Angra: vídeoclipe de "Light of Transcendence" retrata a conexão entre a luz e sombra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Damaris Hoffman, Fonte: Top Link Music, Press-Release
Enviar Correções  

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

Em seu novo videoclipe, a banda Angra volta a mostrar a dualidade retratada diariamente na humanidade pela luz e sombra. A música escolhida para representar visualmente este momento foi "Light of Transcendence", faixa de abertura do último álbum de estúdio "Ømni". Cuidadosamente dirigido por Thiago Kiss, que recentemente trabalhou com Alírio Netto em seu último trabalho "Back to the Light", o vídeo conta com participações especiais de artistas e amigos do Angra como o performer Coveiro Maldito, o monge Dada e figurantes muito especiais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Estou muito feliz que nós estamos lançando o videoclipe de "Light of Transcendence", que em português significa algo próximo de a "luz da transcendência". A música é bem especial, aquele speed metal tradicional da carreira do Angra, mas com algo diferente. Imagine só, uma música rápida e pesada, com uma letra que poderia estar numa banda de ioga. Inusitado, não é? E foi intencional essa minha ideia, pois eu queria escrever uma letra que não estivesse com o estereótipo do Power Metal, mas que mostrasse uma conexão com diversas ideias, religiões, enfim, com tudo", disse o guitarrista e vocalista Rafael Bittencourt.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este clipe procura trazer conceitos profundos e renovar um estilo que ficou estigmatizado pelos temas fantasiosos de dragões e espadas. As pessoas estão procurando conceitos que as ajudem em suas próprias vidas. O power metal é dramático e dá um sentido de urgência a este tema. A letra de "Light of Transcendence" é algo que os fãs do Angra devem prestar atenção, pois explica a conexão entre o que é finito, ou seja, aquilo que nasce e morre ou até mesmo que é material, com o que é infinito, transcendental, pleno e constante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A Luz da Transcendência é a consciência da nossa existência além da matéria, além do espaço-tempo e além dos limites da morte. São muito passos para se caminhar em direção a esta luz. O Coveiro Maldito faz uma alusão à música Eyes of Christ, que gravamos no EP Hunters and Prey. Ele está carregando esta Luz transcendente, quebrando os estereótipos. A luz e a sombra andam juntas. Ele representa a existência além do corpo, o nosso olhar temeroso e limitado que só enxerga a superfície e as aparências", explicou Rafael sobre o conceito filosófico da letra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A banda toda está muito bem nessa música e marca muito bem o conceito do OMNI. O videoclipe é o resultado de uma conexão de nós do Angra com o diretor Thiago Kiss. Sou muito amigo do Thiago e quando decidimos realizar o videoclipe dessa música eu falei para ele como diretor. Escute a música, leia e letra com atenção, mas faça com as suas ideias. Você está livre para idealizar o que quiser", comentou o guitarrista.

As ideias mais claras sobre a luz da transcendência estão no videoclipe. A dualidade entre o masculino e feminino, da libertação, do plano aberto passeando por todo o videoclipe, são algo inovadores na carreira do Angra. A banda fez questão de deixar as letras em sânscrito no começo do videoclipe, o que deixa algo enigmático no videoclipe e já é prática do grupo em outros trabalhos como o Temple of Shadows. "O trecho retrata com palavras sábias sobre a luz da transcendência. Algo como guia-me da escuridão para a luz e com isso chegaremos até a transcendência", revelou Rafael.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O despertar da consciência é frequentemente comparado com o momento do Nascimento e ou com o da concepção da vida. Um dos elementos tratados no clipe é a união dos pólos masculino e feminino. Também a libertação do Ego que significa libertação das Dores na consciência, dos medos e do corpo. Libertação da alma. A eternidade vencendo a morte.

"Nós já nascemos amarrados em um mundo onde dependemos do olhar mecânico e material para sobreviver. A mãe nos protege de outros seres humanos. Somos criados, ensinados e infectados pelos nossos pais. Então aprendemos a existir no medo, na ira, na desconfiança e passamos isso para frente em nossos filhos também", finalizou Rafael Bittencourt.

Atualmente formado por Fabio Lione (vocal), Rafael Bittencourt (guitarra e vocal), Marcelo Barbosa (guitarra), Felipe Andreoli (baixo) e Bruno Valverde (bateria), os músicos do Angra estão empolgados com o sucesso desta nova fase e o lançamento deste videoclipe. A banda está em turnê do álbum "ØMNI" por todo o planeta, com mais de 100 datas confirmadas em 2018 e segue com novos planos para 2019.

Site oficial:
www.angra.net

Texto por Thiago Mauro em colaboração especial para Top Link Music

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mr Catra: Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)Mr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock (vídeo)

Sexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário RockSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock


Sobre Damaris Hoffman

Damaris Hoffman, 28 anos, concluiu seu curso de Licenciatura em Filosofia, porém logo partiu para a área da Comunicação Social. Desenvolveu um estilo único de trabalho atuando no departamento de marketing artístico e produção de sua própria empresa. Responsável pela comunicação das bandas Cavalera Conspiracy e Soulfly na América Latina e assessora de imprensa full time das bandas Angra, Project46, Sioux66, Rygel, Capadocia, La raza, Bioface, Worst, e inúmeras outras. Assessora de comunicação das empresas Top Link Music e Honorsounds.

Mais matérias de Damaris Hoffman no Whiplash.Net.

GooInArt Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 Goo728 Goo336 Cli336