Deep Purple: "Bob Ezrin é um produtor incrível", diz Steve Morse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Deep Purple tem se mantido na ativa com relação ao trabalho em estúdio. A banda lançou seu 20° disco, "inFinite", em abril deste ano. Devido às conversas sobre aposentadoria, também pode ser o último álbum do grupo.

Entrevista: Martin Popoff, a máquina de escrever do rock/metalDream Theater: os segredos do álbum Octavarium

Em entrevista exclusiva ao Whiplash.Net, concedida por telefone, o guitarrista Steve Morse falou sobre a concepção de "inFinite". Segundo o músico, o processo de composição de do álbum durou bastante tempo, embora sua sessão de gravação tenha sido breve.

"Não houve um momento particular em que sentimos que deveríamos lançar 'inFinite'. A composição do álbum durou quase dois anos. Quando tivemos algum tempo livre, nos reunimos para gravar, em 10 dias ou duas semanas", afirmou.

O guitarrista não economizou elogios ao produtor Bob Ezrin, que se destacou após trabalhos com Alice Cooper, Kiss, Pink Floyd). Assim como no antecessor "Now What!?", Ezrin também comandou a produção em "inFinite".

"Bob é um cara incrível para se trabalhar, um dos mais inteligentes que já vi na indústria musical. Ele é capaz de perceber todas as possibilidades. É alguém difícil de se agradar, mas sempre consegue bons resultados. A questão é: como fazer o melhor produto para que os ouvintes tenham a melhor experiência? Não é sobre deixar-nos felizes", disse.

Com "inFinite" na bagagem, o Deep Purple volta ao Brasil pela "The Long Goodbye Tour", que passará pelo Brasil com três datas, a serem realizadas em Curitiba (12/12), São Paulo (13/12) e Rio de Janeiro (15/12). Pelo país, vale destacar, a excursão será feita em formato de festival, chamado "Solid Rock", que contará, ainda, com apresentações de Cheap Trick e Tesla. O mesmo formato também será reproduzido na Argentina e no Chile, dias antes das performances em terras tupiniquins.

Deep Purple: Steve Morse fala sobre adeus, shows no Brasil e futuroDeep Purple
Steve Morse fala sobre "adeus", shows no Brasil e futuro




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Deep Purple"Todas as matérias sobre "Steve Morse"


Entrevista: Martin Popoff, a máquina de escrever do rock/metal

Grandes covers: cinco versões para a clássica Smoke On The Water,Grandes covers
Cinco versões para a clássica "Smoke On The Water",

Europe: nome da banda surgiu com inspiração no Deep PurpleEurope
Nome da banda surgiu com inspiração no Deep Purple

Deep Purple: queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sairDeep Purple
Queriam Glenn Hughes na banda antes de Roger Glover sair

Solos de guitarra estendidos: os melhores feitos em shows ao vivoSolos de guitarra estendidos
Os melhores feitos em shows ao vivo

David Coverdale: Em 1974, o Deep Purple Expulsou o ACDC do palcoDavid Coverdale
Em 1974, o Deep Purple Expulsou o ACDC do palco

Led, Purple e Sabbath: quem influenciou a trindade do Rock?Led, Purple e Sabbath
Quem influenciou a trindade do Rock?

Deep Purple: é tarde demais para reunião com Blackmore, diz Ian GillanDeep Purple
"é tarde demais para reunião com Blackmore", diz Ian Gillan


Dream Theater: os segredos do álbum OctavariumDream Theater
Os segredos do álbum Octavarium

Simone Simons: Rammstein me faz querer mexer a bundaSimone Simons
"Rammstein me faz querer mexer a bunda"

Slipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey TaylorSlipknot
Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor

Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante

Lemmy Kilmister: Esta coisa de Black Metal me faz rir!Lemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

Slipknot: Eu odeio turnês, diz Shawn 'Clown' CrahanSlipknot
"Eu odeio turnês", diz Shawn 'Clown' Crahan

Ciência: Rock torna as pessoas racistas, diz estudoCiência
Rock torna as pessoas racistas, diz estudo


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGooILQ