Heaven And Hell: "É maravilhoso que esta música tenha durado tanto tempo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Bernardo M. Giannetti, Fonte: About Heavy Metal, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Chad Bowar do site About Heavy Metal recentemente conduziu uma entrevista com o lendário baterista Vinny Appice (Heaven and Hell, Black Sabbath, Dio). A seguir, alguns trechos da conversa.

1397 acessosInglaterra: político acusado de ser nazista por causa do Sabbath5000 acessosRoqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar um

About Heavy Metal: Como você se envolveu com o álbum do Heaven And Hell ("Black Sabbath: The Dio Years") e com a tour?

Vinnie Apice: Eu ouvi falar disto, ano passado, e ouvi dizer que Bill Ward estava dentro. O que era legal, mas na "Era DIO" eu toquei em mais álbuns que o Bill. Eu decidi esperar e ver, porque nesta banda tudo pode acontecer. Então, em novembro, recebi uma ligação dizendo que Bill não ia fazê-lo e perguntando se eu queria entrar. Eu disse: claro! No dia segiunte eu estava em um avião para Londres. Eu cheguei lá e toquei três músicas que vão estar no "Black Sabbath - The Dio Years". Foi fantástico! agora a turnê está agendada e tudo está sendo demais. Os ingressos para o Radio City Music Hall se esgotaram em 45 minutos.

About Heavy Metal: Como soam as novas músicas?

Vinnie Apice: As novas músicas soam bem Sabbath, bem pesadas e obscuras. Todos estão tocando bem e Ronnie James Dio está cantando muito. Soa fantástico; está bem pesado.

About Heavy Metal: Como estava a química no estúdio?

Vinnie Apice: O legal é que nestes dias, quando você está gravando, ninguém está lá. Você toca sozinho com as linhas de guitarra, baixo e voz, porque eles já gravaram a maior parte.

About Heavy Metal: Quais foram os pontos altos e os pontos baixos na sua carreira?

Vinnie Apice: Os pontos mais altos foram ganhar meu primeiro disco de platina, tocar no Madison Square Garden e em todos estes grandes festivais. Este negócio é cheio de altos e baixos e com o Hollywood All Starz, estamos tocando em clubes e lugares assim, então há uma grande diferença em comparação a tocar para 50.000 pessoas num festival. Mas eu amo tocar e estou disposto a tudo que for necessário para fazê-lo. Sempre há pessoas na platéia que gostam do que nós estamos tocando e estão lá para nos ver, e é isto que faz valer a pena.

About Heavy Metal: Qual a maior mudança que você tem visto na indústria musical com o passar dos anos?

Vinnie Apice: A maior mudança tem sido em tecnologia. Todo mundo tem um estudio agora e podem fazer grandes gravaçóes em suas garagens. Tem um monte de bandas por aí e muita coisa que eu ouço soa comum, mas muito polido. Agora eu vejo todas estas reuniões acontecendo e quanto mais as coisas parecem mudar , mais parecem permanecer do mesmo jeito. As pessoas ainda querem ouvir aquilo que representa a fundação do rock. É maravilhoso que esta música tenha durado tanto tempo.

Leia a entrevista inteira no link abaixo.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

InglaterraInglaterra
Político acusado de ser nazista por causa do Sabbath

538 acessosHeavy Lero: Black Sabbath na edição #100, por Gastão e Clemente877 acessosBlack Sabbath: vídeo raro do Bilzen Pop Fest no canal oficial1877 acessosBlack Sabbath: Quer relaxar ao som da banda? Então ouça este mix0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Coisa de SatanásCoisa de Satanás
As bandas de rock mais perigosas do mundo

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi: "Nos separamos por causa do Live Evil!"

Lady GagaLady Gaga
Acredite se quiser, fã de Black Sabbath e Iron Maiden!

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Roqueiro poserRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um

Hard RockHard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Rock ProgressivoRock Progressivo
Os dez discos mais importantes da história

5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosRock in Rio: algumas das maiores vaias em edições nacionais5000 acessosNME: elegendo os 10 melhores frontmen do Heavy Metal5000 acessosMax Cavalera: "até hoje não gosto de tomar banho"5000 acessosRamones: Coração Envenenado - Uma bomba-relógio5000 acessosBruce Dickinson: "Não entrei na música para pegar mulher"

Sobre Bernardo M. Giannetti

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online