"Se Carcass não se reunir em 2007, esqueçam!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Glauco Silva e João Renato Alves, Fonte: Metal Rules
Enviar Correções  

Marko Syrjälä do Metal-Rules.com recentemente entrevistou o líder do Carcass, Jeff Walker. Seguem alguns trechos da conversa.

Metal-Rules.com: Você ainda mantém contato com seus companheiros do CARCASS?

Jeff: Sim, quer dizer, Bill [Steer, guitarra] e eu ainda nos correspondemos, e nos vemos de vez em quando. Quando vou pra Londres, sempre ligo pra ele. Eu vi o Mike [Amott, guitarra] ontem — é um mundo pequeno, sabe? Por isso estou aqui — sou um fã besta do ARCH ENEMY que viajou pela Europa.

publicidade

Metal-Rules.com: Ken [Owen, bateria] teve problemas de saúde após os anos do CARCASS. Não posso deixar de perguntar, como ele vai?

Jeff: Ele teve uma hemorragia cerebral, e entrou em coma. Quase morreu. Quando saiu do coma, ele foi operado de novo, e a cirurgia ajudou um pouco em sua reabilitação. Vive num vilarejo em Nottingham, e vai pra faculdade de música aprender programação. Ele está bem. É estranho porque a pessoas perguntam 'como está o Ken?' e tipo ele estava em coma, quase como se tivesse sofrido um derrame. Se você tem parentes que tiveram um derrame, sabe que isso afeta mesmo suas habilidades motoras. Ele está legal - é fisicamente capaz de andar e coisas assim, mas nunca poderia fazer blast beats [N.T.: a bátida rápida característica do death/grindcore] de novo, acho que não. Mas ele voltou a tocar bateria, e às vezes faz jams com uma banda de blues em bares noturnos. Talvez ele consiga fazer batidas 4/4 ou algo do tipo. Claro que sei o que o Mike Amott e o Bill estão tocando, então...

publicidade

Metal-Rules.com: Sobre a reunião do CARCASS, existe alguma chance de vê-los ao vivo? Muito se tem especulado e escrito sobre esse retorno!

Jeff: Mike Amott quer muito fazer isso. Falei com ele no telefone há algumas semanas, e ele quer levar o Bill pra Suécia e convencê-lo. Se os dois quiserem fazer isso, então eu topo. Ken não pode. Eu perguntei pra ele ano passado se ficaria chateado se fizéssemos isso, e ele disse 'não, façam isso, vão nessa.' Estive no [festival] Download no ano passado, com todas aquelas bandas americanas tocando, e todas eram cópias do AT THE GATES/CARCASS/PARADISE LOST. Eu pensei 'pô, isso é muito fácil. A gente poderia fazer bem melhor.' Estava bem entusiasmado pra fazer isso. Eu estava no palco com o H.I.M. tocando, vendo eles tocarem pra 60.000 pessoas — nunca fizemos algo assim. Seria ótimo tocar pra esse tipo de público. Tenho feito tanta coisa desde então que não preciso mais disso pra me sentir feliz.

publicidade

Metal-Rules.com: Você acha que é possível produzir mais, já que não tocaram juntos por quase 10 anos?!

Jeff: Não éramos uma boa banda, de qualquer modo. Ainda consigo fazer aqueles vocais facilmente, só teria que lembrar e praticar as linhas de baixo. O problema é que o Bill se desinteressou — ele não toca daquele modo há muito tempo, então teria que treinar de novo. Mas se qualquer um pode, ele também pode, porque é um cara muito inteligente. Se estivesse aqui, ele diria 'nunca diga nunca'. Agora o Mike está pressionando ele, pois quer muito essa reunião. Ele sempre brincou em voltarmos, e eu sempre dizia 'não, nem f*dendo!' Agora ele já está dizendo 'talvez no ano que vem.' Não é minha a decisão, se Bill topar eu faço.

publicidade

Metal-Rules.com: Pessoalmene, o que você acha disso, gostaria de voltar?

Jeff: Sim, mas não estou nada desesperado. Não preciso de grana, e nem satisfazer meu ego.

Metal-Rules.com: Não digo em termos de dinheiro, e o lado musical?

Jeff: Eu vario muito. Outro dia estava na casa de um amigo na Inglaterra, vendo umas revistas de rock, e falando 'nem a pau, não quero fazer isso — é deprimente.' Claro, seria ótimo pra provar a todos, e excelente pra quem nunca nos assistiu, e juntar grana pra ajudar o Ken com uma parte. Essa é a outra razão pela qual queria reformar a banda, porque depois de falar com uns organizadores, todos começam a falar de dinheiro, e seria ótimo dar uma porcentagem pra ajudar o Ken. Não há razões positivas pra voltar, como algumas bandas idiotas que fazem isso só pra ganhar grana. Tenho algo a provar. Nunca tocamos nesses festivais pra públicos enormes, e todos sempre batem na tecla do CARCASS. Se dissesse que não quero fazer isso, então eu pareceria um c*zão pois conheci muita gente que quer ver isso rolar. É como privar essas pessoas do encontro, ser egoísta.

publicidade

Metal-Rules.com: É possível então que o CARCASS grave algum novo álbum?!

Jeff: Nem f*dendo, não.

Metal-Rules.com: Como Ken está impossibilitado, quem o substituiria então?

Jeff: Conheço alguns bateristas que poderiam fazer isso.

Metal-Rules.com: Pô, fale alguns nomes!

Jeff: Ah, qual é — isso é só pra Blabbermouth, né? Pensei num baterista que acabou de sair da sua banda, e ele sempre me procurava pois queria tocar. Só vou dizer isso. Pense em quantos bateristas se demitiram.

publicidade

Metal-Rules.com: Se a reunião ocorrer, quando você acha que aconteceria?

Jeff: Se for rolar, será no ano que vem. Senão, esqueçam.


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin