RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


O dia que ninguém menos que os Beatles abriram show do fenomenal Ritchie Blackmore

Por Gustavo Maiato
Postado em 19 de setembro de 2023

Ao longo da década de 1960, os Beatles acabaram se tornando um fenômeno da cultura mundial, enfileirando hits nas paradas e marcando de vez o rock. Em 1962, entretanto, o grupo de John Lennon e Paul McCartney ainda engatinhava e teve oportunidade de abrir o show para uma das bandas que Ritchie Blackmore teve antes do Deep Purple.

Ritchie Blackmore - Mais Novidades

Foto: Divulgação - Spotify
Foto: Divulgação - Spotify
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"A carreira de Ritchie Blackmore o fez migrar do The Savages para o The Outlaws, que já tinha sido a banda de apoio de John Leyton em gravações de sucesso, como ‘Johnny Remember Me’. O The Outlaws foi a banda de estúdio residente para o excêntrico e genial produtor independente Joe Meek. Blackmore, junto com seu ex-companheiro de banda, o baterista Mick Underwood, juntou-se à banda em outubro de 1962. Inicialmente, trabalharam como banda de apoio ao vivo para Mike Berry. Em um dos primeiros shows de Blackmore em Preston, a banda de abertura foi os Beatles, que logo chegariam ao topo".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Essa história curiosa está registrada no livro "Deep Purple: 1968 – 1976", que foi habilmente compilado e editado pela equipe da Estética Torta. É importante destacar que todos os títulos desta editora, incluindo este livro, estão atualmente disponíveis com um generoso desconto de 20%, mediante o uso do código promocional GMAIATO20. Aproveite essa oportunidade para explorar mais profundamente o universo do Deep Purple e outros fascinantes títulos que a Estética Torta tem a oferecer.

Ritchie Blackmore e o Deep Purple

Em um vídeo divulgado no canal oficial de Ritchie Blackmore no YouTube, o guitarrista abordou os primórdios do Deep Purple após ter sido questionado sobre o impacto que o álbum "In Rock" teve em sua trajetória. A transcrição desse valioso depoimento foi fornecida pelo colaborador Bruce William.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blackmore compartilhou um relato fascinante sobre aqueles dias iniciais da banda, destacando a transição que eles experimentaram. Ele observou: "Passamos por tempos difíceis por alguns anos antes disso, e, de repente, nos encontramos no centro das atenções, com todos adquirindo o 'Deep Purple In Rock'. Conseguimos a posição de liderança nas paradas com o álbum e a mantivemos por cerca de um ano, até que o substituímos pelo 'Fireball', o que se revelou uma experiência intrigante."

O músico expressou seu apreço pela posição privilegiada que a banda alcançou naquele momento, especialmente com um trabalho como "Deep Purple In Rock". Em suas palavras: "Eu acreditei que era um reconhecimento merecido. Muitas das faixas, como 'Child In Time', foram calorosamente recebidas pelo público, em contraste com o álbum subsequente."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blackmore, por outro lado, revelou sua perspectiva pessoal sobre "Fireball", o álbum que sucedeu "In Rock". Ele compartilhou suas reservas, comentando: "Para mim, 'Fireball' foi criado de forma um tanto apressada, e senti que faltavam ideias. Era como se estivesse sendo forçado e artificial, embora eu tenha consciência de que Ian Gillan tinha uma visão diferente sobre isso. Pessoalmente, eu nunca escolheria tocar aquelas músicas."

Essa visão franca de Ritchie Blackmore nos oferece um vislumbre fascinante dos bastidores do Deep Purple naqueles anos cruciais, destacando as complexidades e desafios que acompanharam sua jornada musical.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal
Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Alex Juarez Muller | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Geraldo Fonseca | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Gustavo Maiato

Jornalista, fotógrafo de shows, youtuber e escritor. Ama todos os subgêneros do rock e do heavy metal na mesma medida que ama escrever sobre isso.
Mais matérias de Gustavo Maiato.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS