Melhores de 2014: na opinião de Marcelo Reis Filho

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcelo Reis Filho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ano de 2014 nos proporcionou diversas perdas importantes para o mundo da música, mas também nos presentou com ótimos álbums, então confira abaixo a lista dos artistas que se destacaram nesse ano que está acabando.

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?Slash: "Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Far From Alaska- "modeHuman"

A banda de Natal fez uma estréia brilhante com o seu primeiro disco. Sua mistura de estilos encantou encantou diversas pessoas nesse ano de 2014, assim ganhando destaque na mídia musical brasileira. Vale a pena ficar de olho no desenvolvimento dessa banda nos próximos anos.

Destaques do disco: "Dino Vs. Dino", "Thievery", "Politiks" e "Deadmen".

Slash feat. Myles Kennedy & The Conspirators - "World on Fire"

O guitarrista inglês Slash mais uma vez nos brinda com brilhantes riffs e solos, já em seu segundo disco em parceira com Myles Kennedy, Brent Fitz e Todd Kerns. Apesar de sua longevidade (17 músicas e mais de uma hora de duração), esse disco apresenta alta qualidade e consistência, com toda a banda apresentando um hard rock de alto padrão.

Destaques do disco: "Beneath The Savage Sun", "Wicked Stone", "30 Years to Life" e "Battleground".

Kaiser Chiefs- "Education, Education, Education & War"


A banda inglesa da cidade de Leeds parecia estar em decadência após dois discos que não demonstravam alta qualidade e a perda de seu baterista Nick Hodgson, mas a volta por cima veio com esse disco quase impecével. Os vocais afiados de Ricky Wilson e as melodias cativantes estão de volta com tudo.

Destaques do disco: "The Factory Gates", "One More Last Song", "Coming Home" e "Ruffians on Parade".

Foo Fighters- "Sonic Highways"


Apesar de não superar o último álbum da banda, "Wasting Light", o oitavo álbum da banda norte-americana mostra-se ainda de alta qualidade. O conceito inovador de Dave Grohl criou um álbum coeso e firme, digno de figurar na lista de destaques desse ano.

Destaques do disco: "Outside", "What Did I Do?/God as My Witness", "Something From Nothing" e "I Am a River".

Blues Pills- "Blues Pills"


Mais uma banda estreante com que surpreendeu nesse ano, o grupo sueco abalou todos com seu forte Hard Rock carregado de Blues. Os vocais poderosos de Ellin Larson e os riffs cativantes carregam esse ótimo álbum.

Destaques do disco: "High Class Woman", "Ain't No Change", "Jupiter" e "Devil Man".

Menções honrosas:
Smokin' Ace - "With Honour On Fire Confused"
Machine Head - "Bloodstone & Diamonds"
California Breed - "California Breed"
Raimundos - "Cantigas de Roda"
Edguy - "Space Police: Defenders of the Crown"

Banda estreante do ano:

Far From Alaska

Banda veterana do ano:

Judas Priest

Antes de xingar a lista, lembre-se que o autor da mesma provavelmente não teve tempo suficiente para ouvir os diversos ótimos discos que foram lançados nesse ano e não foram citados, mesmo assim, sinta-se livre para fazer sugestões.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Slash"Todas as matérias sobre "Foo Fighters"Todas as matérias sobre "Far From Alaska"Todas as matérias sobre "Machine Head"Todas as matérias sobre "Kaiser Chiefs"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Guns N' Roses: por que Axl não mudou nome após Slash e Duff saíremGuns N' Roses
Por que Axl não mudou nome após Slash e Duff saírem

AC/DC: vocalista de banda cover que fez teste não aprova AxlAC/DC
Vocalista de banda cover que fez teste não aprova Axl


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Slash: Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia comporSlash
"Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor


Sobre Marcelo Reis Filho

Estudante de jornalismo e apreciador de música, independente de seu gênero ou origem. Colaborador do Whiplash.Net desde 2013, já publicou coisas que se arrepende e algumas outras com seu valor. Sempre em busca do crescimento técnico na atividade jornalística e de informações relevantes aos leitores.

Mais matérias de Marcelo Reis Filho no Whiplash.Net.

Goo336x280