RPM: Deluqui aponta fake news de site e "voz de taquara rachada" de Paulo Ricardo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Uol / Instagram
Enviar Correções  

O guitarrista Fernando Deluqui, do RPM, fez críticas pelas redes sociais ao site "Uol" por, segundo ele, ter publicado informações falsas sobre uma disputa judicial entre a banda e seu ex-vocalista, Paulo Ricardo. O cantor também foi alvo de comentários publicados pelo músico no Instagram.

Anos 90: Discos "estranhos" de três bandas nacionais dos anos 80 lançados nos anos 90

Metallica: o video game da banda que nunca foi lançado

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na reportagem do "Uol", assinada pelo colunista Rogério Gentile, é dito que a Justiça autorizou Paulo Ricardo a relançar músicas do RPM dois anos após uma ação movida pelo tecladista Luiz Schiavon, coautor das canções, para impedi-lo de utilizar as faixas em um disco e DVD ao vivo. Deluqui e a família do falecido baterista Paulo P.A. Pagni estão ao lado de Schiavon.

Entre as acusações de ambas as partes apontadas pelo site, Paulo Ricardo teria dito, na ação, que os antigos colegas de RPM "tentam forçá-lo a retomar as turnês da banda". Já o grupo teria alegado que Paulo "não consegue se sustentar com aquilo que produziu individualmente".

RPM: baterista Paulo P.A. Pagni morre aos 61 anosRPM
Baterista Paulo P.A. Pagni morre aos 61 anos

RPM: Banda voltou recentemente sem Paulo RicardoRPM
Banda voltou recentemente sem Paulo Ricardo

O "Uol" afirma que as argumentações foram encontradas no processo, também apontando que a Justiça autorizou Paulo Ricardo a relançar as canções. Porém, Fernando Deluqui disse, pelo Instagram, que tanto a vitória judicial de Paulo quanto as alegações de que a banda força o cantor a retomar os shows são "fake no último grau".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Sinais de vida do planeta vizinho... olha isso, faz tempo que não leio tanta bobagem. 'Nós da banda estamos forçando o Paulo a retomar as apresentações da banda' é fake no último grau. Fico admirado. O UOL publicar isso é de uma leviandade surpreendente", disse Deluqui, na legenda da postagem.

A mesma publicação foi feita no Facebook. Nos comentários, o guitarrista afirmou: "Tudo mentira. Não existe essa decisão judicial".

De volta ao Instagram, além de conversar com os fãs sobre a situação, Deluqui também fez comentários sobre a voz de Paulo Ricardo. "Não curto mais. Voz de taquara rachada. O timbre piorou com o tempo. E as composições não me agradam. Nem pelos acordes e nem pelos arranjos. Isso deixando a briga de lado. Em questão de gosto mesmo", afirmou.

Em outra ocasião, respondendo a um fã que declarou que Paulo Ricardo "já foi bom", o guitarrista afirmou: "Também acho. A personalidade e o timbre de voz pioraram muito".

Em resposta a outra fã, que recomendou que os envolvidos não se envolvessem em uma "briga infinita" porque a "vida é curta", Fernando Deluqui disse: "Minha querida, desculpe te aporrinhar com estes problemas. Mas para você entender, eu acho que até pode cantar as músicas, mas por exemplo, lançar um show 'Rádio Pirata 35 Anos' é forçar a barra. É o trabalho da banda. Se o trabalho da banda fosse ficar tão em evidência na sua carreira solo, então não saísse da banda. Atrapalha. E a matéria é fake. Não houve entrevista. Nenhum contato. É sacanagem".

Até o momento, Paulo Ricardo não se pronunciou oficialmente sobre a matéria ou a suposta decisão judicial, apontada como inexistente por Fernando Deluqui.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Anos 90: Discos estranhos de três bandas nacionais dos anos 80 lançados nos anos 90Anos 90
Discos "estranhos" de três bandas nacionais dos anos 80 lançados nos anos 90

Live do Bem RP: Roupa Nova, Kiko Zambianchi e outros se unem em transmissãoLive do Bem RP
Roupa Nova, Kiko Zambianchi e outros se unem em transmissão


Vírgula: Hits dos 80s que a gente tinha vergonha, mas hoje canta com vontadeVírgula
Hits dos 80s que a gente tinha vergonha, mas hoje canta com vontade

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstarsA importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Metallica: o video game da banda que nunca foi lançadoMetallica
O video game da banda que nunca foi lançado

Slayer: Tom Araya não é ateu, acredita em Deus e fez a Primeira ComunhãoSlayer
Tom Araya não é ateu, acredita em Deus e fez a Primeira Comunhão


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280