Matérias Mais Lidas

imagemO álbum que chocou colégio de freiras de Rafael Bittencourt e foi "libertador"

imagemHá 20 anos, Frejat explicava como Raimundos não se dobrava perante gravadora

imagemRegis Tadeu coloca o dedo na ferida e aponta o grande erro do rock nacional dos anos oitenta

imagemAxl Rose faz piada de gosto duvidoso sobre incidente com microfone

imagemA música do Queen que Brian May pensou que era uma brincadeira

imagemDez bandas de rock e metal que gravaram versões para músicas de outros estilos

imagemEmpresária do Judas Priest conta como foi o encontro de K.K. Downing com ex-companheiros

imagemRaimundos: A surpreendente maneira como Digão conheceu Rodolfo, segundo o próprio

imagemB. B. King sobre John Lennon ter dito que queria tocar como ele

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagem"Nenhuma banda está a fim de ajudar a outra, isto é utopia", diz Regis Tadeu

imagemEric Clapton relembra como era ser chamado de Deus nos anos 60

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão


Lift Detox
Stamp

The Doors comenta a gravação da icônica faixa "Riders on the Storm

Por André Garcia
Postado em 13 de agosto de 2022

O The Doors fez sucesso na segunda metade dos anos 60 pela poesia de seu carismático (e problemático) frontman Jim Morrison. Além disso, também chamava atenção a inconfundível mistura de jazz, blues e rock feita pelo seu trio de instrumentistas.

Foto: Divulgação - Capa do Primeiro Álbum
Foto: Divulgação - Capa do Primeiro Álbum

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um de seus maiores clássicos foi "Riders on the Storm", a última faixa do último álbum com o vocalista, "L. A. Woman" (1971). Uma introspectiva e atmosférica canção que reunia tudo aquilo que a banda tinha de melhor. Prova disso é que mesmo quem não curte The Doors geralmente por ela dá o braço a torcer.

Conforme publicado pela Ultimate Classic Rock, em entrevista para a Uncut o tecladista Ray Manzarek falou sobre a música.

"Robby [Krieger] e Jim [Morrison] estavam tocando, improvisando alguma coisa com "Ghost Riders in the Sky" [de Vaughn Monroe]. Eu propus a linha de baixo e a parte do piano — o estilo jazzístico foi minha ideia. Jim já tinha a história sobre um assassino pedindo carona na estrada. Em essência, era uma música bastante cinematográfica sobre um serial killer — algo bem à frente de seu tempo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um dos destaques da faixa é o segundo vocal de Jim Morrison, sussurrado, sorrateiramente escondido atrás do ao mesmo tempo sensível e vigoroso vocal principal. Em entrevista também para a Uncut, o baterista John Densmore contou que a ideia partiu dele:

"Eu tive essa ideia, e sugeri ao [produtor] Bruce Botnick que Jim voltasse e gravasse outro vocal, só que sussurrando. Algo quase subliminar: a não ser que você saiba que está lá, você nem ouve."

Ao contrário dos sussurros, que exigem uma audição mais atenciosa, chama atenção de imediato os sons de chuva e trovões. Presentes na introdução, já dão o clima arrepiante antes mesmo da primeira nota ser tocada. Segundo Botnick, a ideia do uso dos efeitos sonoros partiu de Jim Morrison:

"Todos nós pensamos na ideia dos efeitos sonoros, mas foi Jim que disse em voz alta: 'Não seria legal acrescentar chuva e trovões?' Eu usei as gravações de efeitos sonoros da Elektra e, conforme mixávamos, eu simplesmente apertei o botão. O acaso conspirou a favor, então os trovões saíram todos nos lugares certos. Aquilo te levava para outro lugar. Era como um mini filme em nossas cabeças."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista para a Artist Direct, Ray Manzarek refletiu sobre a letra de "Riders on the Storm": "É uma canção cinematográfica. O deserto pode produzir incríveis tempestades. À distância, há o clarão das luzes de Los Angeles, mas a pessoa na estrada é louca: 'Se você der carona a esse homem, sua doce família morrerá.'"

"Mas o que eu amo na letra é que no final Morrison dá meia volta e faz dela uma música sobre redenção. Ele fez a canção de amor definitiva. 'O mundo dele depende de você, sua vida não terá fim. Garota, você tem que amar seu homem.' Esse é o último verso. É uma pista. É um prenúncio. Era o inconsciente de Jim nos dizendo (e talvez dizendo a ele mesmo), que aquela era a última [música], mas sua vida não terá fim", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Riders on the Storm" foi a última música gravada por Jim Morrison, que pouco depois partiu para Paris, deixando seus colegas encarregados de finalizar o disco. Encontrado morto no mesmo ano, o vocalista jamais retornou da França.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy
Lift Detox


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

The Doors lança música inédita gravada no final dos anos sessenta

Bandas que duraram pouco tempo, mas ficaram marcadas para sempre

Alice Cooper: "O fato de Jim Morrison ter vivido até os 27 foi um milagre!"

Thom Yorke em 1992: "Tenho um desprezo patológico por Jim Morrison"

Os dois rockstars que influenciaram Casagrande a entrar no mundo das drogas

The Doors: Robby Krieger fala sobre a difícil convivência com Jim Morrison

The Doors: O motivo pelo qual Jim Morrison preferia tocar em locais pequenos

Na estrada: dez músicas para inspirar uma viagem de moto

Estadão: os roqueiros mortos que deveriam estar vivos

Classic Rock: elegendo os 10 melhores álbuns de estréia

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.