Matérias Mais Lidas

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemO dia que Digão assistiu ensaio da Legião Urbana sem saber que era a banda

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemAerosmith cancela segundo show após Steven Tyler adoecer

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemO malévolo King Diamond registra encontro com Michael Sweet, ícone do rock cristão

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagem"Houve muita escuridão em minha vida", afirma James Hetfield

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTimo Tolkki diz que novo álbum do Stratovarius é o melhor da banda após sua saída

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller


Stamp
Summer Breeze

Quando Frank Zappa inventou o streaming, mas nenhuma gravadora se interessou

Por Bruce William
Postado em 26 de setembro de 2022

Uma interessante matéria de autoria de Leonado Rodrigues e publicada no UOL relata a ocasião, lá no começo dos anos oitenta, em que Frank Zappa comprovou mais uma vez ser um visionário, ao propor um sistema de se ouvir música que hoje conhecemos como streaming.

Foto: Dominio Público - Wikipedia
Foto: Dominio Público - Wikipedia

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Resumindo ao máximo o texto de Leonardo, que explica com detalhes a história, o que aconteceu é que Zappa estava incomodado com os altos custos dos CD players na época, algo que para ele deixava claro que seria impossível a popularização do formato, que havia chegado para diminuir os custos de envio e dos processo de controle de qualidade dos LPs. "A comercialização de discos como existe hoje é um processo estúpido que se preocupa essencialmente com a movimentação de pedaços de plástico, envoltos em pedaços de papelão, de um local para outro", disse Zappa, que era entusiasta da tecnologia e não mantinha apego por qualquer suporte musical.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Considerando ainda fatores como pirataria e o descaso de gravadoras com seu catálogo, Zappa, falecido em dezembro de 1993, então imaginou a possibilidade de se criar um local que seria um repositório de músicas que ficaria disponível por telefone ou TV a cabo que fossem compatíveis com algum eletrodoméstico para serem acessadas. Sim, é exatamente o que temos hoje em dia com os streamings.

A matéria de Leonardo informa que, dentre outras coisas, na proposta de Zappa enviada para executivos de gravadoras que sequer se manifestaram sobre o assunto, ele sugeria uma espécie de modelo de assinatura para oferecer facilidades a quem se dispusesse a pagar mais, a possibilidade de serem filtrados os conteúdos conforme a "categoria de interesses" dos usuários e argumentava ainda que a popularização do formato a um custo reduzido ajudaria no combate à pirataria, já que ele estaria disponível 24 horas por dia para todos, o que reduziria drasticamente o interesse em distribuição ilegal de material. "A maioria dos dispositivos de hardware já estão, enquanto você lê isso, disponíveis nas prateleiras de loja, apenas esperando para serem conectados uns aos outros para acabar com a indústria fonográfica como a conhecemos agora", disse Zappa, de forma profética.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia o texto completo com muito mais detalhes no UOL.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando Frank Zappa inventou o streaming, mas nenhuma gravadora se interessou

Alice Cooper relembra o dia em que tocou na casa de Frank Zappa

A história da Parents Music Resource Center (PMRC)

Frank Zappa: a paródia na capa de We're only in it for the Money

De Zappa a Korn: a impressionante bateria de Terry Bozzio

Black Sabbath: Tony Iommi explica diferença entre Dio e Ozzy

Cranberries: A triste história da letra de "Zombie"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.