Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemTommy Lee postou uma foto com o "Dr. Feelgood" de fora

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemPaul McCartney lamenta morte de seu cunhado e advogado: "Extremamente triste"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemLemmy, Filho e Espírito Santo: Gary Holt tem certeza que ele era três ao mesmo tempo

imagemSe não fosse o Queen, Max Cavalera provavelmente não existiria

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen


Dream Theater 2022

Iron Maiden: As 10 Melhores Músicas da Fase Di'Anno

Por Luis Fernando Ribeiro
Em 12/10/13

Para a maioria dos fãs do IRON MAIDEN, a era de ouro da banda ocorreu após o lançamento de "The Number Of The Beast" e encerrou-se em "Seventh Son Of A Seventh Son", porém, os dois discos que antecedem essa fase marcaram muita gente e para muitos são considerados os melhores da banda.

O período foi curto, mas enquanto o vocalista Paul Di’Anno esteve no MAIDEN, deixou sua marca, com sua pegada punk. Com músicas mais diretas do que estamos acostumados atualmente, "Iron Maiden" e "Killers" encantam pela garra, feeling e ousadia da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O primeiro disco é de 1980, quando a NWOBHM ainda engatinhava, mas o IRON MAIDEN já começava a chamar a atenção. Mesmo com muitas mudanças de formação, a banda que já possuía uma bagagem de cerca de cinco anos começava a definir seu estilo e criar sua personalidade.

Já no segundo disco, de 1981, a donzela mostrava maturidade e começava a abandonar as influências punks de seu som, apresentando músicas mais complexas e bem gravadas. A entrada do guitarrista Adrian Smith somou muito ao som da banda e deu origem a uma das duplas de guitarristas mais influentes de todos os tempos.

Dando sequência à matéria que listou as 10 melhores músicas da atual fase da banda (link abaixo), esta matéria reúne aquelas que, na minha humilde opinião, são as 10 melhores da fase Di’Anno.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Iron Maiden: As 10 melhores músicas da atual formação

Assumo que foi tarefa das mais difíceis, quase desisti várias vezes, afinal, não existe nenhuma música que possa ser considerada ruim nesta fase da banda, também sei que serei crucificado por deixar de fora músicas como "Prowler", "Remember Tomorrow" e "Sanctuary", mas por fim cheguei à seguinte lista:

10 – "Running Free"

"Running Free" é um dos maiores clássicos da banda e um dos destaques dos shows até os dias de hoje. Uma música simples, mas intensa. A levada de baixo é uma das mais marcantes da história do MAIDEN e a letra reflete as influências punks no som da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

9 – "Prodigal Son"

A semi-balada "Prodigial Son" não é uma escolha obvia, mas é uma música que chama a atenção por sua beleza e melancolia. O vocal rouco de Di'Anno encaixa-se perfeitamente com um baixo melodioso e muito bem colocado. Com bases simples, a música mostra-se eficiente e com solos muito harmoniosos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

8 – "Murders in the Rue Morgue"

Um dos maiores clássicos de "Killers", "Murders in the Rue Morge", baseada no livro de mesmo nome de Edgar Allan Poe, é agressiva e de um feeling absurdo. A velocidade é a principal característica dessa música e a cozinha formada por Harris e Burr é impecável. Destaque também para momentos incríveis de guitarras dobradas em uma velocidade estonteante.

7 – "Wrathchild"

"Wrathchild" dispensa maiores apresentações, trata-se de um dos maiores clássicos da história da banda. Apesar de ser uma música direta, tem momentos interessantes, especialmente no som inconfundível de baixo do mestre Steve Harris. Hoje, mais de trinta anos após sua gravação, esta uma das poucas faixas do disco que sobreviveu a prova do tempo e continua sendo presença constante nos shows do MAIDEN.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

6 – "Killers"

A faixa homônima do segundo disco da banda é outro petardo. O baixo de Harris dita o ritmo da música, galopante e intensa, Smith e Murray chegam ao ápice nesta música, o entrosamento imediato dos dois é espantoso, mas novamente Di'Anno se destaca. Tudo bem que Dickinson o superaria com sobras em técnica, carisma e personalidade, porém, Di'Anno criou algo impressionante junto com o MAIDEN, demonstrando ser um excelente vocalista. Sua voz é algo inconfundível e deu uma magia especial aos dois primeiros álbuns da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5 – "Purgatory"

Com o pé no acelerador, "Purgatory" é uma das músicas mais empolgantes do MAIDEN. Impossível não cantar o refrão junto ("Please, take me away, take me away, so far away..."). Clive Burr é novamente simples, mas preciso e conveniente, dando à música o ritmo necessário para os solos acelerados de Murray e as galopadas insanas de Harris.

