Cavalera Conspiracy: Max comenta as músicas do álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Sturk, Fonte: Metal Hammer, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Após anos de separação dos irmãos Cavalera, eles estão de volta com uma nova banda, o CAVALERA CONSPIRACY. Em entrevista à Metal Hammer, Max comentou, faixa a faixa, o novo álbum.

Sepultura: por que a nova música "Isolation" não está disponível no BrasilGibson: os 10 maiores bateristas de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

INFLIKTED

"Foi a primeira letra para o CD. Em 1992 eu estava com Igor na Indonesia para uns shows com o Sepultura. Lá visitamos um ritual muito louco com muitos fogos e piercings [NOTA: Max se refere a pessoas com a carne perfurada por objetos metálicos grandes, não pequenos piercings decorativos] todos auto-colocados [NOTA: em inglês, self-inflicted]. Mas enquanto eles se perfuravam não sentiam dor porque estavam em transe. Eu fiquei muito intrigado com esse ritual. Porque agora somos eu e Igor, eu pensei que seria legal começar o álbum com uma antiga experiência como essa."

SANCTUARY

"Eu gosto dessa música. Direta e bem rápida, arranca sua cabeça de uma vez só. Os vocais são bem agressivos - algumas pessoas me disseram que é o meu melhor vocal em muito tempo. Eu gosto muito disso. E a parte do meio está boa com Marc Rizzo cantando 'everybody die tonite' com uma pegada Punk Rock. No antigo estilo Biohazard. E é o primeiro clipe do álbum."

TERRORIZE

"O começo da batida de Igor é bem legal e simples, vem de um ritmo do norte do Brazil. É bem ritualística. Eu gosto da levada e da letra da música. É dedicada a Jesse Pintardo do Napalm Death e Terrorizer, porque Terrorizer é uma grande influência para mim."

BLACK ARK

"Provavelmente a música mais diferente do álbum com um estranho começo, eu falando. Me lembra 'Inner Self' ou 'Under Siege' dos tempos do Sepultura. Tem uns vocais adicionais dos meus enteados Richie e Joe do Gojira. 'Black Ark' na verdade é o apelido de meu porta-CDs que eu sempre carrego comigo. Tem 300 CDs."

ULTRA-VIOLENT

"É muito inspirada pelo filme Laranja Mecânica, onde a frase 'ultra violent' aparece frequentemente. Eu tirei várias citações do filme, inclusive as gírias. O filme é bem brutal e foi proibido na Inglaterra por um bom tempo, e muitos nem o conhecem. Mas eu costumava assistí-lo frequentemente nos tempos do Sepultura. Então eu queria fazer uma música sobre o filme."

HEX

"Essa música é uma das minhas favoritas do álbum e é muito influenciada por Cannibal Corpse - uma banda que eu escuto muito. A letra é sobre a maldição do mundo, principalmente nos militares e nas guerras. Tem uma frase nela que é uma pequena brincadeira com a canção 'Buffalo Soldier' do Bob Marley, que fica '...Buffalo soldiers high on crack...'. Os soldados lutam em outros países e estão chapados de drogas enquanto matam no Vietnam e Iraque. É uma passagem bem forte e quase foi o nome da música. Mas achei que 'Hex' ficaria mais particular."

THE DOOM OF ALL FIRES

"Eu não tenho bem certeza de onde veio o título. Não foi de filmes nem de livros. É tipo uma combinação de palavras. Eu comecei a trabalhar nela bem antes do Cavalera Conspiracy. Originalmente eu falava no riff, e depois eu decidi gritar em cima dele. O título soou legal e estranho o suficiente para mim. A letra não tem um assunto. A música é mais em cima do ritmo que vai te levando. No final eu canto bem rápido. Me inspirei em Tom Araya cantando Raining Blood, no entanto, ele é bem melhor do que eu nisso. É o vocal mais brasileiro do álbum. Eu usei a voz como um instrumento. É a favorita de Igor. E estou muito contente com isso."

BLOODBRAWL

"É sobre eu e Igor. Nós brigamos um contra o outro por um longo tempo. Agora brigamos juntos contra alguma outra coisa. É sobre a conexão de sangue, que ainda envolve muita briga e pancadaria. Irmãos de verdade trabalham juntos, mas brigam tambem. E eu gostei mesmo da parte que Marc Rizzo fez. A única parte acústica do CD."

NEVERTRUST

"É a faixa mais Punk do álbum - muito influenciada por hardcore europeu como Discharge. É simplesmente sobre não confiar em ninguem, em políticos, em presidentes, nem mesmo em você mesmo. Mas tem uma parte comédia quando diz 'never trust Fall Out Boy, never trust Emo kids' (não confie no Fall Out Boy, não confie em emos). Facilmente poderia ser uma música do Nailbomb."

HEARTS OF DARKNESS

"É sobre o livro que inspirou o filme Apocalypse Now e a jornada pela floresta. Eu gosto mesmo desse filme e então eu queria tirar algo dele para colocar na música."

MUST KILL

"Eu gosto do som das combinações das palavras must-kill. Então no fim da música eu repito quase como um mantra repetidamente. Que é um bom final para uma faixa bem agressiva."

THE EXORCIST (POSSESSED COVER)

"É a faixa bonus do CD e lida com bandas antigas como Possessed, Venom, Celtic Frost, Sodom, Kreator, Destruction e todas do tipo. Eu quero por a atenção da garotada nessas bandas porque elas são muito boas e fizeram muito metal de qualidade vinte anos atrás."




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"Todas as matérias sobre "Sepultura"


Sepultura: por que a nova música Isolation não está disponível no BrasilSepultura
Por que a nova música "Isolation" não está disponível no Brasil

João Gordo: com saudades de Max, ele resgata outra foto com SepulturaJoão Gordo
Com saudades de Max, ele resgata outra foto com Sepultura

Max Cavalera: em vídeo, uma cabulosa história que você não conheceMax Cavalera
Em vídeo, uma cabulosa história que você não conhece

Thrash Metal: em vídeo, o top 5 das bandas mais rápidas do Brasil

João Gordo: com saudades do velho amigo Max CavaleraJoão Gordo
Com saudades do velho amigo Max Cavalera

Sepultura: nova música Isolation critica sistema carcerário americanoSepultura
Nova música "Isolation" critica sistema carcerário americano

Sepultura: álbum Quadra é dividido em 4 partes, como um vinil duploSepultura
álbum "Quadra" é dividido em 4 partes, como um vinil duplo

Sepultura: Max Cavalera quer tocar Chaos A.D. na íntegra em turnêSepultura
Max Cavalera quer tocar Chaos A.D. na íntegra em turnê

Curiosidade: 5 músicos mais novos que as bandas em que tocamCuriosidade
5 músicos mais novos que as bandas em que tocam

Sepultura: banda divulga clipe de Isolation gravado no Rock in RioSepultura
Banda divulga clipe de "Isolation" gravado no Rock in Rio

Max Cavalera: falando sobre Sepultura e Soulfly no WikimetalMax Cavalera
Falando sobre Sepultura e Soulfly no Wikimetal

Heavy Metal: 50 lições para ser um vocalista brasileiro do gêneroHeavy Metal
50 lições para ser um vocalista brasileiro do gênero


Gibson: os 10 maiores bateristas de todos os temposGibson
Os 10 maiores bateristas de todos os tempos

Rachel Sheherazade: cantando Iron Maiden com o Ultraje A Rigor no The NoiteRachel Sheherazade
Cantando Iron Maiden com o Ultraje A Rigor no The Noite


Sobre Ricardo Sturk

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336