Heaven And Hell: "É maravilhoso que esta música tenha durado tanto tempo!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Bernardo M. Giannetti, Fonte: About Heavy Metal, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Chad Bowar do site About Heavy Metal recentemente conduziu uma entrevista com o lendário baterista Vinny Appice (Heaven and Hell, Black Sabbath, Dio). A seguir, alguns trechos da conversa.

2556 acessosKerry King: o Purple influenciou mais o Thrash que o Sabbath5000 acessosLars Ulrich: O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

About Heavy Metal: Como você se envolveu com o álbum do Heaven And Hell ("Black Sabbath: The Dio Years") e com a tour?

Vinnie Apice: Eu ouvi falar disto, ano passado, e ouvi dizer que Bill Ward estava dentro. O que era legal, mas na "Era DIO" eu toquei em mais álbuns que o Bill. Eu decidi esperar e ver, porque nesta banda tudo pode acontecer. Então, em novembro, recebi uma ligação dizendo que Bill não ia fazê-lo e perguntando se eu queria entrar. Eu disse: claro! No dia segiunte eu estava em um avião para Londres. Eu cheguei lá e toquei três músicas que vão estar no "Black Sabbath - The Dio Years". Foi fantástico! agora a turnê está agendada e tudo está sendo demais. Os ingressos para o Radio City Music Hall se esgotaram em 45 minutos.

About Heavy Metal: Como soam as novas músicas?

Vinnie Apice: As novas músicas soam bem Sabbath, bem pesadas e obscuras. Todos estão tocando bem e Ronnie James Dio está cantando muito. Soa fantástico; está bem pesado.

About Heavy Metal: Como estava a química no estúdio?

Vinnie Apice: O legal é que nestes dias, quando você está gravando, ninguém está lá. Você toca sozinho com as linhas de guitarra, baixo e voz, porque eles já gravaram a maior parte.

About Heavy Metal: Quais foram os pontos altos e os pontos baixos na sua carreira?

Vinnie Apice: Os pontos mais altos foram ganhar meu primeiro disco de platina, tocar no Madison Square Garden e em todos estes grandes festivais. Este negócio é cheio de altos e baixos e com o Hollywood All Starz, estamos tocando em clubes e lugares assim, então há uma grande diferença em comparação a tocar para 50.000 pessoas num festival. Mas eu amo tocar e estou disposto a tudo que for necessário para fazê-lo. Sempre há pessoas na platéia que gostam do que nós estamos tocando e estão lá para nos ver, e é isto que faz valer a pena.

About Heavy Metal: Qual a maior mudança que você tem visto na indústria musical com o passar dos anos?

Vinnie Apice: A maior mudança tem sido em tecnologia. Todo mundo tem um estudio agora e podem fazer grandes gravaçóes em suas garagens. Tem um monte de bandas por aí e muita coisa que eu ouço soa comum, mas muito polido. Agora eu vejo todas estas reuniões acontecendo e quanto mais as coisas parecem mudar , mais parecem permanecer do mesmo jeito. As pessoas ainda querem ouvir aquilo que representa a fundação do rock. É maravilhoso que esta música tenha durado tanto tempo.

Leia a entrevista inteira no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

980 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?182 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Geezer ButlerGeezer Butler
Religião, humildade, e vegetarianismo

Drew StruzanDrew Struzan
Arte nas capas do Black Sabbath, Alice Cooper e outros

Top 5Top 5
Os roqueiros mais chatos da história

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Lars UlrichLars Ulrich
O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

GhostGhost
O lado escuro do rock: você acredita em magia negra?

BizarricesBizarrices
Ozzy Osbourne, Rolling Stones, The Who e outros

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosDossiê Guns N' Roses: A versão de Slash para os fatos5000 acessosBon Scott, o eterno Rocker...5000 acessosVan Halen: a música que retrata o suicídio de Kurt Cobain5000 acessosMarilyn Manson: cantor admite que já chorou por falta de drogas5000 acessosConfissões de uma groupie - a autobiografia de Pamela Miller

Sobre Bernardo M. Giannetti

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online