Swallow the Sun: entrevista com Juha Raivio no Groundcast

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Melo, Fonte: Groundcast
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Swallow the Sun é um grupo finlandês bastante conceituado no meio metal. Sua mescla de doom/death metal atrai muita gente, sobretudo quem não é fã do estilo. Juha Raivio, guitarrista e fundador da banda concedeu uma entrevista para o blog Groundcast.

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloNirvana: 20 coisas que você não sabia sobre "Nevermind"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Raivio, obrigado por nos conceder esta entrevista. Ficamos muito felizes, já que existem muitos fãs do Swallow The Sun no Brasil. Para iniciarmos, conte-nos como foi o seu início no mundo da música.

Muito obrigado. Formei a banda em 2000 e demorou mais dois anos para eu encontrar as pessoas certas para tocar comigo e gravar a primeira demo. Duas semanas após o lançamento da demo o selo Firebox nos ofereceu um acordo. Gravamos os dois primeiros álbuns (The Morning Never Came e Ghosts of Loss) até assinarmos com a Spinefarm. Lançamos ao todo quatro álbuns e um EP e nosso novo álbum sairá no dia 1 de fevereiro de 2012.

O que significa o nome Swallow The Sun?

O nome vem do nosso inverno eterno. Quando chega a estação parece que alguma coisa vai "engolir o sol". Dificilmente se vê o sol durante meses nesta época. Há também muitos antigos contos nórdicos sobre eclipses e sobre algo que "engole o sol", o que significa que o fim do mundo está próximo.
Quais seus artistas favoritos e quais te influenciam
Há tantos artistas favoritos... mas acho que os que têm claramente alguma influência em mim são o Rush, Marillion, Iron Maiden, Type O Negative, My Dying Bride, Candlemass e Duran Duran!

O Swallow the Sun vem de uma cena muito restrita, que é a do doom metal, onde existem muitas bandas e um público menor, como um gênero pouco apreciado pelos fãs de metal em geral. Como o público de vocês?

Temos sorte e conseguimos um monte de fãs fora da cena doom metal. Mas isso é só porque temos apenas algumas coisas na nossa música que nos liga ao doom metal "real". Estamos contentes em ter uma grande base de fãs em toda a Europa e América do Norte, por onde temos viajado bastante. Estou feliz pelas pessoas estarem com a mente mais aberta em ambos os lados, tanto do lado doom metal e quanto dos outros estilos dentro do metal, por isso há mais espaço para nós também.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por um tempo, vocês excursionaram com Apocalyptica, tocando para um público não familiarizado com o doom metal. Como foi a experiência?

Foi fantástica. Normalmente tocamos nossas músicas "mais rápidas" em shows como este e, em seguida, colocamos no setlist as músicas mais lentas para dar ao público um gostinho destas músicas mais lentas também. É muito mais difícil chamar a atenção das pessoas quando você não toca muito rápido com muitos solos e outras porcarias e correndo ao redor do palco. Mas as pessoas parecem realmente entrar na música mais lenta se você der a elas a chance, temos visto muitas pessoas gostando deste metal mais lento.

Veja a matéria completa com fotos no link abaixo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Swallow The Sun"


TOP 7: Bandas (NAO TAO) conhecidas da FinlândiaTOP 7
Bandas (NAO TAO) conhecidas da Finlândia

Finlândia: as dez melhores bandas de Heavy Metal do paísFinlândia
As dez melhores bandas de Heavy Metal do país


Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo

Nirvana: 20 coisas que você não sabia sobre NevermindNirvana
20 coisas que você não sabia sobre "Nevermind"


Sobre Fabio Melo

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Cli336x280 CliIL Cli336x280