Death Metal: lançamentos do semestre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ivison Poleto dos Santos
Enviar correções  |  Ver Acessos

O death metal é dos subgêneros do HM que mais tem recebido lançamentos novos há um bom tempo. Pode se dizer que virou sinônimo imediato de metal extremo. Estou considerando aqui as variações do gênero como raw detahmetal, melodeath e outros.

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Linkin Park: Chester Bennington abre o jogo sobre seu vício

Vamos lá:

Down Among the Dead Men - ...And You Will Obey Me

Como sonoridade já bastante consolidada, o death metal vai incorporando características dos outros gêneros metálicos e uma delas é de montarem supergrupos com músicos de diversa bandas para fazer um som. Pode-se que o Down Among the Dead Men é um supergrupo com uma carreira bastante consolidada, pois este é o seu terceiro álbum e muito bom por sinal.

Skinless - Savagery

O Skinless com "Savagery" faz jus ao nome do álbum. É uma pancadaria do começo ao fim, porém com alguns momentos de um supimpa finesse instrumental "Exacting Revenge". Vale a pena para quem gosta de bandas que sabem modular a velocidade.

Sadistik Forest - Morbid Majesties

O Sadistik Forest tem uma sonoridade mais clássica em termos de death metal. Sua dupla de guitarras sabe construir camadas e mais camadas sonoras com riffs matadores, rápidos e precisos. O instrumental da banda é o que chama a atenção pela competência dos registros.

Wombbath - The Great Desolation

Uma das bandas mais fiéis à vertente mais crua e pesada do death metal. Mas não é só isso, a pancadaria sonora é permeada por belas passagens instrumentais que dão um brilho sem igual ao som da banda. Uma finesse sem igual em termos de porrada sonora.

Deathstorm - Reaping What is Left

Uma banda simpática. Isso é o que se pode dizer do Deathstorm com "Reaping What is Left" e sua sonoridade mais próxima dos anos 1980 e as suas variações em termos de doom e black. Dona de uma energia sem igual, "Reaping What is Left" merece estar na sua coleção.

Necros Christos - Domedon Doxomedon

O que dizer de um álbum triplo nos dias de hoje? Audacioso? Pretensioso? Pomposo? Sim, tudo isso e mais um pouco. Uma sonoridade que vai além do death metal reunindo influências das mais densas e tenebrosas que existem no mundo do HM. Só o nome das músicas já dariam um livro.

Asphagor - The Cleansing

O mais legal em Asphagor "The Cleansing" são as influências de hardcore que dão um toque especial à banda e ao álbum. O Asphagor não mostra nenhum pudor em mostrar claramente todas as suas influências e isso é algo que devemos respeitar. Interessantes também são as muitas viradas de cadência e velocidade.

Skan - Death Crown

Uma banda de death metal que mostra influências de Led Zepellin. Isso existe? Sim, Skan com "Death Crown". E mais ainda! A banda também mostra influências de Pink Floyd. Tudo isso numa mistura caótica e veloz. "Death Crown" é um álbum bem trabalhado como se fosse uma obra de um artesão.

Graveyard - Back to the Mausoleum

Outra banda que mostra influências de hardcore. Parece que esta leva de bandas está bem interessada em não deixar o estilo morrer. Juntá-lo ao death metal não é nada mais que coerente, pois como sabemos, o metal extremo deve muito ao hardcore.

Commander - Fatalis (The Unbroken Circle)

O Commander é uma banda veterana dos anos 1990 que ficou um bom tempo sem trabalhos novos e isso é percebido claramente em "Fatalis (The Unbroken Circle)" dada a garra e ferocidade dos músicos além, é claro, de um som mais próximo aquilo que se fazia na referida década com uma dupla de guitarristas bem afiada.

Battlesword - Banners Of Destruction

Mais uma indelével amostra de melodeath, estilo esse que simplesmente adoro por causa de sua contraste entre os vocais tenebrosos e a melodia das guitarras e do instrumental. O Battlesword é uma banda bastante madura e técnica, o que já vale por si só ouvir "Banners Of Destruction".

Antlers - Beneath. Below. Behold

Uma capa bastante interessante para uma banda death metal, lembrando mais prog que death. A música do Antlers em "Beneath. Below. Behold" também é bastante pessoal e traz boas surpresas.

Johansson & Speckmann - From The Mouth Of Madness

Mais um superbanda de dois músicos bastante conhecidos da cena death. Uma verdadeira usina de força da mais pura pauleira e agressão sonora. O Johansson & Speckmann com "From The Mouth Of Madness" mostra claramente ao que veio: caos sonoro.

Revel In Flesh - Relics Of The Deathkult

O grande trunfo de Revel In Flesh com "Relics Of The Deathkult" é que é um álbum que pode ser mostrado sem nenhum pudor ao seu amigo que só gosta de NWOBHM. É um álbum que vai com certeza agradá-lo e bastante. Isso por si só já é um grande trunfo.

Atomwinter - Catacombs

Uma verdadeira pancadaria sonora do death metal estilo anos 1990 sem tirar nem por sem frescuras de qualquer tipo. Para agradar aqueles que apreciam death metal puro como deve ser.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por escolha do autor os comentários foram desativados nesta nota.


Todas as matérias da seção Notícias

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Linkin Park: Chester Bennington abre o jogo sobre seu vícioLinkin Park
Chester Bennington abre o jogo sobre seu vício

Lemmy: Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!Lemmy
"Eddie Van Halen nunca chegará aos pés de Hendrix!"

David Coverdale: Em 1974, o Deep Purple Expulsou o ACDC do palcoDavid Coverdale
Em 1974, o Deep Purple Expulsou o ACDC do palco

Separados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker SpanielSeparados no nascimento
Dave Mustaine e um Cocker Spaniel

Kerry King: gostaria de tocar com Zakk WyldeKerry King
"gostaria de tocar com Zakk Wylde"

Johnny Depp: nunca mais deve beber em noitadas com Keith RichardsJohnny Depp
Nunca mais deve beber em noitadas com Keith Richards


Sobre Ivison Poleto dos Santos

Veterano das guerras metálicas. Pesquisador, escritor, resenhista, músico frustrado (por isso tudo o anterior). Ao contrário da opinião comum, acho que o melhor do Metal ainda está por vir e que existem grandes bandas novas por aí. Só procurar. No meu caso elas vêm até mim.

Mais matérias de Ivison Poleto dos Santos no Whiplash.Net.