Black Sabbath: "reunião não vai rolar em 2011", diz Geezer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Adelemberg Thiago, Fonte: Noisecreep, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

No mês passado o HEAVEN & HELL lançou o DVD “Neon Nights: 30 Years of Heaven & Hell Live in Europe”, que além de contar com várias entrevistas com a banda falando do seu saudoso vocalista, traz também, lógico, a presença marcante de um dos maiores frontmen do rock em seu último registro gravado oficialmente. DIO sofria com fortes dores, mas não pensava em cancelar os shows. O baixista Geezer Butler fala dos últimos dias com o vocalista e também comenta a respeito de uma nova turnê do BLACK SABBATH com OZZY OSBOURNE. Confira alguns trechos da entrevista que o baixista concedeu ao portal Noisecreep.

214 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath5000 acessosGuns N' Roses: Axl Rose conversa com fãs e abre o jogo!

Quem decidiu que ele [o DVD 'Neon Nights: 30 Years of Heaven & Hell Live in Europe] seria um tributo apropriado para Ronnie?

Geezer: Wendy DIO decidiu lança-lo como um DVD, e isso foi nessa época no ano passado, pouco antes do Natal. Estávamos indo fazer uma turnê na Europa, então, a princípio, o plano era deixá-lo pronto para um lançamento europeu para promover a turnê que estávamos indo fazer no verão passado na Europa, que, obviamente, foi cancelada por causa de Ronnie. Então, é claro, Ronnie faleceu e acabou sendo a última coisa que lançaríamos com ele.

O show foi filmado dia 30 de julho. Quanto tempo depois ele ficou doente?

Ele realmente começou a piorar em setembro, na parte final da turnê dos EUA... A turnê dos EUA estava prevista para ter duas partes. Fizemos as primeiras quatro semanas, então Tony [Iommi, guitarrista], tinha algo acontecendo em sua mão e ele imediatamente teve que fazer uma operação. Daí tivemos que adiar a segunda parte da turnê, assim Tony poderia ter sua mão examinada. E os problemas estomacais de DIO pioravam cada vez mais. Ele estava indo fazer uma turnê na Europa [com a banda própria, DIO] e estava ensaiando para isso, mas seu estômago piorava. Então ele foi para o médico e o médico não disse nada a respeito de início, apenas deu-lhe alguns remédios de constipação e disse que ele estava severamente constipado. E depois ele foi para uns especialistas e eles lhe disseram que ele estava com câncer no estômago.

Ronnie tinha exibido sinais do câncer de estômago?

Geezer: Ele estava tendo dores estomacais, mas todo mundo fica gripado ou com intoxicação alimentar quando está em turnê. Você está diante de 10.000 pessoas, e 2.000 podem ter gripe. Há muitos germes ao redor, então você sempre pega alguma coisa quando você está turnê. E Ronnie estava tendo essas dores estomacais. Uma noite ele estava bem, na noite seguinte ele ficava morrendo de dores. Na última semana da turnê americana ele estava em agonia. Eu sempre recordarei que ele saía para o último grande show e nós dissemos: “Veja Ronnie, se você está tão doente nós apenas iremos cancelar o show”, e ele disse: “não, eu não vou cancelar o show”, e isto porque ele estava literalmente morrendo de dor.

Ele mesmo só fez continuar. Ele refutou totalmente em cancelar o show. Então ele passou e nós pensamos, “Oh Deus, o quê vai acontecer?”. Nenhum de nós nunca imaginou que era câncer, apenas pensávamos que era um problema grave no estômago. Daí nessa época do ano passado, logo depois do halloween, ele começou a relatar que era câncer. Foi uma daquelas coisas que você não espera acontecer.

Em agosto vocês tocaram um último show do HEAVEN & HELL como um benefício para Ronnie, com os vocalistas Glenn Hughes e Jorn Lande. Essa foi uma experiência amarga?

Foi realmente estranho fazer coisas do HEAVEN & HELL sem a presença de Ronnie. Foi ótimo de certa forma e muito triste de outra. Então sim, foi realmente uma experiência amarga. Estava previsto para ser um show original do HEAVEN & HELL. E o promotor disse: “Se vocês fizerem isso como um tributo ao Ronnie, eu vou doar a mesma quantia de dinheiro para a caridade mantida em nome de Ronnie". Isso fez sentido para nós. E se isso faz [as pessoas] mais conscientes do câncer e as incentiva a começarem a se examinar e outras coisas, foi por uma boa causa. É uma daquelas coisas que você se sente estranho falando a respeito.

Tem havido rumores sobre outra turnê do BLACK SABBATH com OZZY OSBOURNE. Isso vai acontecer em 2011?

Não tenho ideia do quê está acontecendo em relação a isso. Não vai acontecer ano que vem. Ozzy está em turnê com sua própria banda pelo próximo ano ou o que quer que seja. A ideia de fazer outra turnê do Sabbath sempre surge. É apenas algo que sempre falou-se a respeito e se queremos fazê-la. Ela está muito prematura, no entanto. Tenho certeza que Ozzy dirá sim e não a cada semana pelo próximo ano, enquanto ele estiver em turnê. Uma coisa é querer fazer algo assim pouco antes de você sair para uma turnê. Você diz: “Oh sim, eu vou excursionar pelos próximos cinco anos”. E então seis semanas dentro dela você mal pode esperar para chegar em casa. Então vamos ver como OZZY OSBOURNE se sente ao terminar sua turnê.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Sabbath e MaidenSabbath e Maiden
Bandas lançam álbuns ao vivo no mesmo dia

214 acessosSom de Peso: uma resenha do "Vol 4" do Black Sabbath844 acessosBlack Sabbath: Geezer Butler tem 120 riffs para novo projeto894 acessosBlack Sabbath: em vídeo, dez grandes covers de músicas da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Glenn HughesGlenn Hughes
Análise vocal do cantor

Black SabbathBlack Sabbath
Os agradecimentos no encarte do "13"

Sexo e SatãSexo e Satã
As mensagens subliminares em capas de Rock

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Dio"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"


Guns N RosesGuns N' Roses
Axl Rose responde sobre Chinese, Brian May, reunião, e mais

MegadethMegadeth
Dave Mustaine não está feliz com os improvisos de Kiko?

PilaresPilares
O início do Heavy Metal em 1969

5000 acessosHit Parader: Os maiores vocais do Heavy Metal segundo a revista5000 acessosRatos de Porão: O elogio de João Gordo aos garotos do Restart5000 acessosRaul Seixas: 10 importantes obras do Maluco Beleza5000 acessosBlack Sabbath: Banda deu pesadelos a Robert Trujillo5000 acessosTatuagens: rabiscos horríveis com temática roqueira parte 15000 acessosAC/DC: Axl diz que namorada obrigava Slash a ouvir a banda

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Adelemberg Thiago

Serratalhadense, pernambucano arretado, e terminando o curso de fisioterapia. Nasci em 1985, comecei a escutar rock através das baladas românticas dos "love metal" da vida!. De 2001 até hoje, curto quase todos os gênero do rock, desde o Queen e a velha guarda do hard rock, tipo Scorpions e Europe, aos grandes nomes alemães e chegando ao grande Dimmu Borgir. Sou apaixonado por futebol, meeeengo, corridas, adoro carros esportivos. Não sou um ás das palavras nem tampouco um Bach nas músicas, mas ajudar a divulgar o hard rock/heavy metal, contribuir com o site e ver a galera comentando sobre o que você posta é gratificante, por isso decidi a colaborar sempre que possível com o site. No twitter: @A_Thiago.

Mais matérias de Adelemberg Thiago no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online