RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemDeep Purple: David Coverdale revela quem quis como substituto de Ritchie Blackmore

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemProdutor da turnê de Paul Di'Anno explica problemas no primeiro show

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO motivo nada musical que fez Bruce Dickinson querer se juntar aos hippies

imagemVocalista do Fleshgod Apocalypse é pedida em casamento durante show da banda

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemEloy Casagrande repete o feito sendo eleito melhor baterista de metal do mundo

imagemTony Iommi conta quais são os riffs preferidos que ele escreveu

imagemShane Hawkins, filho de Taylor Hawkins, ganha prêmio de melhor performance do ano

imagemZelador viraliza após incrível semelhança com voz de Steve Perry em "Don't Stop Believin'"

imagemEm disputa acirrada, fãs batem recorde e elegem melhores discos de metal de 2022

imagemOs 20 melhores álbuns lançados em 1993, segundo a Revolver Magazine


Stamp

O curioso papel do produtor Bob Ezrin em no clássico "Destroyer", do Kiss

Por Mateus Ribeiro
Postado em 23 de janeiro de 2023

O catálogo da lendária banda Kiss inclui trabalhos memoráveis, com destaque para o excelente "Destroyer". Lançado em 1976 e produzido por Bob Ezrin, o quarto álbum de estúdio do grupo maquiado inclui grandes clássicos do rock, como "God Of Thunder", "Detroit Rock City", "Shout It Out Loud" e "Beth".

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Bob Ezrin falou sobre o aclamado "Destroyer" durante recente episódio do podcast Rockonteurs, apresentado por Guy Pratt e Gary Kemp.

"O propósito do ‘Destroyer’, do meu ponto de vista, era fazer com que eles deixassem de ser uma banda de rock que atrai garotos de 15 anos cheios de espinhas e ninguém mais’, disse o produtor, em transcrição publicada pela Classic Rock.

"Agora vocês são como Lee Marvin"

Em outro trecho, Bob contou que seu intuito era transformar os jovens rapazes do Kiss em vilões, como o personagem de um filme dos anos 1950.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando nos conhecemos, eu disse a eles que há um filme famoso nos anos 50 chamado ‘The Wild One’ [‘O Selvagem’], com Marlon Brando e Lee Marvin. Havia dois motoclubes em guerra. Todos eram bandidos.

O fato é que Lee Marvin era monocromático, sempre vestido de preto, um vilão mau. Lee Marvin era simplesmente desagradável. Enquanto havia algo em Marlon Brando que era um pouco vulnerável, um pouco mais humano, e a garota, a linda filha de alguém importante [xerife], uma garota adorável, você sabe, virgem, ela viu algo em Johnny, personagem de Marlon Brando pelo qual ela se apaixonou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Então eu disse a eles: ‘Agora vocês são como Lee Marvin. E isso é um teto de vidro, isso é legal’. Mas queremos expandir para onde todas as garotas na América vão olhar para vocês e dizer: ‘Eu posso consertar isso. Eu os amo e vou consertá-los’. Porque é isso que as garotas fazem’", afirmou o visionário produtor.

A composição da balada "Beth"

A música "Beth" é um dos grandes hits da carreira do Kiss e um dos pontos altos de "Destroyer". Cantada pelo baterista Peter Criss, a canção fala sobre alguém que dá mais atenção para sua banda do que para seu par romântico.

"Era um pouco arrogante. Um cara dizendo basicamente ‘Dane-se, quer saber, eu não vou voltar para casa. Eu e os meninos somos mais importantes’, todas essas coisas", pontuou Bob, que na sequência, falou sobre o processo de composição de "Beth".

"Voltei para o meu apartamento, sentei-me ao piano, e não sei de onde veio, mas a melodia acabou saindo. Pensei: ‘Esta é realmente uma música muito triste. Por quê? Ele não está voltando para casa? Ele sabe que está partindo o coração dela (...).

Então, nós transformamos isso em uma balada, uma balada realmente sensível e triste. E Peter simplesmente tem esse tipo de voz esfumaçada que se presta perfeitamente à música dessa forma".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No final das contas, "Beth" se tornou um sucesso, embora não fosse a melhor representação do que o Kiss era na época.

"Eu sabia que seria um sucesso, mas o resto da banda não sentia que [‘Beth’] representava o Kiss - e não representava, não naquela época. Não representava o Kiss como as pessoas os conheciam. Mas representava o Kiss de ‘Destroyer’", finalizou Ezrin.

O Kiss lançou em novembro de 2021 uma edição comemorativa do aclamado "Destroyer", com áudio remasterizado e faixas bônus. Para conferir mais detalhes, acesse a nota a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.
Mais matérias de Mateus Ribeiro.