Beatles: Um Dia na Vida dos Beatles

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collector´s Room
Enviar correções  |  Comentários  | 

Don McCullin estava cansado em 1968. Ele havia acabado de voltar para Londres após uma longa e infindável temporada na Ásia, fotografando o conflito do Vietnã.

183 acessosBeatles: singles natalinos serão relançados em dezembro5000 acessosFama: 5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil

Dá até para imaginar a cena: Don acorda pela manhã e, ainda sonolento, vai até o fogão e começa a preparar o seu café. Enquanto a líquido que irá tirá-lo do torpor começa a tomar forma com a mistura de água fervendo e grãos, Don vai até o banheiro e toma um banho revigorante, preparando-se para algo que, mesmo sem saber, irá mudar a sua vida. Já acomodado em sua sala, coloca um disco qualquer na vitrola – provavelmente algo suave para começar o dia – e saboreia o líquido forte e quente de sua xícara preferida enquanto lê o jornal que acaba de chegar.

Nesse instante, é interrompido subitamente pelo toque de seu telefone. A longa experiência como fotógrafo jornalístico lhe diz que algo sério deve ter acontecido, e, enquanto fala “alô”, já repassa mentalmente o que precisa colocar em sua mochila para rodar o mundo mais uma vez. Do outro lado da linha, uma voz masculina desconhecida diz que está ligando da gravadora Apple e convida Don para passar o dia fotografando os Beatles. E mais: eles ainda pagariam 200 libras pelo trabalho! Don respira fundo, checa mais uma vez onde está para ter certeza de que realmente está acordado e não sonhando, e pede para que o homem ao telefone repita o que disse. Após ouvir com atenção, Don McCullin enfim percebe a realidade: a gravadora dos Beatles, a maior banda deste e de todos os outros mundos, o está contratando para passar um dia rodando por Londres com os quatro músicos, fotografando-os nos lugares em que achasse melhor. A day in the life, literalmente …

Não, essa não é uma história de ficção, ela realmente aconteceu. Em julho de 1968, o fotógrafo jornalístico Don McCullin foi contratado pela Apple para passar um dia fotografando os Beatles em diversos pontos da capital inglesa. A banda havia lançado o álbum "Sgt Peppers Lonely Hearts Club Band" no ano anterior e estava trabalhando no clássico "White Album", que chegaria às lojas poucos meses depois, em novembro de 1968.

Era um período de tensão na carreira dos Beatles. As diferenças musicais e de estilo de vida entre os integrantes, notadamente John Lennon e Paul McCartney, estavam aflorando rapidamente, em um processo que levaria ao fim do grupo dois anos mais tarde. O próprio "Álbum Branco" refletiria isso, com músicas que soavam como trabalhos solo do quarteto, e não como uma banda. Esses são apenas alguns aspectos que tornam a sessão de fotos de McCullin histórica. A experiência jornalística do fotógrafo o fez perceber o que estava rolando, e ele teve a sensibilidade de tirar o melhor disso.

O livro "Um Dia na Vida dos Beatles", lançado no Brasil pela editora Cosac Naify, traz 92 fotos – muitas delas inéditas - retiradas dos 15 rolos de filme utilizados por Don McCullin naquele dia de 1968. Com capa dura e no formato 18,5 x 24 cm, tem 144 páginas com fotografias e textos de Don sobre a sua experiência com os Beatles. Uma obra deliciosa e atemporal, que captura John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr não como rockstars mitológicos e acima do bem e do mal, mas sim como pessoas normais donas de um imenso talento, e que jamais perderam o contato com a realidade e com o que realmente eram – com exceção de Lennon, que assumiu uma postura política clara e tornou-se embaixador da paz pelo mundo, reinventando a sua imagem ao longo dos anos até ser brutalmente assassinado em 8 de dezembro de 1980.

Mais do que apenas um livro, "Um Dia na Vida dos Beatles" é um contundente documento fotográfico não só da maior banda de rock de todos os tempos, mas também da geração que transformou o mundo de maneira definitiva, dando à juventude o papel de protagonista de sua própria história.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

George HarrisonGeorge Harrison
Ronnie Von cometeu gafe e deixou de gravar com ele

183 acessosBeatles: singles natalinos serão relançados em dezembro823 acessosPipocando Música: 8 teorias de artistas que foram trocados907 acessosPaul McCartney: a máquina do tempo e as canções que não voltam mais379 acessosRed Rose Speedway: teria Paul McCartney ainda que provar algo?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

BeatlesBeatles
A primeira excursão costa a costa pelos Estados Unidos

GrammyGrammy
O que houve de melhor (e pior) relacionado ao rock/metal

Mistura curiosaMistura curiosa
Heróis de quadrinhos e capas de discos

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Livros0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"


FamaFama
5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil

MOR 2015MOR 2015
Conheça a loira que "deu um show" com o Steel Panther

Jason NewstedJason Newsted
"Eu salvei o Metallica quando entrei e quando saí"

5000 acessosHeavy Metal: os vinte melhores álbuns da década de 805000 acessosSlipknot: 10 vezes em que Joey Jordison foi um verdadeiro herói5000 acessosBlack Metal: o lado mais negro da cena brasileira5000 acessosZombie: "gravadoras, dinossauros aguardando a morte"4027 acessosYouTube: Qual álbum, música ou artista fez você virar um rocker?5000 acessosGuns N' Roses: Bryan Mantia levanta a tampa do mundo louco

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online