4 – "Drifter"

A faixa derradeira de "Killers" é também a melhor, em minha opinião. O baixo de Harris é impressionante, de uma técnica e feeling absurdamente louváveis. Os solos são impecáveis e emocionantes, avance até 1 minuto e 25 segundos de música para entender do que falo. Enfim, um encerramento a altura de um disco excelente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3 – "Strange World"

"Strange World" é uma canção bela e melodiosa. Algumas passagens me lembram bastante o RAINBOW, outras o FOCUS. Alguns toques progressivos aqui e acolá. A emoção transmitida pela música em um todo é indescritível, tornando essa faixa uma música diferente de tudo que o MAIDEN faria em toda sua discografia. Essa música possui alguns dos melhores solos desta fase da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2 – "Iron Maiden"

A música que carrega o nome da banda é presença constante nos shows da banda até os dias atuais. Ela é curta, mas cheia de pequenas variações. O baixo e a bateria tornam a música pulsante e seu refrão é daqueles para ser cantando em uníssono em um show. Um dos riffs mais importantes da carreira da donzela está presente no início e decorrer desta música.

1 – "Phantom of the Opera"

Por fim, um dos maiores hinos de toda a carreira da banda. Em "Phantom of the Opera" o entrosamento dos músicos é espantoso, tornando essa a música mais complexa dos dois discos com Di’Anno e, consequentemente, a mais longa. Uma música extravagante, técnica, pesada e cheia de feeling. O próprio Bruce Dickinson, que assumiria o posto de vocalista da banda a partir do terceiro álbum, considera essa uma das músicas mais importantes da carreira do MAIDEN. O destaque fica por conta do baixo de Steve Harris, mas é impossível não comentar as levadas de Clive Burr, as guitarras dobradas de Dave Murray e Dennis Stratton e a malícia e charme na interpretação de Paul Di'Anno. Avance até os 4 minutos e 34 segundos de música e curta um dos riffs mais incríveis já criados no Heavy Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se você estiver a fim de queimar alguns neurônios assim como eu, dê-se ao luxo de tentar escolher sua lista e comente abaixo. A tarefa é difícil, mas revisitar os dois primeiros discos da Donzela de Ferro é recompensador.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Bruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

Rock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

Paul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

Iron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

Ingressos para o Wacken 2023 se esgotam em tempo recorde

"Babá de Artista" do Rock in Rio diz que Iron Maiden não dá trabalho e são "gentleman"

Iron Maiden, Nervosa e Megadeth estarão na edição de 2023 do Wacken Open Air

Max Cavalera diz que deseja trabalhar com Bruce Dickinson e outros dois ícones do metal

Toalhas, massagistas, rosas, as exigências do Guns N' Roses para o Rock in Rio

Dez músicas que o Iron Maiden nunca tocou ao vivo - Parte II

Como Dave Murray mudou a vida de Zoltan Bathory, guitarrista do Five Finger Death Punch

Dez músicas que o Iron Maiden nunca tocou ao vivo - Parte I

Thunder relembra shows no Brasil abrindo para o Iron Maiden em 1992

Dez músicas gravadas por bandas de rock e metal que não têm refrão, em lista do Loudwire

Bruce Dickinson surpreende ao apontar seu disco preferido do Iron Maiden

Iron Maiden: Assista jam de Nita Strauss e Thomas Zwijsen com clássicos da Donzela

Avenged Sevenfold: eles vão ocupar o lugar do Metallica e do Maiden?

Iron Maiden: e se Blaze Bayley tivesse ficado para mais um disco?

Guns N' Roses: a versão de Axl Rose sobre a separação

Metal: 16 músicas dos anos 80 para se escutar durante o treino


Sobre Luis Fernando Ribeiro

Apaixonado por música, cinema, escrita, literatura e pela zoeira infinita. Inserido no mundo da música pesada em 2004 com Destruction, Metallica e Blind Guardian, quando ainda se compartilhava música através de fitas K7.

Mais matérias de Luis Fernando Ribeiro.