Smashing Pumpkins: Billy Corgan fala sobre Kurt Cobain

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Brunelson T., Fonte: Rock in The Head
Enviar Correções  

O baterista do METALLICA, Lars Ulrich, entrevistou recentemente o frontman do SMASHING PUMPKINS, Billy Corgan, em seu programa de rádio, It's Electric. Seguem alguns trechos:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Billy Corgan: "Quando estávamos indo pela 1ª vez com o SMASHING PUMPKINS para New York, Los Angeles ou Londres, éramos tratados de uma certa maneira que nos deixava realmente confusos, porque a gente cresceu numa classe média trabalhadora, sabe? O trabalho era muito pesado e você também cresceu assim, não é? Era como trabalhar ou morrer. Então, estávamos gostando de ir para um lugar como New York, mas as pessoas vinham nos falar: 'Tudo isso daqui é muito para vocês'. Era como se nós fôssemos castigados por ter trabalhado demais, sabe?"

"Lembro-me de Courtney Love me ligando uma vez e dizendo: 'O seu 1º álbum foi injustiçado, porque é tão bom que poderia ter o mesmo nível de reconhecimento do 2º disco de vocês, pelo fato de terem trabalhado duro nele e os solos são bons demais, sabe?'"

"E você sabe, o METALLICA também passou por isso. As pessoas diziam que tinham que ter ambição, mas era quase como uma zombaria o que elas falavam e eu pensava..."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lars Ulrich: "Sim, eu também ouço falar exatamente o que você está dizendo".

Corgan: "E eu pensava..."

Lars: "Realmente, é uma coisa que sobe à cabeça delas..."

Corgan: "Sim, vocês também se importam bastante, não é? Eu pensava: 'Saia do meu caminho, porra! Você sabe o que eu quero dizer nas minhas letras? Você sabe de onde estou vindo? Você sabe do que eu quero escapar?'"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu costumava falar sobre Kurt Cobain, de que esse tipo de pessoal queriam acreditar que Kurt sairia da cama, tomaria algumas drogas e iria compor um clássico do caralho... Kurt Cobain como letrista, compositor e visionário, era uma porra de um assassino para esse tipo de gente. Ele foi ótimo no que fez e é uma pena que ele não tenha feito mais isso, porque Kurt era muito bom no que fazia. Ele deixou as pessoas acreditarem que ele era o cara do tipo, ah, sim..., você sabe..."

publicidade

"Você sabe, muito antes do NIRVANA ter sido o que foi, quantas noites você acha que Kurt sentou na porra de um porão tentando descobrir por que esse acorde combinava com esse outro acorde? E ouvindo as primeiras demos do NIRVANA e depois escutando o 1º disco e na sequência o 2º disco, percebe-se que a voz dele foi mudando. Tipo, não está apenas mudando fisicamente, mas também está encontrando o personagem de Kurt Cobain".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Esses tipos de pessoas só queriam ficar sentadas nos seus escritórios, falando sobre Kurt, sobre o que ele fez e o que não fez. Ele e Dave Grohl entraram em discussões sobre questões musicais, mas e daí? Kurt só pedia uma merda de folga da pressão da mídia, sabe? Mas o bom disso tudo é que o público e os fãs em geral - em geral - só se preocupam com a música".

Fonte original:

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Túmulos: alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUATúmulos
Alguns dos jazigos mais famosos do Metal nos EUA

Ninguém é perfeito: os filhos bastardos de pais famososNinguém é perfeito
Os filhos "bastardos" de pais famosos


Sobre Brunelson T.

Vocalista/guitarrista da banda Terrakiuz.

Mais matérias de Brunelson T. no Whiplash.Net.

Cli336 GooAdHor Goo336 Cli336 WhiFin Goo336 GooInArt Cli336