, o terceiro da carreira. "Guia politicamente incorreto dos anos 80 pelo rock" integrará a coleção do jornalista Leandro Narlock, "Guia politicamente incorreto da história do Brasil" e questionará a decadência do rock no país e fala das amizades, parcerias, decepções, drogas, as gravações ruins e as grandes canções que marcaram a história do rock nacional e década de 1980, dentre outras coisas.

991 acessosJoesley Batista: trajetória vira paródia de Faroeste Caboclo5000 acessosSeparados no nascimento: Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

Você confere agora a capa do trabalho, que será lançado pela Leya este mês e, com um quê de "Sargent Pepper's", retrata os ícones daquela geração do rock brasileiro (LEGIÃO URBANA, PARALAMAS, TITÃS, MARINA LIMA e o próprio LOBÃO, entre outros).

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Pra discutirPra discutir
Os 100 melhores discos do rock brasileiro

991 acessosJoesley Batista: trajetória vira paródia de Faroeste Caboclo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Legião Urbana"

Geddel LimaGeddel Lima
"Nem lembro do Renato Russo, ele não era ninguém"

Rock NacionalRock Nacional
12 discos fundamentais para explicar os anos 80

Legião Urbana x CatedralLegião Urbana x Catedral
Polêmicas entre integrantes em 2002

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Lobão"0 acessosTodas as matérias sobre "Legião Urbana"0 acessosTodas as matérias sobre "Paralamas Do Sucesso"0 acessosTodas as matérias sobre "Titãs"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
Alice Cooper e Emerson Fittipaldi

Rock in RioRock in Rio
Algumas das maiores vaias em edições nacionais

Morbid AngelMorbid Angel
"Banda satânica, eu jamais voltaria", diz Sandoval

5000 acessosOrtografia: como deveriam realmente se chamar as bandas?5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage5000 acessosMais Alto!: A diferença entre headbangers e humanos comuns5000 acessosMegadeth: o guitarrista que poderia ter ficado com a vaga de Kiko5000 acessosLed Zeppelin: a tragédia que inspirou a capa de um clássico5000 acessosChris Cornell: cantor ajudava a salvar crianças e refugiados

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online