RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemNey Matogrosso reflete sobre não ter contraído HIV mesmo tendo contato com quem tinha

imagemSlipknot anuncia saída de Craig Jones, um de seus integrantes mais antigos

imagemO ritual assustador no show do Queen que apavorou o Kid Abelha no Rock in Rio de 1985

imagemSlipknot apaga post anunciando saída de Craig Jones, mas está tocando com outro

imagemRogério Skylab critica Renato Russo, Cazuza, Lobão, e todo o pessoal do BRock

imagemO profundo significado da cruz de "Appetite For Destruction", segundo Axl Rose

imagemO dia que Marcelo Nova perguntou para Raul Seixas se existe coisa melhor do que mulher

imagemA canção nacional inspirada por doença e rejeitada que vendeu milhões anos mais tarde

imagemGeezer Butler tem uma teoria para o primeiro disco do Black Sabbath ser tão atemporal

imagemDave Mustaine diz que cada show do Megadeth custa mais de 50 mil dólares para a banda

imagemGuns N' Rose toca música inédita durante teste de som em Tel Aviv

imagemPsicodélico, Steve Vai deixou plateia chapada no Best of Blues and Rock

imagemIron Maiden envia mensagem de apoio ao West Ham, finalista da UEFA Europa Conference League

imagemJames LaBrie elege duas bandas novas que estão carregando a tocha do Metal

imagemQuem foi a primeira grande paixão de Cássia Eller?


Stamp

Judas Priest: por que eles simplificaram as linhas de bateria em "British Steel"

Por Igor Miranda
Fonte: Ultimate Classic Rock
Postado em 16 de abril de 2020

O baixista Ian Hill e o vocalista Rob Halford refletiram sobre os 40 anos do álbum "British Steel", do Judas Priest, em entrevista ao Ultimate Classic Rock. O disco foi lançado no dia 14 de abril de 1980 - curiosamente, a mesma data em que o Iron Maiden divulgava seu trabalho de estreia, autointitulado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Durante o bate-papo, eles comentaram sobre a tendência de simplificar o som, iniciada já no trabalho anterior, "Killing Machine" - intitulado "Hell Bent For Leather" nos Estados Unidos -, em 1978. A ideia foi levada ainda mais a sério em "British Steel".

"Quando as coisas ficam complicadas demais, você acaba tendo que ser músico para entender. Não queríamos isso. Queríamos deixar tudo envolvente. Com duas guitarras distorcidas, o restante precisa ser simples, para que as guitarras possam respirar. Com linhas de bateria complexas, algumas coisas se perderiam", disse Ian Hill.

Rob Halford destacou que essa mentalidade foi trazida pelo produtor Tom Allom, que trabalhou em "British Steel", mas não no álbum anterior. "Tom tinha uma ideia de deixar mais despojado, simples, direto. Vale lembrar que ele trabalhou nos dois primeiros discos do Black Sabbath. Ele sabia que se colocasse muita coisa, soaria pequeno ao invés de grandioso. Da forma como fizemos, a bateria, a guitarra, tudo soaria maior porque teria seu próprio espaço", afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Por isso, segundo Halford, nenhum outro álbum do Judas Priest soa como "British Steel". "É curioso, porque no início de cada década, especialmente no rock e metal, sempre tem um momento de energia e empolgação. É como se ressurgisse. É peculiar, mas parece acontecer", disse.

Ian Hill concluiu: "Tudo meio que se encaixou com esse álbum. Todos os componentes do que chamamos de heavy metal do Judas Priest se conectaram: a sonoridade, o direcionamento e até a imagem".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Anunciar

Cover: 15 bandas que são quase tão boas quanto o original


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Facchini Medeiros | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.